segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Após uma semana internado, recruta do CFAP tem morte cerebral decretada

 O recruta da PM Paulo Aparecido Santos de Lima, de 27 anos, teve morte cerebral decretada pelo Hospital Central da Polícia Militar, ontem à noite. Paulo ficou uma semana internado após passar mal em treinamento no Centro de Formação e Aperfeiçoamento de Praças (CFAP) da PM. O comandante do HCPM, coronel Armando Portocarrero, afirma que a causa da morte foi um derrame causado por uma série de fatores que incluem a temperatura, a prática de exercício físico e uma possível propensão genética. Um Inquérito Policial Militar (IPM) foi aberto para apurar se houve excessos. A família do ex-aluno espera que os oficiais responsáveis sejam punidos

51 comentários:

  1. Agora era a hora desses recrutas se unir e ir na delegacia dar queixa de tortura e maus tratos , que me parece já evoluiu para ASSASINATO.

    A familia desse soldado não deve dar treguas a esses oficiais assasinos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo amigo , o que foi feito com o aluno foi ASSASSINATO !!!!!!!!!
      Cadê os direitos humanos ???? Tem que fazer plantão nesses treinamentos , porque até o cel Nélio não sabe bem o que houve , gaguejou na reportagem , ainda teve coragem de dizer que os caras queimaram a "bunda" porque estavam descansando no asfalto ... Prá puta que pariu !!!!!!!!!!!!!

      Excluir
    2. Bota os oficiais que cometeram essa barbaridade prá "descansar" no asfalto quente , num calor de 48 graus ... depois joga água gelada encima deles e areia na cara a hora que tiver com bastante sede , foi isso que fizeram naquela tarde com os recrutas.
      É o mínimo que esses COVARDES merecem !!! Eles sim MERECEM !!!!!! E depois deixa APODRECER NA CADEIA , ASSASSINOS !!!!!!!!

      Excluir
    3. O que dizer de uma polícia que não respeita e TORTURA seus próprios pares , seus colegas de profissão que ralaram prá passar num concurso , exames médicos , meses prá serem chamados , o que esperar desses CARRASCOS , o que não fazem com a população hein ????????

      Excluir
  2. Tem que desmilitarizar a Pm Do Brasil. E formação digna aos ahentes da lei. Sou pm e hj após 18 anos de serviço apoio veementemente a nossa desmilitarização. Nem todos que estão nas fileiras da pm brasileira são ladrões e assassinos ao contrário somos vitimas de um sistema falido de segurança que se diz pública mais na verdade defende os interesses pessoais de políticos e de grande parte de oficiais de nossa pm.

    ResponderExcluir
  3. Falou tudo. Mais infelizmente a militarização e interesses dos políticos. Assim eles fazem de tudo com a tropa. O praça pode ter 30 anos de serviço e mesmo assim ele sera humilhado pelo oficial. Pois com o militarismo nao existe o profissionalismo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc está enganado companheiro! Só é humilhado quem é incompetente! Não faça da sua insatisfação individual uma regra!

      Excluir
    2. quem é incompetente deve ser punido e não humilhado

      Excluir
    3. Estude amigo, pois se tua Corporação te trata assim você é no minimo um IMBECIL de continuar nela.

      Excluir
  4. DECRETADA não é a palavra ideal para esse caso. Melhor seria DIAGNOSTICADA.

    ResponderExcluir
  5. (IPM) foi aberto para apurar se houve excessos, mas os Recrutas,não podem falar nada pois recebem pressão dos Oficias do Curso.....Lamento muito...Deus de força aos familiares do Aluno, mas não vai dar em nada, pois lá um protege o outro.....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tá errado esse IPM colega o certo e todos sabemos é que no dia do fato, deveria os tais Oficiais terem sido presos em flagrante por :

      CPM - Decreto Lei nº 1.001 de 21 de Outubro de 1969

      Art. 209. Ofender a integridade corporal ou a saúde de outrem:

      Pena - detenção, de três meses a um ano.

