terça-feira, 29 de abril de 2014

DG BONDE DA MADRUGA

DG tinha duas passagens pela polícia: uma como usuário de drogas, em 2011, quando foi detido com entorpecentes em sua moto, e a outra por lesão corporal pela Lei Maria da Penha, em 2010. Na primeira prisão, ele confessou que a droga seria para consumo próprio.

video

5 comentários:

  1. Esse Bonde é de Maconheiros que nunca foram exemplos de nada na vida, a realidade é que são coniventes com os traficantes quando não fazem parte da mesma quadrilha. Depois que morrem vitimas de suas próprias escolhas, vejo parte da sociedade e mídia hipócrita dando entrevistas tentando tratá-los como vítimas e santos. Nunca foram cidadãos de bem, pois suas vidas pregressas mostram isso. O viciado é quem sustenta os traficantes homicidas, parem de cheirar cocaína e fumar maconha e Craque e farão um grande favor a si e para a humanidade.

    ResponderExcluir
  2. Se fosse o PM, seria crucificado pela globo, mas para bandido tudo é tolerável

    ResponderExcluir
  3. Isso é o que a globo quer difundir para nossos jovens, que é maneiro se drogar e fugir da realidade.
    Esse é o exemplo de integridade que versa esses artistas globais, bando de viciados que financiam as mortes, tanto de policiais quanto de traficantes e vitimas civis.

    ResponderExcluir
  4. Ele se tornou cidadão perante ao bando do viciados enrustidos que o homenageou. Hoje é viciado se sentindo lesado na boca pelo produto adulterado, bandido sendo rendido por bandido durante fuga e ao se sentir injustiçado vai à DP registrar o fato, homenagem para vagabundo, manifestações, vagabundo pilantra que é promovido a ajudante de pedreiro e por aí vai. Na minha opinião gente desse tipo vai tarde.

    ResponderExcluir