sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Polícia Civil organiza protesto


Insatisfeitos com a política do governador Sérgio Cabral, apontado pela opinião pública como inimigo número 1, policiais civis organizam protesto para a próxima terça-feira, Às 10h, em frente à Secretaria estadual de Planejamento e Gestão. Dirigentes do sindicato da categoria querem ser recebidos pelo secretário Sérgio Ruy para discutir a pauta de reivindicações.
De acordo com o Sindicato dos Policiais Civis do Estado do Rio de Janeiro (Sinpol), não é a primeira vez que a categoria tenta ser ouvida. Pelo menos quatro vezes o sindicato tentou contato com Cabral. Porém, apenas a segurança do Palácio da Guanabara os recebeu, aconselhando que aguardassem e mandassem e-mail
para agendamento. Mesmo assim, os e-mails e as idas ao Palácio, nunca foram atendidas. A pauta de reivindicações já foi entregue à Secretaria de Segurança Pública e à Chefia de Polícia Civil, mas não houve resposta.
Entre outros itens citados na pauta de reivindicações, os profissionais de segurança querem um novo plano de cargos e salários vinculando o vencimento dos agentes ao dos delegados, como era na Lei 699/83, o que proporcionaria um reajuste imediato de até 50% em cima dos menores salários; pagamento da Gratificação Especial de Atividade (Geat) aos policiais aposentados e aos que estavam de licença e pensionistas, ganho na Justiça pelo Sinpol há mais de três anos e que ainda não foi pago pelo governo; que as horas excedentes trabalhadas na escala 24h X 72h e os adicionais noturnos, previstos na Constituição Estadual e Federal, sejam pagos mensalmente pelo estado.
De acordo com Fernando Bandeira, presidente do Sinpol, Sérgio Cabral reconheceu, em seu discurso no dia do lançamento da Cidade da Policia, em setembro passado, a grande diferença entre o salário de um delegado e de um inspetor da Polícia Civil. E ainda afirmou que iria fazer de tudo para “sensibilizar” o secretário Sérgio Ruy para reduzir a diferença. A frase do governador se tornou incentivador e lema do ato, batizado de “Dia de Indignação e Protesto”. Fernando Bandeira explicou que o ato não é uma manifestação ou passeata, é uma forma pacifica de “sensibilizar” o secretario, como aconselhando por Sérgio Cabral. Ainda de acordo com o presidente Fernando, uma equipe do Sinpol está percorrendo as delegacias da capital, Baixada e interior do Rio, avisando sobre o ato para o atendimento das reivindicações da categoria.Fernando acrescentou que o movimento está tendo uma ótima aceitação, que muitos agentes afirmam que “já estava na hora da Policia Civil se manifestar

19 comentários:

  1. Tem o apoio dos civis, dos paisanos, da sociedade, da população, sei lá qual o nome que os senhores chamam quem não é policial.

    PARABÉNS, DEMOROU, pena que não fizeram isso desde JUNHO quando começaram as manifestações no país. Se precisar que marchemos do seu lado pode chamar. Foi assim que os bombeiros fizeram. BOA SORTE.

    Tenho que admitir que a sociedade se estranha menos com a PC do que a PM.

    ResponderExcluir
  2. Parabens aos Papa Charlie, que ao contrário dos Mike, estão fazendo algo para melhorar sua categoria. Na hora que conseguirem os MIke acordarão, talvez tarde demais...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. pra vc fala de mike é mole.Eu quero ver é se vc tivesse um regulamento estúpido igual ao nosso dar uma de machão.Vcs no movimento passado tiraram o corpo fora na hora h.

      Excluir
  3. Isso mesmo!! Os Pc´s na hora H, fizeram um acordo ou sei lá o que, e tiraram o corpo fora..isso porque podem se manifestarem, imaginem se fossem militares..estariam caladinhos!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Informe-se melhor, amigo, e saberá os verdadeiros motivos pelos quais os policiais civis foram os primeiros a deixar o movimento grevista. Mas já te adianto pelo menos uma das razões: o movimento, à época, deixou de ser um movimento para conquistas e melhorias salariais e de trabalho, para ser um movimento político, encabeçado pelo CB bombeiro Dacciolo e o sargento PM Gurgel. Se não acredita, basta esperar pelas próximas eleições e verá os dois militares concorrendo a um cargo, por algum partido político. Quanto ao nosso representante, o companheiro Chao, aposto 1.000,00 x 1,00 como não será candidato a nada. Apenas uma postura profissional, de homem comprometido com a categoria de policiais civis, sem pretensões políticas. O nome disso é HONESTIDADE, ser homem o suficiente para sair de um movimento totalmente fadado ao fracasso, como foi.