      Lesão grave

      § 1° Se se produz, dolosamente, perigo de vida, debilidade permanente de membro, sentido ou função, ou incapacidade para as ocupações habituais, por mais de trinta dias:

      Pena - reclusão, até cinco anos.

      § 2º Se se produz, dolosamente, enfermidade incurável, perda ou inutilização de membro, sentido ou função, incapacidade permanente para o trabalho, ou deformidade duradoura:

      Pena - reclusão, de dois a oito anos.

      Lesões qualificadas pelo resultado

      § 3º Se os resultados previstos nos §§ 1º e 2º forem causados culposamente, a pena será de detenção, de um a quatro anos; se da lesão resultar morte e as circunstâncias evidenciarem que o agente não quis o resultado, nem assumiu o risco de produzi-lo, a pena será de reclusão, até oito anos.

      Excluir
  6. assim como eles querem que todas as viaturas tenham camara prq ñ colocarem tbem nos locais de treinamento hoje em dia quase tudo é vigiado isso serveria pra uma apuração de investigação justa prq será que ñ tem filmagem no local
    ?

    ResponderExcluir
  7. Prezados, sou repórter do EXTRA e queria conversar com alunos que desistiram do curso. Meus contatos são: rafael.soares@extra.inf.br ou 25345920.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sai daqui oportunista!

      Excluir
    2. KKKKKKKK!!!! Essa foi boa! Sai daqui, seu subversivo.

      Excluir
    3. Que falta de respeito com o repórter amigos. A imprensa tem mais que jogar essa covardia nos jornais, na TV, na net. Que tenha repercussão e todos responsáveis sejam punidos.

      Excluir
    4. JORNALISTA DESCULPE O COMPANHEIRO QUE ESA UM POUCO EXALTADO COM O OCORRIDO. MUITO OBRIGADO POR ESTA ACOMPANHANDO,SÓ COM A IMPRENSA EM CIMA QUE SE PUNI OFICIAL. QUEM TIVER ALGUM CONTATO AJUDE O JORNALISTA PARA QUE NÃO FIQUE IMPUNI. MUITO OBRIGADO!!!!

      Excluir
  8. Resumindo, oficiais mataram um aluno do curso de formação de soldados da PMERJ.

    ResponderExcluir
  9. Ei de concordar, pelas colocações acima, de que patente para pessoas profundamente egoicas, ignorantes, fazem deles tiranos... Mas deveria aí existir uma Lei Rígida de abuso de patente... E colocar qualquer Oficial na cadeia por abuso de autoridade, e deixa-lo lá no romão gomes longos anos lavando banheiro... Conheci oficiais de alta patente - incompetentes, tirânicos, masoquistas, torturadores, desalmados, corruptos e etc... com tudo que não presta e ainda tem cargos de comando dentro das forças...

    ResponderExcluir
  10. SERÁ Q ESTAVA EM HORÁRIO DE DESCANSO ...

    CEL DESCANSO A PONTO DE SE QUEIMAR???????????


    HUM, HÃ,HUM. VAI DEPENDER.


    PUTZ

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi ridícula a declaração desse tal cel Nélio , seria melhor ficar de boca fechada ... QUE A FAMÍLIA E OS DEMAIS QUE ASSISTIRAM ESSA MONSTRUOSIDADE NÃO SE CALEM , não tem que deixar esses filhos da puta agora irem prá televisão tentar defender as ações COVARDES realizadas nesses treinamentos ,a morte desse rapaz merece uma MANIFESTAÇÃO ... CHEGA DESSE MILITARISMO que não deixa a PM progredir , só está afundando a cada dia , a PM está sem credibilidade até entre eles mesmos , porque se fazem isso com um aluno deles , parceiro , companheiro de trabalho que deveria ter proteção , imeginem o que fazem com a população lá fora ... JUSTIÇA !!!!!!!!!!

