domingo, 10 de novembro de 2013

Policiais prenderam um dos acusados pelo assassinato do PM Canto

Bruno, que foi preso no Vale da Revolta, negou a participação no assassinato do PM. O acusado, que estava em posse da arma do policial, disse que apenas a tomou dele quando o mesmo passou a atirar para o alto. Desarmado, o PM teria sido linchado até a morte por várias pessoas que estavam no local. A polícia agora está investigando quem mais teria participado do crime.

video
Com várias passagens pela polícia, mãe do acusado diz que ele é inocente !

Nenhum comentário:

Postar um comentário