sábado, 26 de abril de 2014

Mulher de Amarildo é detida por desacato na Rocinha


Elisabete Gomes da Silva, mulher do ajudante de pedreiro Amarildo de Souza, foi detida na manhã deste sábado por desacato a autoridade. Ela foi levada por policiais a 11ª DP (Rocinha) para prestar depoimento e já foi liberada.
De acordo com o delegado Gabriel Ferrando, titular da 11ª DP (Rocinha), Elisabete estava, com um pequeno grupo de moradores, colocando fogo no lixo a fim de iniciar uma manifestação, próximo a Rua 1. Por volta de 7h, os policiais militares da UPP foram acionados e, ao chegar no local, tentaram filmar a ação.
Neste momento, a viúva de Amarildo começou a xingá-los de assassinos e de bandidos.  O delegado irá instaurar um procedimento para apurar o caso e, em até 30 dias, ele irá enviá-lo ao Juizado Especial Criminal (Jecrim).

Um comentário:

  1. CULPADO DISSO É O CABRAL, QUE LEVOU ESSA PILANTRA PRA DENTRO DO PALÁCIO GUANABARA E AINDA DEU PENSÃO PRA ELA E SUA FAMÍLIA DE BANDIDOS!!!

    ResponderExcluir