domingo, 2 de fevereiro de 2014

Policial é morto durante tentativa de assalto em Marechal Hermes

Um PM morreu durante uma tentativa de assalto em Marechal Hermes, na Zona Norte da cidade, na noite deste sábado. Ele foi abordado por dois bandidos na Rua Henrique de Albuquerque, dentro de seu carro.  Policiais do 9º BPM (Rocha Miranda) conseguiram prender um dos suspeitos, que negou ter efetuado o disparo contra o PM. A vítima identificada como Rogério Rocha dos Santos Junior era lotado na UPP Camarista/Méier.
A polícia já fez uma perícia no local e as investigações estão a cargo da Divisão de Homicídios. Os parentes do policial morto estão prestando depoimento e a especializada não descarta nenhuma hipótese para o cime

2 comentários:

  1. Os Policiais Militares do Rio de Janeiro estão muito insatisfeitos com os seus salários.

    A maioria dos policiais militares quer trocar de emprego! O Governo do Estado pode mudar esse quadro, valorizando a tropa. Os PMs do Rio não se sentem valorizados, pelo contrário, sentem-se subempregados.

    O salário líquido de um Soldado da PMERJ é de apenas R$ 1.909,75 (mil, novecentos e nove reais e setenta e cinco centavos). Com o atual salário, as NECESSIDADES VITAIS BÁSICAS não estão sendo atendidas! Segundo o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos, o artigo 7º, inciso IV, da Constituição Federal de 1988 está sendo desrespeitado no Rio de Janeiro. O Salário Mínimo Necessário divulgado pelo D.I.E.E.S.E. em Abril de 2013 foi estimado em R$ 2.892,47 (dois mil, oitocentos e noventa e dois reais e quarenta e sete centavos). A defasagem do salário do SD PM ou BM no RJ é de R$ 982,72 (novecentos e oitenta e dois reais e setenta e dois centavos) = 51,5%.

    Bombeiros e Policiais Militares do Estado do Rio de Janeiro não recebem uma remuneração suficiente para suprir as necessidades vitais básicas previstas no dispositivo constitucional supramencionado. Um Estado que possui a 2ª MAIOR ARRECADAÇÃO de impostos do país não pode pagar tão mal! Como vamos sediar a COPA DO MUNDO de 2014 e os JOGOS OLÍMPICOS de 2016 se não conseguimos nem pagar um SALÁRIO DIGNO aos funcionários públicos que prestam SERVIÇOS ESSENCIAIS à população (Bombeiros e Policiais Militares)??? O soldo de um terceiro-sargento PM ou BM está abaixo do salário mínimo vigente, que é de R$ 724,00.

    Concluindo, o Governo do Estado do Rio de Janeiro precisa conceder 51,5% de reajuste salarial para a PMERJ e o CBMERJ em 2014, para ficar em dia com suas obrigações.

    ResponderExcluir
  2. É um absurdo alguem postar comentario sobre salário num post em que fala da MORTE DE UM COMPANHEIRO!!! Cade a tropa para caçar os culpados?

    ResponderExcluir