      Excluir
    2. Mais uma coisa, amigo. Eu mostro a minha cara. Não tenho rabo preso com ninguém pra ficar escrevendo anonimamente. Aproveite e mostre a sua também. SEJA MAIS HOMEM.

      Excluir
  4. Os PMs foram os primeiros a tirarem o corpo fora, participando do desfile do Cordão do Bola Preta, quando a greve já tinha começado...

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. Difícil acreditar e confiar, salvaram a pele na hora H, esquecendo a luta por dignidade.

    ResponderExcluir
  7. ..............PRIMEIRA MENTE TEMOS QUER NAO ACEITAR ESSE TRABALHO ESCRAVO DO CABRAL......NAO TRABALHAR NAS FOGAR OS BOMBEIROS E OS POLICIAIS .........................DAR UMA BANANA POR DESGOVERNO GUARDANAPO E SUA QUADRILHA DE MUQUIRANA DITADORES..........TEMOS SER UNIR PARA GUERRA ....................................BMS E POLICIA......................................................................................SO A UMA SAIDA PISO NACIONAL PEC300 XPEC339 MAIS QUALIDADE DE VIDA E DIGNIDADE ;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;SERMOS O EXEMPLO DA SEGURANÇA DE BRASILIA ...........................TEMOS QUER PRECIONAR OS DEPUTADOS FEDERAIS E SENADORES...E A DILMA E O VICE DRACULAR DO PMDB>>>>TEMOS QUER FICAR ACAMPADOS EM BRASILIA POR VARIOS DIAS SO ASSIM TEREMOS VITORIAS .......SEGURANÇA UNIDAS JA MAIS SERA VENCIDAS>>>APOIO SOSBOMBEIROS>>>>RIO<>>>>>

