domingo, 21 de julho de 2013

JOSÉ JÚNIOR DO AFROREGGAE É AMIGO DE TRAFICANTES, UM PORTA VOZ DO TRÁFICO!

Tráfico teria ameaçado ‘explodir prédio e matar muita gente’
Após 12 anos de mediação de conflitos e desenvolvimento de ações sociais no Complexo do Alemão, na Penha, o grupo cultural AfroReggae foi expulso ontem do conjunto de favelas por ordem do tráfico. A determinação para que deixassem a região foi dada quinta-feira por traficantes, segundo o coordenador da ONG, José Júnior. A informação foi divulgada pela Revista Veja.
O recado chegou até Júnior por meio de um líder comunitário. "Disseram que tínhamos que fechar porque senão iriam explodir o prédio e matar muita gente", contou.
Ele acusa o pastor Marcos Pereira, líder da Assembleia de Deus dos Últimos Dias, que está preso, de ser o mandante.
Segundo Júnior, o pastor, preso em Bangu por acusação de estupro de duas fiéis da Igreja, também estaria por trás do incêndio na pousada mantida pelo AfroReggae, que ocorreu na madrugada de terça-feira.
O local seria inaugurado dia 5 de agosto, para receber universitários do Brasil e do exterior que participariam de intercâmbio social.
"Se os 40 jovens já estivessem aqui poderiam ter sido mortos no incêndio criminoso", diz Júnior. A redação do jornal comunitário Voz da Comunidade também foi atingida pelas chamas.
Júnior afirma que tomou a decisão contra a sua vontade, mas priorizando a segurança dos 23 funcionários e dos 350 jovens e crianças atendidos no núcleo do Alemão. "Os funcionários ficaram com medo. E para não colocar vidas inocentes em risco decidimos fechar os três espaços no Alemão", afirmou o coordenador da ONG, que tem andado 24 horas acompanhado por seguranças armados em um veículo blindado. "O pastor Marcos é um psicopata, um gigolô de traficantes. A maior mente criminosa do Rio", acusou Júnior.

Sábado, um dia antes da invasão do Complexo do Alemão, O líder do AfroReggae esteve em contato com os bandidos para tentar negociar uma rendição pacífica.

7 comentários:

  1. É TUDO VAGABUNDO, ESSE AÍ É AMIGO DO CABRAL. ELE É BOA GENTE?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Diga-me com quem andas que te direi quem és!. Este sábio ditado popular é cada vez mais válido, pois a imagem de um indivíduo é diretamente afetada pela forma como são vistos aqueles que o cercam.

      Excluir
    2. Sabe o Jose Junior, dono da ong AfroReggae, aquele que se declara "amigo pra c***" do Elias Maluco, um dos mais covardes traficantes do Rio, condenado pelo assassinato do jornalista Tim Lopes? Foi escalado para ser o líder da juventude no governo do Aécio. Pois é.

      http://www.psdb.org.br/jose-junior-sera-o-coordenador-de-juventude-programa-governo/

      Excluir
  2. O Governo do Estado do Rio de Janeiro, com a segunda maior arrecadação de impostos do Brasil, poderia pagar muito melhor os Bombeiros e Policiais Militares. Não está sendo respeitado nem o artigo 7º, inciso IV, da Constituição Federal de 1988, que visa suprir as necessidades vitais básicas. Segundo o DIEESE, o Salário Mínimo Necessário referente ao mês de Abril de 2013 foi estimado em R$ 2.892,47 (dois mil, oitocentos e noventa e dois reais e quarenta e sete centavos). O vencimento bruto do Soldado PM/BM no RJ atualmente é de apenas R$ 2.077,25 (está R$ 815,22 abaixo do referido piso). É fácil dar DIGNIDADE à tropa, basta querer! A VIDA DE MILITAR ESTADUAL É COMPLICADA (o risco é grande e o salário é insuficiente).

    http://www.dieese.org.br/analisecestabasica/salarioMinimo.html

    O Governo do Estado do Rio de Janeiro precisa conceder apenas 39,25% de reajuste salarial para a PMERJ e o CBMERJ para cumprir o artigo 7º, inciso IV, da Constituição Federal de 1988, ou seja, para suprir as necessidades vitais básicas dos Militares Estaduais (pagar o Salário Mínimo Necessário aos Soldados PM/BM). É preciso oferecer o MÍNIMO DE DIGNIDADE aos integrantes da PMERJ e do CBMERJ. Como vamos sediar a COPA DO MUNDO de 2014 e os JOGOS OLÍMPICOS de 2016 se não conseguimos nem pagar um SALÁRIO DIGNO aos funcionários públicos que prestam SERVIÇOS ESSENCIAIS à população fluminense (Bombeiros e Policiais Militares)?

    OBS: DINHEIRO PARA PAGAR BEM O GOVERNO DO ESTADO TEM!

    ResponderExcluir
  3. Insegurança Pública é consequência da IMPUNIDADE (bandidos com muitos direitos e praticamente nenhuma punição).

    Com crachá de Comissão dos Direitos Humanos, homem tenta impedir Polícia de divulgar foto de jovem que roubava cinco carros por dia!

    Quinze minutos após levarem Luiz Gustavo Costa Lima, o Pestinha, 22 anos, para a delegacia, policiais da 21ª DP (Bonsucesso) foram surpreendidos por um parente do preso que, de posse de um crachá, se identificou como funcionário do deputado estadual Marcelo Freixo, do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), e ameaçou entrar com uma representação contra os agentes caso a foto de Pestinha – contra quem havia um mandado de prisão expedido pela Justiça por assalto à mão armada – fosse divulgada.

    “Ele disse que fazia parte da Comissão de Direitos Humanos, que iam provar a inocência do preso e que se a foto dele fosse divulgada eles iriam entrar com uma representação contra a Polícia”, contou um dos policiais que participou da prisão.

    “Vieram verificar a integridade física do preso. Engraçado como chegaram rápido para o criminoso e como raramente procuram as vítimas”, ressaltou.

    Logo após a divulgação da foto de Pestinha, ele foi reconhecido por uma mulher que havia sido vítima de assalto em Campo Grande, na Zona Oeste do Rio, dois dias antes da prisão. Ela procurou a delegacia para formalizar o reconhecimento.

    Com 21 passagens pela Polícia – sendo 14 enquanto ainda era menor de idade – Pestinha é apontado como um dos principais ladrões de carro com atuação em bairros das zonas Norte e Oeste do Rio. Ele chegava a roubar cinco veículos por dia. Preso por policiais da 21ª DP, com apoio de policiais militares lotados na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Fazendinha, na terça-feira, dia 9 de julho, Pestinha foi surpreendido na Rua Canitar, no Complexo do Alemão.

    Segundo a Polícia, quando a UPP foi implantada na região ele fugiu para o Espírito Santo. No entanto resolveu voltar quando policiais daquele Estado bateram na casa onde ele estava se escondendo.

    Identificado após seis meses de investigações por agentes da 44ª DP (Inhaúma) como um dos envolvidos em um arrastão que levou pânico a motoristas na Linha Amarela e na Avenida Martin Luther King Júnior, na altura de Inhaúma, entre os dias 23 e 26 de agosto de 2010, Pestinha e seu bando recebiam apoio de Fabiano Atanázio da Silva, o FB, 36. Preso por policiais da 25ª DP (Engenho Novo) na cidade de São José dos Campos, em São Paulo, no dia 27 de janeiro de 2012, e atualmente no Presídio Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte, FB financiava a quadrilha e recebia 20% do lucro conseguido com os roubos.

    Os policiais descobriram que mais de 30 criminosos ligados à facção criminosa Comando Vermelho (CV) que controlam o tráfico de drogas na Favela Vila Cruzeiro estavam envolvidos nos arrastões. Todos os outros envolvidos também já estão com as prisões decretadas pela Justiça.

