sábado, 9 de novembro de 2013

PM da UPP da Rocinha é assassinado em Teresópolis

O soldado da PM Rafael Cordeiro do Canto, de 30 anos, lotado na Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Rocinha, foi morto na madrugada deste sábado, em Teresópolis. O policial, que, estava e folga e voltava de carro de uma festa em Guapimirim com um amigo quando foi abordado por pelo menos 15 homens no bairro Quinta Lebron. Segundo informações, tiros foram disparados no local, mas nenhum deles atingiu o soldado. Rafael morreu vítima de traumatismo craniano quando era espancado pelos bandidos. O amigo nada sofreu.
A arma do PM foi levada pelos agressores. Segundo  agentes da 110ª DP (Teresópolis) já identificaram um dos suspeitos, mas o nome ainda não foi divulgado. Os documentos do policial foram encontrados próximo a casa desse suspeito, que não foi preso. O PM foi atacado porque os bandidos o identificaram como policial.
Rafael frequentava a Igreja Batista do Bairro do Imbuí. Amigo da família do policial , o pastor Luciano Portella contou que o soldado era casado e tinha um filho de cinco anos.
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário