sábado, 27 de julho de 2013

Troca de comandante da PM é tida como certa

FONTE: O DIA 


Com a imagem desgastada pelas duras críticas quanto à maneira truculenta de reprimir as manifestações, a PM enfrenta agora um embate, dentro da própria instituição. Na semana que vem, deverá ser nomeado um novo comandante-geral para substituir o coronel Erir da Costa Filho, no posto há quase dois anos. A substituição teria sido um pedido do secretário de Segurança Pública, José Mariano, ao governador.
Além das ações contra manifestantes, uma discussão pelo Twitter da corporação, gerenciado por Erir, com a Alerj e a Ordem dos Advogados do Brasil teria desagradado a Beltrame. E uma discussão ríspida entre ele e o oficial teria sido a gota d’água.
Entre os nomes cotados para suceder Erir estão o chefe do Estado Maior, coronel Robson Rodrigues; o comandante da Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP), coronel Paulo Henrique de Moraes; e o relações públicas da PM, coronel Frederico Caldas, até agora o mais cotado.
Mas circulam ainda os nomes do coronel Cláudio Lima Freire, do 3º (CPA), responsável pela Baixada; e do coronel Henrique Lima Castro, que está na Secretaria Extraordinária de Segurança de Grandes Eventos. Robson já respondeu a processo por envolvimento com a Liesa.
Paulo Henrique é citado no assassinato da juíza Patrícia Acioli porque era chefe da segurança do Tribunal de Justiça na época em que a magistrada teve a segurança negada.

30 comentários:

  1. Que tal a idéia de ser realizada uma eleição interna com todos os PPMM, para que seje escolhido o comandante.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade concordo com vc companheiro eleições internas na PMERJ CBMRJ etc... tem votações para tudo só não temos nessas instituições pq são tudo cargo politicos temos que fazer uma grande mudança para podermos escolher os nossos comandantes etc.. um abraço !!!

      Excluir
    2. SOU CANDIDATO.
      VOTEM EM MIM PARA COMANDANTE GERAL
      ASS: CB PM COM CFC

      Excluir
    3. Cabral tem pior avaliação entre governadores

      Alvo de constantes protestos nas proximidades de sua casa e no momento em que o Estado recebe a visita do Papa Francisco, o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB), é o chefe de Executivo estadual que tem a pior avaliação em todas as perguntas feitas na pesquisa CNI/Ibope divulgada nesta quinta-feira pela entidade.

      SÓ 12% APROVAM O GOVERNO SÉRGIO CABRAL, ATUAL GESTÃO É REPROVADA POR 88%!!

      O governador Sérgio Cabral tem apenas 12% de aprovação dos moradores do estado do RJ. A informação faz parte da pesquisa da Confederação Nacional da Indústria (CNI) encomendada ao Ibope, divulgada nesta quinta-feira(25). Este é o menor índice verificado entre 11 governadores levantados pela pesquisa. A pesquisa foi realizada entre 9 e 12 de julho de 2013.

      Se o governador Sérgio Cabral valorizasse os servidores públicos estaduais, com certeza ele não teria a pior avaliação entre os governadores em todas as perguntas feitas na pesquisa CNI/Ibope!

      O Governo do Estado do Rio de Janeiro, com a segunda maior arrecadação de impostos do Brasil, poderia pagar muito melhor os Bombeiros e Policiais Militares. Não está sendo respeitado nem o artigo 7º, inciso IV, da Constituição Federal de 1988, que visa suprir as NECESSIDADES VITAIS BÁSICAS. Segundo o DIEESE, o Salário Mínimo Necessário referente ao mês de Abril de 2013 foi estimado em R$ 2.892,47 (dois mil, oitocentos e noventa e dois reais e quarenta e sete centavos). O vencimento bruto do soldado PM/BM no RJ atualmente é de apenas R$ 2.077,25 (está R$ 815,22 abaixo do referido piso). É fácil dar DIGNIDADE à tropa, basta querer! A vida de MILITAR ESTADUAL é complicada (o risco é grande e o salário é insuficiente).

      http://www.dieese.org.br/analisecestabasica/salarioMinimo.html

      O Governo do Estado do Rio de Janeiro precisa conceder apenas 39,25% de reajuste salarial para a PMERJ e o CBMERJ para cumprir o artigo 7º, inciso IV, da Constituição Federal de 1988, ou seja, para suprir as necessidades vitais básicas dos Militares Estaduais (pagar o Salário Mínimo Necessário aos soldados PM/BM). É preciso oferecer o MÍNIMO DE DIGNIDADE aos integrantes da PMERJ e do CBMERJ. Como vamos sediar a COPA DO MUNDO de 2014 e os JOGOS OLÍMPICOS de 2016 se não conseguimos nem pagar um SALÁRIO DIGNO aos funcionários públicos que prestam SERVIÇOS ESSENCIAIS à população fluminense (Bombeiros e Policiais Militares)? Pagar um SOLDO INFERIOR AO SALÁRIO MÍNIMO vigente aos CABOS E SOLDADOS é o fim da picada!

      OBS: DINHEIRO PARA PAGAR BEM O GOVERNO DO ESTADO TEM!

      Excluir
    4. Se liderar a tropa de forma violenta, vai sambar também!

      Excluir
  2. QUALQUER UM Q FOR NOMEADO, VAI SER FANTOCHE DO CABRAL......TUDO PAU MANDADO....NÃO MUDA NADA P/NÓS, SÓ NO SALÁRIO DELES.......

    ResponderExcluir
  3. Podem mudar quantos Comandantes Gerais quiserem, a verdadeira mudança tem que ser interior. Enquanto os oficiais e praças pensarem diferentes nunca iremos a lugar algum, a Policia Militar precisa e deve mudar sua imagem interior, é notório que a maioria das praças e muitos oficiais estão desmotivados e querem mudanças, sabemos que dependemos de posições políticas para articular mudanças profundas, mais há mudanças que são possíveis através de normas internas e consciência e vontade dos nossos líderes=oficiais comandantes. Essa é a hora de unirmos.

    ResponderExcluir
  4. É UMA PENA UMA NOTÍCIA DESSA NÃO NOS TRAZER ALEGRIA, POIS TODOS NÓS SABEMOS, QUE QUEM ASSUMIR ESSA CADEIRA, SERÁ MAIS UM A SE PROSTRAR DIANTE NO PINÓQUIO CABRAL, HUMILHANDO E EXPLORANDO A TÃO SOFRIDA TROPA. PARA NÓS PMs, REALMENTE SÓ HAVERÁ UMA POSSÍVEL MELHORA, QUANDO O PMDB SAIR DO COMANDO DO NOSSO ESTADO. POR ISSO É QUE NAS PRÓXIMAS ELEIÇÕES, TEMOS QUE NOS ORGANIZAR E CENTRALIZAR OS NOSSOS VOTOS COM OS DOS NOSSOS PARENTES E AMIGOS, EM APENAS UM CANDIDATO, PARA QUE ASSIM NÃO VENHAMOS A SOFRER MAIS QUATRO ANOS E DEPOIS CONTINUARMOS A NOS LAMENTAR NOS BLOGs. VAMOS AGUARDAR QUEM SERÃO REALMENTE OS CANDIDATOS, POIS AINDA DÁ TEMPO PARA MUDARMOS O TERRÍVEL QUADRO EM QUE NOS ENCONTRAMOS. NÃO PODEMOS PERDER O FOCO!!!

    ResponderExcluir
  5. No final de tudo quem sofre e a "TROPA".
    A PMERJ E DOS OFICIAS, PARA ELES TÁ TUDO BEMMM!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. NÃO, a Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro NÃO é dos oficiais! Eu discordo do comentário das 15h01min.

      Excluir
    2. Realmente a PMERJ não é dos oficiais, os oficiais são os filhos da PMERJ e os praças enteados.