      Excluir
  11. LEI 443/81 – DA ÉTICA PM
    Art. 27 - O sentimento do dever, o pundonor policial-militar e o decoro da classe impõem, a cada um dos integrantes da Polícia Militar, conduta moral e profissional irrepreensíveis, com observância dos seguintes preceitos da ética policial-militar: VI - ZELAR pelo preparo próprio, MORAL, INTELECTUAL e FISICO e, também, pelo dos SUBORDINADOS, tendo em vista o cumprimento da missão comum;

    ResponderExcluir
  12. Isso mostra que quando não há um Amarildo para um oficial torturar, eles torturam os pobres coitados dos policiais em formação, os quais são elementos de uma sociedade, que ficam menos de nove meses para serem formados, enquanto que estes, oficiais, levam três anos e mais um período de seis meses de estágio como cadetes. Então lhe pergunto quem está mais próximo de continuar sendo um civil, o cadete de três anos e meio de formação ou um policial de seis meses? Está claro que o câncer desta instituição, são os oficiais que se acham o dono do mundo. Pois caso fosse isso em qualquer repartição pública, que não na policia, alguém já estaria preso por homicídio culposo ou doloso eventual, no mínimo por assedio moral e abuso de poder, constrangimento ilegal ou crime de tortura. São nestas horas que me sinto um tanto quanto frágil, pois os poucos direitos que temos, são ínfimos diante de alguns representantes públicos!
    Só o Exc. Sr Joaquim Barbosa para nos dar alguma esperança!

    ResponderExcluir
  13. Sem dúvida alguma o militarismo é o câncer da instituição. Os oficiais infelizmente são vitimas do sistema e só reproduzem o que aprenderam na academia durante 3 anos em regime de internato passando por uma lavagem serebral para que retire tudo de bom que suas familhas construiram. Eles são tão humilhados lá que saem feito cães raivosos loucos para descontar tudo aquilo e assim o fazem. E nós praças (sou praça da pmerj há 5 anos e estudante de psicologia) muitas das vezes descontamos tudo aquilo na população. E quem não consegue descontar adoece. Depressão, estresse e outros casos convivem conosco. A população precisa fazer algo urgentemente o foco de todo mal é o militarismo e a academia. É lá que todo mal é fabricado e espalhado para dodo o estado do Rio de Janeiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Perdoem alguns erros... escrevi correndo.

      *Cerebral para que se retire.

      Excluir
  14. IPM, ELES SO PODEM TA DE SACANAGEM! EU SO QUERO VER QUAL VAI SER O OFICIAL QUE VAI INDICIAR O OUTRO OFICIAL...CADE O MP? OFICIALZINHO DE MERDA!!!

    ResponderExcluir
  15. Um grupo de Oficiais MATAM um pobre aluno que esperou 2 anos prá realizar seu sonho de entrar prá PM . Isso mesmo , FOI ASSASSINADO por esses covardes , e agora vão esperar o caso cair no esquecimento e só ... REAGE BRASIL , ISSO NÃO PODE FICAR ASSIM , cadê direitos humanos , manifestações de familiares de quem está lá dentro , porque se deixar daqui a 1 mês tá entrando outra turma e morre mais gente , e temos que ver o comandante ir prá TV GLOBO dizer que estavam DESCANSANDO no asfalto quente ... É FODAAAAA !!!!!!!

    ResponderExcluir
  16. Tem mais 5 turmas para entrar,e conserteza nas primeira duas semanas é isso que eles fazem,tem que ser fiscalizado mesmo..eles querem formar policial ou monstros para cuidar da sociedade..

    ResponderExcluir
  17. Fazer isso com inocente é fácil, faz isso com bandidos, lá nos morros da vida....