    Os partidos de esquerda, sem exceção, estão todos envolvidos com o crime organizado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A INSEGURANÇA é resultado da omissão da sociedade que aceita uma constituição esdrúxula, leis brandas, desarmonia entre poderes, impunidade, insegurança jurídica, descaso do poder político, mazelas do judiciário, sucateamento das polícias, execução penal negligente e uma justiça criminal assistemática, burocrata, corporativa e descompromissada com as questões que desacreditam a justiça, prejudicam a paz social, causam traumas e tiram vidas, saúde, patrimônio e bem estar do povo brasileiro.

      Segurança pública é um conjunto de ações e processos administrativos (Executivo), jurídicos (Legislativo) e judiciais (Judiciário). Os órgãos deste conjunto compõem o Sistema de Justiça Criminal. Cada poder tem funções que interagem, complementam e dão continuidade ao esforço do outro na preservação da ordem pública e da incolumidade das pessoas e do patrimônio. A eficácia depende da harmonia e comprometimento dos Poderes de Estado em garantir a paz social. O conjunto de ações e processos envolve a prevenção, a contenção de delitos, a investigação, a denuncia, a defesa, o processo, o julgamento, a sentença e a execução penal cuja finalidades são o direito e a ressocialização. Segurança Pública é prioridade social, já que envolve patrimônio, traumas e morte prematura de pessoas, além das questões de justiça e ordem pública.

      "Numa democracia, quem detém o poder é o povo. Não pode exigir ordem, justiça e liberdade, o povo que delega este poder a um Estado que protege bandidos, acoberta ilicitudes e impõe altos tributos ao povo." (Jorge Bengochea)

      "A impunidade é a maior causadora de crimes, não a violência ou a miséria. Os ferrenhos defensores dos "direitos humanos, os adeptos de tudo que é politicamente correto", precisam compreender isso. Esses são os primeiros a lutarem em defesa dos bandidos, condenando somente os abusos de polícia, e usando argumentos como "são apenas crianças" ou a culpa é da miséria". Não sabem o desserviço que prestam à nação". (Rodrigo Constantino, Prisioneiros da Liberdade, pg.183)

      Autores de crimes só são contidos com ações preventivas, resposta rápida, investigação ágil, leis rigorosas, justiça célere e coativa, punições temidas, cárcere digno e seguro, trabalho prisional, ressocialização do apenado, restituição de bens, indenização das vítimas e contrapartidas para a sociedade.

      A IMPUNIDADE GERA AUDÁCIA NOS MAUS.

      A IMPUNIDADE é uma licença do Estado que o bandido usa para continuar matando, roubando, violentando, depredando, pichando, corrompendo, fraudando, recebendo propinas, saqueando cofres públicos, desviando recursos do povo, prevaricando...

      Excluir
  4. DIREITOS SOCIAIS NA CONSTITUIÇÃO

    Art. 6º - São direitos sociais a educação, a saúde, a alimentação, o trabalho, a moradia, o lazer, a segurança, a previdência social, a proteção à maternidade e à infância, a assistência aos desamparados, na forma desta Constituição. (Redação da E.C nº 64, de 2010)

    A LEI DA IMPUNIDADE - LEI 12.405/2001

    Foi aprovada para acomodar a negligência dos Poderes na execução penal. Sem instrumentos para aplicá-la, ela aumenta as benevolências e devolve às ruas milhares de presos, desmoralizando e enfraquecendo os instrumentos de coação, justiça e cidadania e fomentando desordens, violência, criminalidade e impunidade no Brasil.

    Vai na direção oposta dos países desenvolvidos, onde se pune com rigor os pequenos crimes para evitar os crimes mais graves.

    Os congressistas negaram as promessas de campanha a favor da Paz Social. Proteste contra esta traição!

    ResponderExcluir