quinta-feira, 22 de maio de 2014

Construção da 'arena VIP' do tráfico


Campo de futebol com grama sintética, cobertura, churrasqueira, piscina e até uma área que seria usada como camarote. O complexo de lazer estava sendo construído por traficantes do Terceiro Comando Puro (TCP) no alto do Morro da Serrinha, em Madureira, Zona Norte do Rio. Mas as obras do local, que era chamado de ‘Arena VIP' pelos bandidos, foram interrompidas por policiais do 9º BPM (Rocha Miranda), que ocupam a favela há uma semana.
Segundo a polícia, o projeto era bancado pelo chefão do tráfico na Serrinha, Walace de Brito Trindade, o Lacosta. Grande quantidade de material de construção, como tijolos, areia e pedras, foi deixada pelo bando no local. Ainda de acordo com os PMs, moradores eram impedidos de usar a área de lazer da bandidagem. Além da parte para fazer churrasco que estava praticamente pronta, o campo de futebol já tinhas as traves e receberia grama sintética em breve.
Policiais militares afirmam que todo o material da obra foi levado para o alto da comunidade por mototaxistas, que foram obrigados pelo chefão do tráfico a fazer o transporte. Na Rua Licurgo, na localidade conhecida como Raia, os bandidos também se apossaram de uma antiga quadra de esportes para construir uma piscina. Assim como na parte alta, a área seria vetada para quem não fosse da quadrilha ou parente dos criminosos.

2 comentários:

  1. Se vcs policiais militares não se uniram aos bombeiros irão ficar de fora do aumento da polícia civil,meu primo é bombeiros e eles já estão se juntando,isso vai representar 100% aos policiais civisvão

    ResponderExcluir
  2. O PM do Rio arrisca a vida quase de graça!

    O salário dos Soldados PM está em torno de R$ 2.320,00, chega a ser um desrespeito às suas famílias. Falta muito para o PM do Rio ter um salário digno, pois o Salário Mínimo Necessário divulgado pelo D.I.E.E.S.E. em Abril de 2014 foi estimado em R$ 3.019,07 (três mil e dezenove reais e sete centavos).

    Os PMs do Rio arriscam suas vidas para proteger a sociedade, mas as suas famílias passam necessidades. O salário líquido de um Soldado da PMERJ é insuficiente para suprir as NECESSIDADES VITAIS BÁSICAS dos Policiais Militares, previstas no artigo 7º, inciso IV, da Constituição Federal de 1988, de acordo com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos, o que é inaceitável. O Governo do Estado tem que atender pelo menos o que está previsto na Carta Magna!

    http://www.dieese.org.br/analisecestabasica/salarioMinimo.html

    "Como uma sociedade vai garantir a paz, a segurança pública e a justiça criminal com policiais envolvidos em jornadas estressantes e perigosas em ambientes com armas de guerra e poder financeiro corruptor, sem poder conviver com a famílias os momentos de folga e lazer, necessários à sua saúde mental, boas condições técnicas e acertadas decisões de inopino? A saúde emocional, psíquica, física e financeira dos policiais brasileiros deveria ser prioridade na atenção dos poderes governantes e da sociedade, já que são estes homens e mulheres que fazem a primeira linha de defesa contra o crime e contra a violência na garantia de direitos." (BENGOCHEA)

    OS POLICIAIS MILITARES PRECISAM RECEBER UM SALÁRIO COMPATÍVEL COM A RESPONSABILIDADE E A IMPORTÂNCIA DAS FUNÇÕES QUE EXERCEM. SÓ ASSIM OS GOVERNOS ESTADUAIS OFERECERÃO QUALIDADE NOS SERVIÇOS PRESTADOS. A SEGURANÇA PÚBLICA É UM SERVIÇO ESSENCIAL! A POLÍCIA MILITAR DO ESTADO RIO DE JANEIRO PRECISA LUTAR PELA VALORIZAÇÃO DE SUA TROPA, NÃO PODE PERMITIR QUE O SOLDO DO SOLDADO FIQUE ABAIXO DO SALÁRIO MÍNIMO VIGENTE.

    A PEC 300 é a solução para a melhoria salarial! Com os reajustes concedidos, ao final de 2016, um Soldado da PMDF receberá R$ 7.190,98, e esse valor não inclui nenhum anuênio. É um absurdo a diferença de salário de dois orgãos públicos que fazem os mesmos serviços!

    http://www.policialbr.com/df-governo-reajusta-beneficios-para-pms-e-salario-soldado-vai-para-r-71-mil/

    O Salário Mínimo Necessário, referente ao mês de Abril de 2014, foi estimado pelo DIEESE em R$ 3.019,07. Em respeito ao que determina a nossa Carta Magna, promulgada em 1988, um Soldado da PMERJ não deveria ganhar menos do que isso. Esse deveria ser o piso da categoria em todo o país! As famílias dos Policiais Militares do RJ estão passando necessidades, o que é inaceitável, pois eles prestam um serviço público essencial.

    As reivindicações da tropa devem ser levadas ao Sr Cel PM Comandante-Geral, o qual inclusive já se disse aberto a receber as propostas, bem como devem ser levadas ao Exmº Sr Governador do Estado. Como os salários encontram-se muito defasados, seria necessário conceder um reajuste salarial significativo para a categoria, pelo menos 50%.

    ResponderExcluir