terça-feira, 15 de julho de 2014

PMs do Rio criticam propostas de candidatos para a categoria

FONTE: NOTIBRAS
pm 

Muitos policiais militares do Rio de Janeiro estão descrentes das propostas dos principais candidatos a governador para a área da segurança e à categoria. Apesar das promessas dos políticos de valorizar o servidor público com melhor remuneração e plano de carreira, estão cansados de ouvir as mesmas promessas que quatro anos atrás, quando o ex-governador Sérgio Cabral foi reeleito no primeiro turno.
O atual governador Luiz Fernando Pezão (PMDB), candidato à reeleição, propôs que “cuidar do servidor público é cuidar do cidadão, pois afinal é ele quem presta serviço à população”. Ele ressaltou que para ter serviço de qualidade é necessário valorizar o servidor, mas que isso não ocorre única e exclusivamente por reajustes. “Conceder remuneração digna é apenas uma parte, e sempre que possível, com muita responsabilidade fiscal, vamos valorizar os servidores como fizemos nos últimos anos”, disse.
Já o senador Lindbergh Farias, candidato do PT, afirmou que o servidor estadual enfrenta “anos de defasagem salarial”. E, por isso, os recentes aumentos são merecidos. Ele propõe estruturar as categorias com planos de cargos e carreiras e manter diálogo permanente. “Em 2013, durante a greve dos professores, por exemplo, os profissionais do ensino foram agredidos pela polícia nas manifestações. Isso é um absurdo, não pode mais acontecer”, disse o petista.
O candidato do PR, deputado federal Anhony Garotinho, criticou o governador Luiz Fernando Pezão (PMDB): “Não vou tratar o funcionalismo estadual com a desfaçatez do Pezão, de dar aumento na hora do fim do jogo e para o ano que vem. Quase como quem diz ‘Eu já sei que vou perder e vou deixar para o próximo para pagar’.”
Para o candidato do PRB, senador Marcelo Crivella, os aumentos são “justos e legítimos”, embora muito aquém do merecimento dos servidores. “Os reajustes foram concedidos somente este ano, provando ser uma manobra eleitoreira do governador, que integra este governo há oito anos”, declarou.
Tarcísio Motta (PSOL) avaliou que os reajustes salariais concedidos aos servidores ainda ficaram abaixo do que seria necessário para ocorrer uma real valorização e melhoria da qualidade do atendimento à população. “Os governos Cabral e Pezão nunca tiveram uma política global para os servidores públicos. Na verdade, sua política foi conceder reajustes pontuais e parcelados, negando-se a negociar com as categorias, o que levou a muitas greves”, afirmou.
“Garotinho foi o pior governador de todos os tempos, ele transformou o Policial Militar do Rio de Janeiro em mendigo do contracheque. Garotinho desvinculou o soldo do Soldado do Salário Mínimo nacional, depois a categoria nunca mais recuperou esse valor. Agora, o negócio é buscar a antecipação dessas parcelas! Ao final dos cinco anos, o reajuste terá sido engolido pela inflação, ou seja, pela desvalorização do real”, criticou um policial que preferiu não se identificar, em comentário no site da SOS PMERJ.
Outro PM, que também não quis se identificar, disse: “Governo do Estado do Rio de Janeiro está em dívida com a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros, pois os reajustes salariais concedidos de forma parcelada ficaram aquém do necessário para recuperar os anos de defasagem salarial criados por Anthony Garotinho e Rosinha durante os seus governos, ou seja, insuficientes para repor as perdas salariais”.
“Juntando todos, não dá uma dose”, apontou um terceiro.

15 comentários:

  1. DENTRE AS MELHORES PROPOSTAS, ESTOU CERTO DE QUE A DE LUIZ FERNANDO PEZÃO É A MELHOR E SERÁ REELEITO PRA CONTINUAR NOS AJUDANDO, ASSIM COMO FORAM FEITAS INUMERAS OBRAS DE MELHORIA NO ESTADO DO RIO...
    AQUI PERTO DE CASA MESMO FOI PROPOSTA DELE ASFALTAR TODA A AREA QUE HA ANOS SOFRIAMOS E TUDO FOI CUMPRIDO, AINDA FOI CRIADA UMA UPA QUE DESAFOGOU A SANTA CASA...ENFIM

    ESTAMOS JUNTOS PEZÃO!!!!

    VE SE MELHORA NOSSA ESCALA QUE TA DIFICIL ASSIM VIU, E VEJA AS INSTALAÇÕES DE CADA BATALHAO, MUITOS ESTAO CAINDO AOS PEDAÇOS, IMUNDOS...SE A POLICIA E OS COMANDANTES NAO FAZEM NADA PRA MUDAR ISSO, OQUE ESPERA QUE OS OMS FAÇAM NAS RUAS? TA FALTANDO MELHORIAS...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Idiota! Acredita em papai noel." Sabe de nada, inocente. "

      Excluir
    2. GAROTINHO NUNCA MAIS!!! Se forem PEZÃO e GAROTINHO para o segundo turno, eu votarei no PEZÃO para tirar o GAROTINHO.

