segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Vídeo mostra depredação a posto após PM interromper baile funk em São Paulo

As câmeras de segurança de um posto de combustíveis da região da Penha, na zona leste de São Paulo, flagrou o momento em que um grupo de cerca de 30 jovens depredou e saqueou o estabelecimento por volta das 21h50 de domingo (19).

O ato de vandalismo começou após a Polícia Militar interromper um baile funk que ocorria em uma rua da região após moradores ligarem para o 190 para reclamar do evento, que reuniu 2.000, segundo a PM. Além dos danos ao posto, um grupo também invadiu, saqueou e depredou um hipermercado Extra.

Ao sair do mercado, o grupo passou pelo posto de combustíveis, onde agrediu e roubos os frentistas. Os vândalos também derrubaram a porta de vidro da loja de conveniência do local e roubou garrafas de bebida, salgadinhos e até chicletes. Os jovens também levaram R$ 3.000 da loja
 Antes de deixar o local, um dos vândalos jogou gasolina pelo chão do posto e tentou atear fogo, mas não teve sucesso. Funcionários do posto disseram que pessoas que passavam a pé pelo local também foram assaltados pelo grupo.

Segundo moradores, bailes funk como o que ocorreu na noite de ontem é um fenômeno que vem crescendo a cada dia e a presença da polícia é pequena para coibir a violência e o som alto. Ontem, porém, os policiais usaram gás lacrimogêneo para dispersar as pessoas.

A polícia falou que não houve registro de pessoas feridas ou detidas durante a confusão. Moradores da região prometem fazer um protesto contra novos bailes funk.


Nenhum comentário:

Postar um comentário