terça-feira, 8 de abril de 2014

PM da UPP da Rocinha que havia desaparecido em São Gonçalo é resgatado em favela depois de levar dez tiros


O policial militar da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da Favela da Rocinha,  que havia desaparecido na noite desta segunda-feira, em São Gonçalo, foi resgatado manhã desta terça por um helicóptero da Secretaria de Segurança do Rio. Lucas Falco dos Santos Barreto, de 23 anos estava numa região de mata no alto da Favela do Arrastão. Ele foi levado para o Hospital Geral de São Gonçalo e exames constataram que o PM levou dez tiros - sete nas pernas, um na nádega, um no braço e um no pescoço. As balas estão alojadas,segundo os médicos que o atenderam.

Lucas está lúcido e contou à equipe do hospital que, depois de seu carro enguiçar na Rodovia Amaral Peixoto, no trecho próximo à Favela do Arrastão, por volta das 18h30m, pediu ajuda ao pai por telefone. Ele também foi a um posto de gasolina perto. Quando voltou para o automóvel, o PM acabou sendo rendido por traficantes - ele não soube precisar quantos. Lucas contou ter sido levado para o alto da favela. Lá, virou alvo dos disparos dos bandidos.

O PM ficou caído no local até a manhã desta terça, quando o helicóptero o visualizou. Além da aeronave, equipes de policiais também faziam buscas na favela.
A Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo assumiu a investigação sobre o suposto sequestro do PM.

3 comentários:

  1. GENTE DE TODO BRASIL E EM ESPECIAL DO RJ, FOI DEUS QUEM LIVROU E GUARDOU O PM LUCAS DA MORTE PORQUE LEVAR DEZ TIROS E FICAR COM AS BALAS NO CORPO QUASE 36 HORAS E NÃO MORRER É UM MILAGRE DE DEUS.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na atual conjuntura da política de segurança pública do Estado do Rio de Janeiro, somente DEUS para salvaguardar os policiais militares do Estado.

      Excluir
  2. ..... Se este policial, herói da guerra contra o crime tivesse sido morto, a mídia esqueceria do fato no outro dia, mas se fosse um vagabundo morto pela PM com 10 tiros, misericórdia a mídia iria falar sobre o assunto o mês todo tentando denegrir a imagem da Instituição da PM .

    ResponderExcluir