domingo, 20 de julho de 2014

Soldado Bombeiro é expulso por ter expressado sua opinião no Facebook

Esta informação é uma das que tenho vergonha em vincular em nosso site. Dizem por aí que militares são cidadãos de segunda categoria, alijados de todos os direitos de um cidadão comum. Será verdade? O Soldado Mol do Corpo de Bombeiros do Estado do Espírito Santo foi expulso da corporação por ter expressado sua opinião no Facebook. Um punição pesada demais pra quem disse apenas a verdade. Como uma corporação trata o profissional que tanto ama sua profissão, dedicado com o serviço, com ficha exemplar, que o seu único "erro" foi lutar por melhores condições de trabalho, por melhores salários, por dignidade? Onde estão os sites e blogs especialistas em Segurança Pública que não fizeram nenhuma menção ao caso? Onde está a imprensa nessas horas? Onde estão os chamados representantes de classe e associações? Onde está a justiça? 

5 comentários:

  1. Ele não deveria postar que o militarismo é uma merd**, que tem vergonha da corporação e a expressão "estão de fude*** Isso pega mal para um militar. Ainda mais numa rede social que todos podem ver.

    Os superiores deles vão perguntar o que ele está fazendo nos bombeiros então!!!??

    De qualquer forma ele disse a verdade. Claro que deveria se expressar de outra forma. Na minha opinião a expulsão fere o Princípio da Razoabilidade e da Proporcionalidade. Ele provavelmente se expressou no momento de calor. Em momento de calor não se expresse e não aja, pois alguma burrada pode acontecer.

    Estimado bombeiros, procure a justiça. Mas militarismo é militarismo, vamos ver no que vai dar. Boa sorte. Torço para ti. A sociedade te ama.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade a sociedade ama quem não faz nada.

      Excluir
    2. Senhor Anônimo 22 de julho de 2014 01:14 deixa de implicância.

      Quem disse que os bombeiros não faz nada? A nota deles é superior a 90.

      Senhor, só nos tratar com respeito, com carinho, com educação, saber DIALOGAR já está fazendo alguma coisa. Muito ajuda quem não atrapalha.

      Pelo menos isso esperamos de policiais.
      OBS: Não se deve generalizar, não estou falando que PMs não sabe tratar com carinho, educação, etc...., mas infelizmente alguns não sabem o que é isso, pois ficam frios com o passar do tempo.

      Excluir
  2. A PMERJ deveria ser a Polícia mais bem paga do país

    Ao final de 2016, um Soldado da PMDF receberá R$ 7.190,98 (sete mil, cento e noventa reais e noventa e oito centavos) mensais, e esse valor não inclui nenhum anuênio. É um absurdo a diferença de salário de dois orgãos públicos que fazem os mesmos serviços (PMDF e PMERJ)! O Soldado da PMERJ recebe uma remuneração insuficiente para suprir as NECESSIDADES VITAIS BÁSICAS, previstas no artigo 7º, inciso IV, da Constituição Federal de 1988. É necessário que os Governos forneçam o mínimo de condições para que os Policiais Militares prestem um serviço de qualidade!

    Precisamos lutar por um aumento real, pois o mais mportante é receber um bom salário e ter condições de trabalho. Acabar com os ranchos também seria bom para todos! O Estado poderia oferecer o café da manhã, o almoço e o jantar através do cartão refeição sodexo, e as compras de supermercado poderiam ser efetuadas com o cartão alimentação sodexo. Assim, a população teria mais Policiais Militares nas ruas, fazendo o policiamento ostensivo e preservando a ordem pública, conforme prevê a nossa Carta Magna. A PORTA ÚNICA DE INGRESSO NA PMERJ E NO CBMERJ SERIA UMA MANEIRA DE TORNAR AS CORPORAÇÕES MAIS EFICIENTES E MAIS PREPARADAS.

    ResponderExcluir
  3. Bem vindo a realidade...

    ResponderExcluir