terça-feira, 4 de fevereiro de 2014

Operação da PM no Morro do Juramento


Seis dos dez suspeitos baleados no Morro do Juramento, em Vicente de Carvalho, na Zona Norte do Rio, durante uma operação do 41º BPM (Irajá), na manhã desta terça-feira, morreram. Outros quatro feridos foram atendidos no Hospital Salgado Filho, no Méier. Entre eles estão terceiro sargento Teles, atingido na panturrilha esquerda, e o cabo Mauro, baleado na coxa esquerda. Os dois PMs passam bem.
A ação desta terça visava a localizar os bandidos responsáveis pelo ataque contra a sede da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Parque Proletário, na Vila Cruzeiro, no Complexo da Penha, também na Zona Norte, no domingo à tarde. Um Fiat Idea usado pelos criminosos na ocasião foi encontrado no Juramento nesta segunda, o que motivou a operação. O carro foi reconhecido por policiais da UPP.
Durante o ataque no Parque Proletário, a soldado Alda Rafael Castilho, de 27 anos, morreu. O também soldado Marcelo Giliardi foi baleado na perna. Ele foi submetido a uma cirurgia no Hospital Central da PM, no Estácio, Zona Norte, e permanece internado em estado estável. Dois moradors foram atingidos por balas perdidas. Um deles já teve alta. Já Elaine Marques Ribeiro continua internada no Hospital Getúlio Vargas, na Penha, em estado grave.

12 comentários:

  1. Os Policiais Militares do Rio de Janeiro estão muito insatisfeitos com os seus salários.

    A maioria dos policiais militares quer trocar de emprego! O Governo do Estado pode mudar esse quadro, valorizando a tropa. Os PMs do Rio não se sentem valorizados, pelo contrário, sentem-se subempregados.

    O salário líquido de um Soldado da PMERJ é de apenas R$ 1.909,75 (mil, novecentos e nove reais e setenta e cinco centavos). Com o atual salário, as NECESSIDADES VITAIS BÁSICAS não estão sendo atendidas! Segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos, o artigo 7º, inciso IV, da Constituição Federal de 1988 está sendo desrespeitado no Rio de Janeiro. O Salário Mínimo Necessário divulgado pelo D.I.E.E.S.E. em Abril de 2013 foi estimado em R$ 2.892,47 (dois mil, oitocentos e noventa e dois reais e quarenta e sete centavos). A defasagem do salário do SD PM ou BM no RJ é de R$ 982,72 (novecentos e oitenta e dois reais e setenta e dois centavos) = 51,5%.

    Bombeiros e Policiais Militares do Estado do Rio de Janeiro não recebem uma remuneração suficiente para suprir as necessidades vitais básicas previstas no dispositivo constitucional supramencionado. Um Estado que possui a 2ª MAIOR ARRECADAÇÃO de impostos do país não pode pagar tão mal! Como vamos sediar a COPA DO MUNDO de 2014 e os JOGOS OLÍMPICOS de 2016 se não conseguimos nem pagar um SALÁRIO DIGNO aos funcionários públicos que prestam SERVIÇOS ESSENCIAIS à população (Bombeiros e Policiais Militares)??? O soldo de um terceiro-sargento PM ou BM está abaixo do salário mínimo vigente, que é de R$ 724,00.

    Concluindo, o Governo do Estado do Rio de Janeiro precisa conceder 51,5% de reajuste salarial para a PMERJ e o CBMERJ em 2014, para ficar em dia com suas obrigações. Ninguém está pedindo para ficar rico, a solicitação visa apenas atender o que está previsto na Carta Magna. O funcionalismo público precisa de pessoas vocacionadas, não podemos colocar qualquer cidadão na Polícia Militar ou no Corpo de Bombeiros. A farda não pode ser distribuída para todos que se habilitam...

    ResponderExcluir
  2. Os SOLDOS de Terceiro-sargentos, Cabos e Soldados estão abaixo do salário mínimo vigente (R$ 724,00)???

    Como pode o Governo do Estado do Rio de Janeiro pagar tão mal???

    O que é feito com a segunda MAIOR ARRECADAÇÃO de impostos do Brasil???

    ResponderExcluir
  3. Todos nós sabemos que existe uma legião de jovens, especialmente os menos qualificados, que aguardam uma oportunidade de emprego. Enquanto não nos defrontarmos com essa realidade, enfatizando e pugnando pela adoção de medidas corajosas, estaremos perdendo a esperança de um Brasil melhor, pois, a cada dia, é o crime organizado que recruta essa mão-de-obra ociosa.

    Não enfrentar o problema é assumir a administração de suas conseqüências, como é o caso da fixação da maioridade penal aos 16 (dezesseis) anos, entre outras medidas consideradas necessárias. Quem já pode votar e eleger o Presidente da República, tem que responder por seus atos, não pode ser considerado incapaz. A redução da maioridade penal é uma questão de bom senso.

    Está na hora do Brasil se tornar um país sério, chega de "tapar o sol com a peneira"!

    Existem fatos que são tão óbvios que não podem ser escondidos, mas que alguns teimam em querer faze-los despercebidos. Buscam encontrar formas de induzir outras pessoas a ignorá-los, ainda que explícitos.

    São posturas geralmente usadas por políticos inescrupulosos, que fazem da arte de enganar o seu ofício para a conquista de adesão aos seus propósitos. Mesmo que todos saibam a mentira que expõem, insistem em ludibriar a boa fé dos eleitores.

    Gestores públicos incompetentes e corruptos usam do expediente do marketing ou propaganda enganosa para encobrirem sua ineficiência e prática de ações contrárias á boa ética e respeito ao patrimônio do povo. No entanto, nem sempre são bem sucedidos nesse intento, porque não há como negar o incontestável.