      Excluir
  6. ELEIÇÃO JÁ!!!!

    ASS: 69 MILHÃO

    ResponderExcluir
  7. E o que vai mudar para a tropa?

    ResponderExcluir
  8. infelizmente será mais uma MARIONETE a serviço desse horroroso desgovernador ditador,safado sem vergonha pois não vejo graça nenhuma COMANDAR uma corporação tão grandiosa com 40.000 mil componentes entretanto com salários FAMÉLICOS sem assistencia médica judicial material e humano sem logistica nenhuma acredito quem nunca a galeria de EX COMANDANTES nunca se viu tão ultrajada como nos últimos tempos INFELIZMENTE.

    ResponderExcluir
  9. Enquanto a PM está levando no... e cantando como galinha está tudo bem. Quando o Cmt defende a tropa e diz a verdade ele é trocado. Esse secretário é um "bunda mole", aliás, acho que nunca trabalhou nas ruas, pois sempre está contra a PM. Os oficiais da PM deveriam se reunir com o governador e exigir mais respeito para a PM. Na hora do "vamos ver" é a PM que está na linha de frente,levando e ouvindo tudo o que se possa imaginar; ninguem tem sangue de barata; policiais ficaram de prontidão dias e dias; quem aguenta tanta pressao? somente aqueles que estão em gabinetes cercados de secretários ou secretárias, enquanto a tropa está enfrentando toda a escoria. A PM precisa aprender que não adianta defender e cumprir essas ordens, pois no "fligir dos ovos" sempre a corporação é a culpada. Agora a PM é arbitrária; não é preparada; é tudo o que não presta. Isso tudo foi um jogo cujo resultado é propor a unificação, acabando com a PM. Ja acabaram com as FFAA, agora so resta a PM, então a coisa vai ficar "como o diabo gosta", tudo vermelhinho. Ja está na hora das associações de classe das PM, digo de todos os estados, agir contra esse tipo de coisa. Se eu fosse coronel e estivesse na situação do Cmt geral, entregaria o cargo de imediato e esclareceria atraves de nota para a imprensa e para a populçao do Rio,que a maioria é ordeira, os fatos reais, e não como é levado para a população. Acho que chega de mostrar a "bunda", pois quanto mais se abaixa, mais ela aparece. Não se pode só dizer "amem, amem, amem", como se a PM fosse a unica culpada e causadora de tudo.

    ResponderExcluir
  10. SÓ MUDA O COCÔ O FEDOR É O MESMO !!!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  11. acho que com a saída do comandante geral toda a pm tinhanhos que marchar ate o QG exigir a permanência de nosso líder quem tem que pedir pra sai e sérgio cabral costa filho é honesto e homem de bem e ama os praças acredito se toda a corporaçãp entra no QG PEDINDO RESPEITO E A PERMANENCIA DE NOSSO comandante não estariamos fazendo nada demais só retribuindo tudo que ele fez por nós

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. TÁ COM PENINHA, LEVA ELE PRA TUA CASA, E PAGA UMA CACHAÇA PRA ELE!!!

      Excluir
    2. acho que esse espaço e democratico companheiro naum estou como pena dele ele que tem que te pena de nos o cara ´´e cmt geral o maior posto da pmerj e quem somos n´´os e sobre a vida pessoal dele naum me interessa

      Excluir
    3. Muito legal ele... excluiu 312 policiais a torto e a direito em 2012!!!! ja foi a todos os batalhoes dizer que praça e ladrão e bota na rua sem do. pra ele todos somos ladroes e o sonho dele e ser lembrado como o cmt geral q moralizou a tropa... vê se pode?! a pmerj taerrada e de cima pra baixo!!!

      Excluir
    4. Chama pra marchar todos os policiais que foram excluídos injustamente, certamente reunirá um numero grande de e ex pms.

