terça-feira, 6 de maio de 2014

Após criança ser baleada, armas de PMs são apreendidas

Armas de policiais militares que participaram de uma troca de tiros com bandidos no Morro dos Macacos, na Vila Isabel, zona norte do Rio, em que um menino de 8 anos foi baleado, foram apreendidas. A criança foi atingida por um tiro na tarde de segunda-feira, durante confronto entre policiais da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) no Morro dos Macacos.
Segundo a Polícia Civil, foram apreendidas duas pistolas e um fuzil dos PMs. Policiais da 20ª Delegacia de Polícia (Vila Isabel) já ouviram o depoimento de quatro dos oito policiais militares que estavam na favela. Familiares do menino e testemunhas também estão sendo ouvidos. A Polícia Civil também aguarda os resultados de laudos da perícia.
O menino foi transferido nesta tarde do Hospital Federal do Andaraí para o Hospital Federal dos Servidores do Estado, na Saúde. O Ministério da Saúde não informou a razão da transferência. A criança está internada em estado grave, mas estável, no Centro de Tratamento Intensivo Pediátrico da unidade.

6 comentários:

  1. Agora e tudo na conta do pm. Aonde isso vai chegar?

    ResponderExcluir
  2. DEU RUIM; ACUSE A PMERJ!!!6 de maio de 2014 22:23

    EXISTE ALGUM CRIME, ALGUMA COISA DEU ERRADO E NÃO TEM UM CULPADO APARENTE. ENTÃO ACUSE A PMERJ. VIU COMO É FÁCIL E SIMPLES!?

    ResponderExcluir
  3. A PM ainda não aprendeu que é o bode expiatório. Os Cmt devem mudar o procedimento da tropa, pois não tem cabimento os policiais serem exigidos a tomar providencias e depois a coisa vira contra a propria PM. É muito facil julgar e mandar prender policiais, o dificil é estar em locais onde os bandidos dominam e enfrentam a PM. A corda sempre arrebenta do lado mais fraco, que o PM, pois para ele não existe direito algum. Ja passou da hora de PM querer o salvador da patria. Os politicos so querem se promover e usam a PM, ja que os Cmt concordam com certas medidas adotadas pelo governo, que so coloca o PM na linha de frente. Chega de prender PM para dar satisfação para a midia e para essas entidades de direitos humanos. Cade o direito do PM? Será que PM não tem familia e amigos? Será que o PM tem que ser um super ser humano, que não tenha defeitos e que não cometa erros? Então senhores Cmt está na hora de se exigir um pouco mais de garantias e segurança de trabalho para a tropa.

    ResponderExcluir
  4. A estratégia é sempre a mesma, ataca-se uma UPP qualquer, uma pessoas inocente é baleada, chama-se a imprensa, fazem barricadas de fogo nas vias próximas, ateia-se fogo a veículos e ônibus, atiram pedras nos policiais, traficantes dão tiros a esmo do alto do morro, vem a PCERJ e recolhe as armas dos PMs, abre-se inquérito, os jornais dão ligeira impressão que a culpa é da PM, até outra UPP ser atacada e de novo e de novo e de novo....

    ResponderExcluir
  5. A policia civil deveria ir la dentro recolher também as armas dos bandidos para examinar, é muito fácil prender policia, qualquer um merda faz isso.

    ResponderExcluir
  6. CAROS IRMÃOS, EXISTE UMA VOTAÇÃO PARA O FIM DAS POLICIAS MILITARES CONFORME A PEC 51, A MAIORIA ESMAGADORA NESTA VOTAÇÃO QUEREM O FIM DO MILITARISMO E UMA POLÍCIA ESTADUAL ÚNICA ,VAMOS AJUDAR NESSA VOTAÇÃO E ACABAR COM A MAMATA DO OFICIALATO E REGALIAS QUE SÓ OS OFICIAIS POSSUEM,UMA ÚNICA POLÍCIA ESTADUAL,BEM REMUNERADA COM DIREITOS CONSTITUCIONAIS PRESERVADOS.

    http://www.senado.gov.br/noticias/DataSenado/

    ResponderExcluir