    A mentira não prevalece nessas situações. A verdade sempre há de vir a tona, por mais bem arquitetada que seja a estratégia de camuflar o que está evidente.

    Não podemos ficar cegos a ponto de não observarmos a luz do sol que transpassa a peneira que foi colocada no intuito de evitar o brilho dos seus raios. Assim é na vida, cuidado com a peneira que colocam diante dos seus olhos. Não permitam que sua cegueira evite que vejam o que é real.

    ResponderExcluir
  4. FUTEBOL É MAIS IMPORTANTE QUE DIGNIDADE?

    http://www.youtube.com/watch?v=BNtGtYdmTm4

    ResponderExcluir
  5. A PMERJ precisa oferecer DIGNIDADE à sua tropa.

    Profissionais que atuam em área de risco, como os PMs do Rio, merecem ser muito valorizados!

    Como proteger a sociedade se a Polícia Militar não pode fazer nada contra os bandidos?

    Estamos em "GUERRA NÃO DECLARADA", sendo que só os traficantes podem matar!

    Os representantes dos Direitos Humanos são aliados do Crime Organizado, pois nunca aparecem quando um cidadão ou um Policial morre, apenas quando os bandidos perdem no confronto.

    Há uma inegável INVERSÃO DE VALORES no Brasil, onde os agressores (criminosos) são chamados de vítimas, e as verdadeiras vítimas são injustamente culpadas pelos atos praticados pelos delinquentes, como se esses marginais da lei fossem obrigados a cometer delitos. Infelizmente, no Brasil, o crime compensa, já que as penas são muito benevolentes com pessoas que não têm condições de viver em sociedade.

    Já nos países sérios, como os Estados Unidos, o crime não compensa, porque lá a lei é dura com quem a desrespeita! Se alguém atentar contra a vida de um Policial lá, já sabe que terá pena de morte!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. muito bem colocado! vamos mudar isso!!

      Excluir
  6. Vejam o vídeos do Sergio Cabral no blog Ricardo Gama.

    ResponderExcluir
  7. Desmilitarização

    Já passou da hora de se discutir a desmilitarização da Polícia com seriedade. Não é uma questão político-partidária, é uma questão de política de Estado, de sobrevivência do Estado democrático de direito. Do jeito que está não dá mais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Alguns segmentos teimam em culpar o militarismo,como sendo o prinicipal responsável por todas as mazelas da polícia e da sociedade de modo geral.Ora,a polícia do México é civil,e lá também enfrentam problemas sérios com o banditismo(Tráfico de drogas,corrupção policial etc.) Sua cogênere colombiana,também é civil uniformizada e os problemas deles,no que tange a segurança pública,não são menores que os nossos.Em contrapartida o sistema policial francês também se divide em polícia" judiciária"e ostensiva(Germandarie)o que para nós seria uma espécie de polícia ostensiva federalizada,subordinada a União, sendo esta última organizada numa estrutura hierárquica militar a seviço da população civil extremamente eficiente e moderna. Portanto desmilitarizar a polícia,não é a solução.Lógico que a estrutura militarizada que sempre fez parte de tais instituições ,são totalmente arcaicas,quase medievais,mas aponta-las como sendo o problema principal,é querer desviar nossos olhares das verdadeiras necessidades destas,de seus membros e de toda sociedade.O que deve ser proporcionado as polícias estaduais,são mecanismos que façam com que elas funcionem efetivamente:Infra-estrutura adequada,melhores salários,maior autonomia frente ao Executivo, um militarismo adaptado a sua realidade,em que seja expurgado todo o amadorismo existente neste segmento tão importante e principalmente nossas leis que hoje encontram-se em total descompasso com a realidade social na qual vivemos.

      Excluir
    2. Alguns segmentos,insistem em apontar o militarismo, como sendo o principal responsável por todas as mazelas da polícia e da sociedade de modo geral.Ora,a polícia do México é civil,e lá também enfrentam problemas sérios com o banditismo(Tráfico de drogas,corrupção policial etc.).Sua cogênere colombiana,também é uma instituição civil uniformizada e seus problemas,no tocante a segurança pública,não são menores que os nossos.Em contrapartida,o sistema policial francês,assim como o nosso,també se divide em polícia"judiciária"e polícia ostensiva(Gendarmaria),o que para nós seria uma espécie de polícia ostensiva federalizada,subordinada a União,sendo esta última organizada numa estrutura hierárquica militarizada a serviço da população civil extremamente moderna e eficiente.Portanto desmilitarizar a polícia,não é a solução.Lógico que a estrutura militarizada que sempre fez parte de tais instituições,são totalmente arcaicas,quase medievais,mas aponta-las como sendo o problema principal,é querer desviar nossos olhares das verdadeiras necessidades destas,de seus membros e de toda a sociedade.O que deve ser proporcionado as polícias estaduais,são mecanismos as façam funcionar de maneira efetiva:Infraestrutura adequada,melhores salários,maior autonomia frente ao Executivo,um militarismo adaptado a sua realidade em que seja expurgado todo o amadorismo e principalmente nossas leis,que atualmente encontram-se em total descompasso com a realidade social na qual vivemos.

      Excluir
  8. PM MORRE E SÉRGIO CABRAL DA GARGALHADA COM A XUXA. BLOG DO VEREADOR MÁRCIO GARCIA.

    ResponderExcluir
  9. Me desculpem,errei ao digitar o nome da Polícia Militar francesa,na verdade chama-se:GENDARMERIE(Francês) ou GENDARMARIA(português)

    ResponderExcluir