      Excluir
    3. Escala 24 X 72 para toda PMERJ e RAS somente o voluntário,outra coisa,até hoje não recebi o RAS carnaval 2014,paga o que vc deve PEZÃO...

      Excluir
    4. Creio que o PEZÃO não está nem em terceiro lugar no IBOPE, rsrs!

      Excluir
    5. O Rio de Janeiro será a sede dos XXXI Jogos Olímpicos no mês de agosto de 2016. O lema das Olimpíadas será "Viva sua paixão".

      Vejam a tabela após a última parcela:

      Grau Hierárquico / Soldo

      CORONEL - R$ 2.731,98

      TEN CORONEL - R$ 2.458,78

      MAJOR - R$ 2.212,90

      CAPITÃO - R$ 1.991,61

      1º TENENTE - R$ 1.792,18

      2º TENENTE - R$ 1.611,87

      SUBTENENTE - R$ 1.450,68

      1º SARGENTO - R$ 1.333,20

      2º SARGENTO - R$ 1.210,27

      3º SARGENTO - R$ 1.100,99

      CABO - R$ 953,46

      SOLDADO - R$ 827,79

      AL CFSD - R$ 682,99 (continuará muito abaixo do salário mínimo nacional).

      Excluir
  2. engraçado vendo esse tal de garotinho falar acha-se que foi o melhor que tivemos,foi a epoca da miseria de pedir esmola...esta dificil um bom candidato bom ,mas o menos pior ainda é o pezão

    ResponderExcluir
  3. Crivela minha gente. Se for p fz roubando cm fez Garotinho é só a gente deixar q qlquer um fz pow

    ResponderExcluir
  4. Do jeito que as coisas estão e vão ficar...o ideal é fazer concurso para outro ramo...porque a tendência é só pior para a polícia. Já estou nela há 15 anos e quando vejo que vai melhorar...piora!

    ResponderExcluir
  5. EU ANULO MEU VOTO...NÃO SOU LEIGO...LEIGO VOTA E DEPOIS RECLAMA...

    ResponderExcluir
  6. COMERAM O QUE ? VOTAR NO PEZÃO ?

    ResponderExcluir
  7. Coloquem uma coisa em suas mentes, Governantes nunca nos darão o que é nosso por direito (aumento digno),sabe porque ? Porque nos tirariam dos bancos e dos empréstimos consignados o qual fazem deles bilhionários e de nós escravos !!!

    ResponderExcluir
  8. Soldado da Polícia Militar tem que ganhar no mínimo R$ 3.079,31 (três mil e setenta e nove reais e trinta e um centavos) líquidos, segundo o DIEESE, valor referente ao salário mínimo necessário divulgado recentemente. Os Soldados da PMERJ recebem, atualmente, uma quantia insuficiente para suprir as NECESSIDADES VITAIS BÁSICAS, previstas no artigo 7º, inciso IV, da Constituição Federal de 1988. É necessário que o Estado forneça o mínimo de condições para que nossos Policiais Militares prestem um serviço de qualidade. Acabar com o rancho, por exemplo, seria bom para a tropa, que poderia escolher a comida (comer melhor) e para a sociedade, que teria mais Policiais Militares nas ruas. Se várias empresas oferecem os cartões refeição e alimentação sodexo (VR e VA) aos seus funcionários, o Governo do Estado do Rio de Janeiro também poderia implantar esse benefício para os seus servidores. O sistema dos cartões alimentação e refeição facilitaria muito a vida dos profissionais. O auxílio transporte deveria ser reajustado, pois R$ 100,00 é insuficiente para garantir o transporte durante um mês.

    ResponderExcluir
  9. NÃO ADIANTA HOJE BRIGAR POR MELHORIAS DE SALÁRIOS PQ ELES NÃO VÃO DAR, TEMOS QUE ESTRUTURAR A POLICIA MILITAR 1º LUGAR. EX: 10% de aumento, mais te trocaram de escala e colocaram vc longe de casa, ai vc gasta com combustível, alimentação por cada serviço, etc... vai mais de 10% em bora, temos que melhorar e PADRONIZAR ESCALAS DE SERVIÇO 24X72 E FIM DO RANCHO ETC........PASSO À PASSO.

    ResponderExcluir
  10. Eu não sou Policial Militar, mas acredito que nada do que queremos ou reenvidicamos ao longo dos anos conseguiremos, que tem o poder é quem manda e determina o que será feito, nós, funcionários públicos, temos que mudar a forma de pensar, é hora de investir pesado na política, temos que eleger gente nossa, invadir a assembléia, ter todo o controle, chega de político feito em casa, vamos juntar força e começar a colocar PMs e Bombeiros, no poder.Não sou a favor de nenhum candidato a eleição no Rio, mas estamos trazendo um dos nossos como vice do Garotinho, é hora de vocês colocarem o Marcio Garcia na parede para ver se vale a pena arriscar. Pensem nisso e passem adiante!

    ResponderExcluir