    ResponderExcluir
  8. ""-Eu participei da caminhada em Copacabana e estava na cinelândia quando foi deflagrada a "greve", mais vou ser bem sincero!
    -Não acho que os ""PAPA CHARLIES""fizeram errado não!
    -A Própria PM não se entendia, estava "rachada", basta lembrar que a capital se acovardo e os Batalhões de Interior que foram mais contundentes,
    -Só no 28BPM foram punidos mais de 15 policiais enquanto na capital não ouvir falar de nada!
    -E o que foi aquilo na Cinelândia?
    -Tinha tudo para dar e errado!
    -E Deu!
    -Vi de tudo!
    -Policiais dançando,
    -Policiais no amarelinho bebendo,
    -Policiais comprando cerveja na mão de ambulantes,
    -Vi Policiais "fazendo trenzinho" parecia uma MIKARETA!
    -E Percebi que "iria dar merda" quando Anunciaram "greve" e se Dispersaram
    -Eu moro no interior e fui pronto para passar pelo menos 2 dias "concentrados" e achava que não deveria fazer "greve"e sim "OPERAÇÃO TARTARUGA" enchendo as Delegacias com "ocorrências babacas" tais como: Pegar ganso para sarquear, aprender aranhas do bicho(Só não podem depois irem buscar a "merenda"no padrinho!) enfim ocupar as viaturas com ocorrências-merda (que oficial iria punir por estarem fazendo cumprir a lei?NENHUM!!!)
    -Mais o que ficou claro nesse "episódio" é que a Policia Civil(QUE NUNCA SE MISTUROU)com a PM tentou se beneficiar e obter alguma vantagem no movimento,quando percebeu que ninguém iria arrumar nada FEZ UM SEGURO SUL AMÉRICA DE CÚ e o tal chao ( O POLICIAL/ATOR) em entrevista associou uma ocorrência em niteroí (ou coisa assim) em que houve disparo de arma de fogo a PMs e para ficar "bem na foto"anunciou a "retirada do movimento grevista"!
    -Resumindo!
    -Ficou claro que os Interesses de Policiais civis e Militares são distintos, enquanto um quer receber o excedente das horas a mais numa escala de 24x72 os Policiais Militares "sonham"com uma escala dessa, enquanto os Papa charlies buscam vincular seus salários com os de delegados, a PM esta prestes a ter seus salários vinculado a um tal SUBSIDIO do qual os salários dos oficiais irão dobrar(PARA SE TER UMA IDEIA O MENOR SALARIO DE OFICIAS SERÁ DE R$ 7.683,00 QUANDO SE FORMAM CADETES QUE POR SUA VEZ ESTE MESMO VALOR SERÁ PAGO AO MAIOR SALÁRIO DE PRAÇAS QUANDO ESTE FOR SUBTENENTE)
    - Os ""PAPA CHARLIES"" estão agindo!
    e o que os PAPA MIKES irão fazer?
    ASSISTIR A TUDO SENTADOS ENCIMA DO MURO?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CELEBRE COMENTARIO EM RELAÇÃO A TUDO O QUE OCORREU NO DIA DO"ENSAIO DE GREVE" COMO DISSE UM EX CMT DE BATALHAO DE INTERIOR QUE COMANDA OUTRO BATALHAO TAMBEM NO INTERIOR.DEVEMOS CONSIDERAR SIM NOSSOS CO-IRMAOS DA POLICIA CIVIL.POREM A NOSSA REALIDADE E BEM DISTINTA PORQUE,NOSSAS ATIVIDADES ENGLOBAM QUASE 80%DO SERVIÇO DE POLICIA.CONCLUSAO:ELES SABEM REVINDICAR PORQUE TEM DIREITO A GREVE,POREM O GOVERNO NAO DA CREDITO A ELES PORQUE ELES NAO TEM REPRESENTATIVIDADE,OU SEJA,NAO TEM A FORÇA QUE TEMOS...DEIXEM QUE ELES FAÇAM SEUS PROTESTOS A PARTE,POIS O MILITARISMO QUE NOS SEGURA E O MESMO QUE NOS TORNA OBSERVADO PELO PRISMA DO GOVERNO.--ADSUMUS--.OBS.2014 VEM AI REFLITAM...TA CHEGANDO A HORA...

      Excluir
  9. Melhor do que passeata é realmente encher as delegacias de ocorrências das mais diversas e demostrar a fragilidade do sistema!!!!

    ResponderExcluir
  10. O problema é que não há integração entre as forças, então é cada um olhando para o seu umbigo.

    ResponderExcluir
  11. A policia é um ninho de cobras.

    ResponderExcluir
  12. Vejo que o pessoal não tem consciência.

    ResponderExcluir
  13. Por isso que ninguem consegue nada.

    ResponderExcluir
  14. Se quisessem alguma coisa já teriam resolvido com os politicos, mas nego tá com briguinha interna.

    ResponderExcluir
  15. Todos os policiais devem fazer provas para outra coisa e largar esta profissão ingrata e injusta! Já viu algum filho de politico ser policial militar, pelo menos graduado, até mesmo oficial? Isso é para nós pobres, que no desespero entramos numa sem nem saber no que estamos entrando, pois só descobrimos tarde demais, quando já está mais difícil de sair. E saibam de uma coisa, para um ex-policial conseguir emprego é a coisa mais difícil do mundo, mesmo que ele tenha saído por opção! Não deixem seus filhos e filhas entrarem nessa, diga não a vida policial, ainda mais se for policial militar, os heróis injustiçados, que jamais fará um sogro ou uma sogra feliz, sempre casado com o serviço e com o seu dever! E, como os valores estão invertidos, torna-se uma vergonha! Sou policial, mas hoje, gostaria de não ser, caso tivesse escolha! Minha família sofre todos os dias, meus filhos sofrem sempre que há eventos e não posso levá-los, e quando posso, tenho medo pela vida deles! Não posso associá-los a mim em alguns lugares, com pena de serem usados contra mim, ou em desfavor deles mesmos. Choro às vezes, por não poder dar a eles o que meus amigos que escolheram outra profissão, e às vezes ganham até menos que eu, mas podem viver com seus filhos em paz!
    Sgt da Policial Militar do RJ.

    ResponderExcluir