quarta-feira, 26 de março de 2014

Exército faz varredura em busca de armas e explosivos no Complexo da Maré



Homens do 1º Batalhão de Engenharia de Combate (Escola) do Exército do Rio de Janeiro, iniciaram, na manhã desta quarta-feira, uma operação de varredura da favela Nova Holanda, no Complexo da Maré. A região deve ser ocupada pelos militares já na semana que vem.
A equipe fará a detecção de objetos metálicos nas residências suspeitas de pertencer a traficantes daquela localidade. O grupo está munido de detectores de metal capazes de verificar a presença de armas e explosivos enterrados no solo a uma profundidade de até 30 centímetros.

— É possível localizar até uma agulha enterrada a esta distância — garante o capitão Rafael Machado, comandante do pelotão.

2 comentários:

  1. e vem aí o Batalhão de Campanha para acabar com a suas folgas.....

    ResponderExcluir
  2. esplendido mais uma comunidade ocupada ,o assunto nos meios de comunicação é toda pra maré, falasse em exército com toda aquela engenharia show de bola perfeito deixa eu avisar meu filho de 12 anos ,talvez não vá ser preciso tenho certeza que suas palavras serão pow pai! até os bandidos foram avisados ; brincadeiras aparte vamos falar sério para onde vai toda essa vagabundagem, se o indice de latrocínio e roubo de carro ou pedestre aumentou aguarde pra você ver

    ResponderExcluir