      Excluir
  12. esses oficias superiores da pmerj é uma vergonha estão com aves de rapina esperando seu lider cai para fica no lugar dele é uma vergonha a falta de união entre eles acho que nenhum oficial deveria aceitar o cargo CMT geral de beltreme pois esse policial federal beltreme tem que aprender respeita os oficias e a pmerj senão vira baderna, arruaçar e vandalismo contra a pmerj

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. TÁ COM PENINHA, LEVA ELE PRA TUA CASA, E PAGA UMA CACHAÇA PRA ELE!!!

      Excluir
  13. Coronel Erir, não peça pra sair do cargo, não de esse gostinho pra eles, Beltrame e cia, o Sr está falando a verdade e a verdade é tudo que essa mídia podre juntamente com esses crápulas engravatados que estão no poder não querem ouvir, rasgou o verbo na TV e agora querem tirá-lo. Isso é sacanagem porra!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. TÁ COM PENINHA, LEVA ELE PRA TUA CASA, E PAGA UMA CACHAÇA PRA ELE!!!

      Excluir
  14. Coronel Erir, homem de palavra.
    A tropa deve se unir para não deixar a política tomar conta de nossos quartéis, temos que defender o nosso líder.
    "SER POLICIAL, É SOBRETUDO, UMA RAZÃO DE SER.."

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. TÁ COM PENINHA, LEVA ELE PRA TUA CASA, E PAGA UMA CACHAÇA PRA ELE!!!

      Excluir
  15. JÁ TIVERAM TODAS AS OPORTUNIDADES DO MUNDO PARA SI UNIR. INFELIZMENTE A PMERJ É DESUNIDA. VAI TER UM MOMENTO QUE A REVOLTA VAI SER TÃO GRANDE, QUE VAI DAR MERDA. MAS ISSO, VAI SER AO ACASO, NÃO VAI SER PLANEJADO. A PMERJ NÃO TEM ESSA CAPACIDADE DE UNICIDADE. O QUE VAI ACONTECER NO FUTURO É UM GRANDE COLAPSO NA DESESTRUTURADA PMERJ.

    ResponderExcluir
  16. Sou um dos 62 policiais que esteve na primeira reunião com o cmt geral no QG dia 11/jan./2012 para tratarmos das propostas de melhorias e mudanças necessárias para PMERJ e naquela reunião alem de alguns documentos importantes que foram entregues, foi proposto que ele nos liderasse no dialogo com o governo e que iriamos nos mobilizar se o governo quisesse retira-lo do cargo. Ele respondeu que ele era o "líder" dando a entender que estava preservando o próprio governo de um possível desgaste politico e que estava negociando algumas coisas e pediu que nos o aguardasse, mas nos tínhamos urgências. Ficou evidente que ele não tinha proposta nenhuma pois naquele momento o governo desprezava a PMERJ, não queria nem ouvir falar. Se ele é honesto, não sei! Se ele ama os praças tenho duvidas, pois não deixaria que pais de família fossem parar em Bangu I presos como bandidos perigosos. Ele esta colhendo o que ele próprio plantou ao longo desse pouco tempo que está no cmt da PMERJ, ele não nos fez favor nenhum ate agora só fez punir aqueles que reivindicaram melhorias para todos. Tudo que alcançamos ate agora foi com o esforço da própria tropa naquela reunião da Cinelandia e do que aconteceu no dia 10/fev./2012, as pressões sofridas pelo governo foram determinantes no pouco que conseguimos ate agora. Há tenho 25 anos de serviço prestados exclusivamente a PMERJ, nunca fiz segurança privada. Respondi a um PAD que não tem nenhuma prova contra mim e ainda assim o cmt geral discordando do colegiado, me puniu 30 dias de cadeia. Mesmo assim não me arrependo de nada pois tento coragem e hombridade para fazer tudo de novo!

    ResponderExcluir
  17. Boa tarde companheiros de luta esta tendo um comentário que vamos ter 8% de aumento em agosto será verdade isso procurem saber deve ser mais uma mentira !!!

    ResponderExcluir