quarta-feira, 27 de novembro de 2013

PM ameaçado de morte por traficante em São Gonçalo pede proteção

Um policial militar do Rio pede proteção após receber ameaças de um traficante que controla o tráfico na comunidade Marambaia, em São Gonçalo, região metropolitana do Rio. As ameaças começaram depois que ele começou a investigar o assassinato do irmão, há três meses.
O corpo do irmão do PM foi encontrado em uma rodovia que liga Niterói à região dos lagos. Segundo o policial, ele teria sido assassinado por ter se recusado a trabalhar para o tráfico. De acordo com ele, o irmão era obrigado a transportar armas do Rio para a comunidade.
— Na primeira vez meu irmão foi rendido buscar as armas pra ele. Na segunda vez, renderam meu irmão de novo. Na terceira, ele explodiu e não quis mais.
Na semana passada o policial recebeu ligações dos criminosos e pediu ao comandante do batalhão onde trabalha proteção para ele e para sua família, mas, segundo ele, o pedido foi negado. A DH (Divisão de Homicídios) já identificou dois homens que teriam participado do crime.

2 comentários:

  1. Infelizmente, a atual política de segurança pública desenvolvida no Estado do Rio de Janeiro não tem por objetivo valorizar os Policiais Militares.

    O Governo do Estado do Rio de Janeiro, com a segunda maior arrecadação de impostos do Brasil, poderia pagar muito melhor os Bombeiros e Policiais Militares. Não está sendo respeitado nem o artigo 7º, inciso IV, da Constituição Federal de 1988, que visa suprir as NECESSIDADES VITAIS BÁSICAS. Segundo o DIEESE, o Salário Mínimo Necessário referente ao mês de Abril de 2013 foi estimado em R$ 2.892,47 (dois mil, oitocentos e noventa e dois reais e quarenta e sete centavos). O vencimento bruto do soldado PM/BM no RJ está R$ 815,22 abaixo do referido piso, é de apenas R$ 2.077,25 (dois mil e setenta e sete reais e vinte e cinco centavos). É fácil dar DIGNIDADE à tropa, basta querer!

    http://www.dieese.org.br/analisecestabasica/salarioMinimo.html

    O Governo do Estado do Rio de Janeiro precisa conceder apenas 39,25% de reajuste salarial para a PMERJ e o CBMERJ para cumprir o artigo 7º, inciso IV, da Constituição Federal de 1988, ou seja, para suprir as necessidades vitais básicas dos Militares Estaduais (pagar o Salário Mínimo Necessário aos soldados PM/BM). É preciso oferecer o MÍNIMO DE DIGNIDADE aos integrantes da PMERJ e do CBMERJ. Como vamos sediar a COPA DO MUNDO de 2014 e os JOGOS OLÍMPICOS de 2016 se não conseguimos nem pagar um SALÁRIO DIGNO aos funcionários públicos que prestam SERVIÇOS ESSENCIAIS à população fluminense (Bombeiros e Policiais Militares)? Pagar um SOLDO INFERIOR AO SALÁRIO MÍNIMO vigente aos CABOS E SOLDADOS é o fim da picada!

    OBS: DINHEIRO PARA PAGAR BEM O GOVERNO DO ESTADO TEM!

    A profissão de policial militar é uma atividade de alto risco, uma vez que esses profissionais lidam, no seu cotidiano, com a violência, a brutalidade e a morte. A literatura aponta que os policiais militares estão entre os profissionais que mais sofrem de estresse, pois estão constantemente expostos ao perigo e à agressão, devendo freqüentemente intervir em situações de problemas humanos de muito conflito e tensão. Um soldado PM já deveria estar ganhando, no mínimo, por volta de R$ 3.500,00 (três mil e quinhentos reais) mensais, pois a valorização profissional é primordial!

    ResponderExcluir
  2. Eu também já fui caluniado, respondi na corregedoria, na justiça (fui preso), provei minha inocencia(fui posto em liberdade) e, pasmem, os caluniadores. fizeram a mesma denuncia(da mesma forma) sendo que eu estava preso, e, ainda assim estou sendo investigado. Aonde tenho que ir? Aonde posso conseguir ajuda? PM? PC? ONU? DIREITOS HUMANOS? OAB? ou devo me suicidar e deixar uma carta ao lado do corpo??????? Será que minha palavra não têm fé pública?

    ResponderExcluir