terça-feira, 15 de julho de 2014

Prisão administrativa de quatro policiais militares

Fonte: G1 

O Comando da Polícia Militar determinou a prisão administrativa de quatro policiais que participaram da operação durante protesto na Praça Saens Pena neste domingo (13). Três inquéritos Policial Militar (IPM) abertos para apurar a conduta de policiais, que receberam determinação para se apresentarem ao Batalhão de Policiamento de Grandes Eventos, onde permanecerão presos por ordem do comandante da unidade.
Segundo a corporação, foram presos os soldados: Carlos Henrique Ferreira, suspeito de agressão ao cinegrafista canadense Jason O'Hara; Cristiano Ximenes, suspeito de roubo de câmera do mesmo fotógrafo; Jair Portilho Júnior, suspeito de agressão a um repórter fotográfico; e Rogério Costa de Oliveira, que aparece em vídeo chutando a manifestante Aline Campbell.
O Comando da Polícia Militar diz que "repudia atos de violência praticados por policiais militares, conforme revelados nas imagens de cinegrafistas amadores". A Corregedoria da PM abriu também uma sindicância para apurar a denúncia de que um policial teria assediado uma manifestante. A denúncia também tem base em um vídeo feito por cinegrafista amador.
Todas as denúncias e imagens recebidas relativas a excesso na ação de policiais militares estão sendo encaminhadas à Corregedoria para ajudar nas investigações.

17 comentários:

  1. "O Comando da Polícia Militar diz que "repudia atos de violência praticados por policiais militares". Mas não repudia quando um bando de desocupados afronta o PM, sabe por quê? Por que ficam lustrando cadeiras com a bunda no gabinete.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Repudia sim meu senhor, tantos que foram detidos. Os senhores encontram amparo legal tanto para desobediência quanto para desacato. Seja um homem imparcial.

      Excluir
    2. Além de não repudiar escalas abusivas onde o mesmo PM é obrigado a trabalhar cansado e estressado...Como tratar vagabundos ofensivos com cordialidade se não são respeitados nem no direito de descansar....Comando comédia!!!!!!!!!!

      Excluir
  2. o que que vc.queria que o comando falasse o da nova e inteligente pm.? batesse palmas ? tá ruim? passa para o outro lado. vai estudar e comandar qualquer fração depois vc. fala.

    ResponderExcluir
  3. Exatamente. O Rogério é o PM do vídeo mais abaixo que agride a jovem Aline.

    Caraca, eu vi o vídeo do canadense Jason Ohora levando o chute na cabeça do policial. Foi gratuito mesmo, triste. Não tinha nenhum ser humano dentro do PM agressor.

    Reparam o texto acima? O texto jurídico ou jornalístico usam a expressão SUSPEITO, por mais que a prova da materialidade e da agressão seja evidente, seja filmado.

    Depois que o elemento for declarado culpado, seja na esfera administrativa, civil ou penal, aí sim deixa de usar o termo suspeito para usar termos como culpado, condenado, etc...

    ResponderExcluir
  4. Bem feito vão lá botar a cara policia ganha uma miséria e ainda sai de lá preso .
    Gente temos que fazer greve e não trabalhar por migalha

    ResponderExcluir
  5. gostaria que as denuncias que foram feitas contra o beltrame e outros da cúpula da pm fosse investigado com o mesmo rigor

    ResponderExcluir
  6. Interessante também a reportagem desse blog policial. Veja o link abaixo.
    http://abordagempolicial.com/2014/07/abuso-da-forca-policial-e-tambem-ingenuidade/#comment-536659

    ResponderExcluir
  7. Não compactua por que o major não foi indiciado no IPM pelo sumiço do Amarildo?

    ResponderExcluir
  8. GOSTARIA DE ALERTAR PRINCIPALMENTE AOS RECRUTAS QUE A COPA ACABOU, AGORA OS HOLOFOTES ESTÃO DIRECIONADOS PRINCIPALMENTE AOS PMs, HOJE O QUE NÃO FALTA É CELULAR FILMANDO E JORNAL COMPRANDO A FILMAGEM, FAÇAM O ESTRITAMENTE NECESSÁRIO, SENÃO TERÃO SEUS EMPREGOS E LIBERDADES CEIFADOS E SEUS NOMES DIVULGADOS EM PRIMEIRA MÃO PELA GLOBO, AO PRAÇA INFELIZMENTE É O QUE SOBRA.

    ResponderExcluir
  9. É isso que dá, colocar uma tropa completamente estressada, desrespeitada, maltratada, mal paga e sem ESCALA DE SERVIÇO ADEQUADA; SUSPEITO é aquele que escraviza o Policial Militar, SUSPEITO são aqueles que não pagam o CPROEIS, SUSPEITO é aquele que não paga horas EXTRAS etc................OBS:PADRONIZAÇÃO DA ESCALA DE SERVIÇO 24X72 PEZÃO........

    ResponderExcluir
  10. miséria chama miséria, greve ? de novo quem? ainda não aprenderam que ninguém vai a balar os pilares desta bi- centenária policia militar, enquanto não aparecer um ou mais parlamentares que proponha a total desmilitarização desse sistema covarde e ultrapassado de policia. e eles querem é ser eleitos segundo eles para defender nossos direitos ,quem vai acreditar? vamos chegar a 300anos

    ResponderExcluir
  11. http://www.sosbombeirosrj.com/2014/07/policiais-do-interior-do-estado-passam.html

    ResponderExcluir
  12. Por que Beltrame não esta preso?

    ResponderExcluir
  13. Operação padrão, não passa nada de errado, quero ver se não para essa M de pais.

    ResponderExcluir
  14. Prender o PM é muito fácil,quem puni não está lá na hora do confronto,não ouve xingamentos de manifestantes,não trabalha estressado nas horas de folga,com escalas abusivas e sem condições de trabalho,quem puni está atrás de uma mesa,no ar condicionado,com um salário muito bom,uma escala maravilhosa e vários tipos de regalias.Essa é a nossa PMERJ.....e viva a desigualdade, a covardia....

    ResponderExcluir