    ResponderExcluir
  18. É PESSOAL BEM VINDO A PMERJ, INFELIZMENTE MUITOS TEM MEDO DE FALAR AS COISAS MAIS JÁ QUE É PRA ESCRACHAR!!! ESSES OFICIAIS NÃO TEM NEM AI PARA OS RECRUTAS, COLOCAM OS RECRUTAS NA RUA PARA TIRAR SERVIÇO DE PRAIA SEM ARMA E SEM NINGUÉM, ENQUANTO NÃO MORRER UM ALUNO ASSIM TAMBÉM ELES NÃO VÃO PARAR COM ISSO!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tá com medinho vai pra guarda municipal ou bombeiro frouxo!

      Excluir
  19. Eles foram muito crueis , isso porque não era filhos deles que estavao ali. O tempo da escrvidao acabou. Vê se eles ficao de baixo de sol quente . E ruim hem . Pra eles e sombra e agua fresca onde já se viu comer em cinco minutos, eles devem estar malucos ou com algum problema. Vamos deixar de ser carrascos e ser mais humano ninguém merece ser tratado assim. Nem os bandidos criminosos são tratados assim. Que a justiça seja feita

    ResponderExcluir
  20. Isso não foi uma fatalidade, foi um ASSASSINATO!!! BANDO DE ASSASSINOS COVARDES!!!! Espero sinceramente que alguns alunos denunciem esses assassinos para o Ministério Público e para Corregedoria Unificada. Mandem esse bando de assassinos para onde eles merecem: CADEIA!!!

    ResponderExcluir
  21. Irmãos, vou te falar, a mídia está dizendo que os oficiais foram afastados, pura mentira, eles estavam hoje no CFAP. Isso é mais que assassinato, isso é tortura, duvido se fosse na academia se eles já não estavam na cadeia, mais foi só mais um soldado, como diz a canção ele será mais um sol a nascer no céu do Brasil. isso é brincadeira, hoje a mídia estava no CFAP, os oficiais mandaram os alunos saírem do sol, sentar na sombra, comer com calma, demagogia demais, ainda avisaram que isso era só hoje. Sou SGT do CFAP, poderia ser meu filho, isso que estou vendo passou dos limites. Vamos denunciar no site do Ministério Público do Rio de Janeiro, na ouvidoria, não precisa se identificar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo denunciar ao MP o que ocorreu ??? Tá de sacanagem !!! Sabem quem tem que ser denunciados ? São justamente o MP, Corregedoria da PM, Tribunal de Justiça, pois, eles fazem parte dessa falcatrua de Segurança Pública e mais ainda, eles são quem deveriam observar e monitorar o que já a anos fazem no CFAP e nunca fizeram nenhuma visita surpresa para flagrar isso. Agora vai a sofrida família receber uma merreca que mal dá para pagar o enterro do aluno.

      Excluir
  22. Declaro ser verdade todo o ocorrido no cfap, ficamos hrs no sol por uns 30 a 40 min. só em posisão de flexão sem executar, a começar as flexões nossos braços não se aguentavam e diziam que tínhamos que fazer até sangrar as mãos, isso foi só ao se apresentar sob esse sol lindo de verão carioca......... dai em diante foi só sofrimento, aluno babando, desmaiando, delirando e dizendo vestir a farda do comandante isso é formação?????????????????

    ResponderExcluir
  23. Lamento pela vida do aluno e peço a Deus que conforte a família dele, mas sabemos que tem que passar por essas situações para que possa depois aguentar quando estiver em uma comunidade e ter resistência as necessidades, pois não vemos o que os Policiais Militares passa quando estão patrulhando nesses lugares, não estou defendendo os oficiais que fizeram isso, mas nada é atoa, todo treinamento que acontece no CFAP é necessário para que mais a frente depois de formado saiba o que fazer para sobreviver diante da situação diversa.

    ResponderExcluir
  24. Quero ver estes oficiais assassinos presos em bangú I companheiros cade o senhor ditador cabral e suas corjas ainda não falaram nada a respeito !!!

