sábado, 26 de abril de 2014

Polícia acha que ‘DG’ estava na festa com ‘Pit-Bull’


O dançarino Douglas Pereira, o “DG”, participava de um churrasco na favela, com outros moradores, incluindo “Pit Bull”, um dos traficantes mais procurados, quando a Polícia Militar – alertada por denúncia – chegou. A informação é de fontes da Polícia Civil do Rio de Janeiro. Quem estava na festa fugiu como pôde. “DG” e um amigo tentaram pular para a laje de uma creche no meio do tiroteio. Atingido, “DG” bateu num muro e caiu na creche. O amigo se safou e foi embora. 
A hora da fuga 
O tiroteio começou quando seguranças do traficante atiraram na PM para “fazer contenção” e possibilitar a fuga do “Pit-Bull”. 
Sem tortura 
A Polícia Civil também está convencida de que o dançarino “DG” não foi torturado, e que teria morrido em decorrência do tiro e da queda. 
Sem saber 
Os PMs do tiroteio somente souberam no dia seguinte que havia baleados. Foram outros PMs que recolheram o corpo de “DG”. 
Ação política 
Policiais suspeitam de que a mãe de “DG”, muito articulada, estaria sendo orientada para “desmoralizar a polícia” e o governo estadual.

5 comentários:

  1. O Extra luta incessantemente pra livrar a cara deste bandido. Agora negam veementemente que a suposta foto deste vagabundo segurando um fuzil seja realmente dele. Ele nada mais era o acesso dos cheiradores da Globo ao uso de entorpecentes. As "celebridades" não colocam a cara na favela pra buscar pó, pelo menos a maioria não, então quem ia até a boca buscar? Teria ganhado a consideração e a amizade dos globais deste modo? Façam suas ilações.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A Rede Globo em geral não só o Jornal Extra,este interesse de livrar a cara do tralha DG é óbvio pois a imagem da Globo está ligada a dele e se passarem que ele é ligado a bandido manchará a imagem da Globo que possui muitos patrocinadores,simples assim!

      Excluir
    2. O amigo aí de cima falou pouco e disse tudo!

      Excluir
  2. A REDE BOBO QUERENDO DESMORALIZAR A PMERJ LANÇOU NO AR UM VIDEO COM PMS TORTURANDO E ATIRANDO EM DG. E NADA DISTO FOI VERDADE.

    ResponderExcluir
  3. Já prendi um funcionário da Globo descendo o Complexo do Alemão cheio de pó, ele era morador do Complexo, tava tudo dentro daquelas bolsas tipo térmicas e com o logotipo da "Rede Globo" ou seria "Rede Pó",no informal ele disse que era pros funcionários da Globo e artistas, mais na DP disse que era pra uso próprio.

    ResponderExcluir