    ResponderExcluir
  25. COMO SEMPRE VAI ACABAR EM PIZZA;NÃO TEM PUNIDADE QUE DEUS CONFORTE A FAMILIA

    ResponderExcluir
  26. Quem assistiu a esta barbaridade, DENUNCIEM, a próxima vítima pode ser VC.

    ResponderExcluir
  27. Caso o responsável na hora desse ASSASSINATO fosse um graduado ( sgt ) , este já estaria preso.

    Mas como são oficiais vai ficar por isso mesmo.

    Anotem ai , não vai dar em nada,a não ser que a familia recorra aos orgãos internacionais.

    Porque os oficiais vão fazer tudo para abafar.

    E os direitos humanos ????????????????????????????, não vão se interessar por esse caso, só quando morre bandido que eles se pronunciam.

    Os parlamentares são todos comprados , com rara excessão.

    Abraços.






    Abraços.

    ResponderExcluir
  28. Precisamos nos unir para que esse crime não fique impune.

    ResponderExcluir
  29. COMO É QUE PODE 490 HOMENS SE SUBMETEREM AOS CAPRICHOS DE ALGUNS OFICIAIS?
    ORDENS ABSURDAS NÃO SE CUMPREM.

    ResponderExcluir
  30. SER SD PM É FALTA DE OPÇÃO.

    ResponderExcluir
  31. ATENÇÃO , ATENÇÃO E ATENÇÃO TODAS AS FAMÍLIAS DE POLICIAIS MILITARES QUE ESTÃO ENTERNADOS NO HCPM DO RJ, ESTÁ CHEIO DE MÉDICOS ASSASSINOS NO HOSPITAL CENTRAL DA POLÍCIA MILITAR DO ESATADO DO RJ ONDE ALGUNS MÉDICOS COLOCAM OS PACIENTES EM COMA PROFUNDO DESLIGANDO EM SEGUIDA OS APARELHOS PARA QUE OS PACIENTE FALEÇAM MAIS RÁPIDOS. É PURA REALIDADE ESTA MENSAGEM. SERIA BOM Q AS AUTORIDADES ACOMPANHACE DE PERTO AS ENTERNAÇÕES DOS PACIÊNTES PAR APURAREM OS FATOS.

    ResponderExcluir
  32. O CARA ERA DO EXÉRCITO, PROPENSÃO GENÉTICA É O CARALHO, O TREINAMENTO NO EXÉRCITO É MUITO MAIS INTENSO QUE NA PM. O QUE FIZERAM FOI TORTURA. SE ALGUÉM SOUBER O NOME DESSES MERDAS DE INSTRUTORES, COM CERTEZA NÃO REPRESENTAM A EQUIPE DE INSTRUÇÃO. !

    ResponderExcluir
  33. É, vai acabar em pizza...

    ResponderExcluir
  34. INTERESSANTE OS QUATRO OFICIAIS QUE TORTURARAM OS RECRUTAS, JÁ FORAM TRANSFERIDOS DO CFAP ALEGANDO NÃO INTERFERIR NAS INVESTIGAÇÕES. MAS SE FOSSEM PRAÇAS QUE TIVESSEM COMETIDO TAL BARBÁRIE JÁ TERIAM TOMADO 30 DIAS E ESTARIAM A DISPOSIÇÃO DO COMANDO. ESSA É A NOSSA PMERJ DOIS PESOS E DUAS MEDIDAS...

    ResponderExcluir
  35. PROPENSÃO GENÉTICA??

    Agora o Coronel está tentando plantar uma ideia para tentar livrar os instrutores, que segundo informações são oficiais!

    Independentemente, está claro que houve excessos e que isto resultou ou contribuiu diretamente na morte do aluno.

    Que os responsáveis sejam punidos exemplarmente!

    ResponderExcluir