terça-feira, 12 de agosto de 2014

Jogador do Flamengo é suspeito de envolvimento com miliciano

 
O jogador Luiz Antônio de Souza Soares, 23, meio-campo do Flamengo, está sendo investigado por manter relações com um miliciano da Liga da Justiça - maior milícia do Rio de Janeiro, baseada na zona oeste da cidade - e cometer crime de estelionato.
Luiz Antônio é suspeito de presentear com uma caminhonete Ford Edge o ex-PM Marcos José de Lima Gomes, o Gão, um dos chefes da Liga da Justiça.
Em seguida, o pai do jogador teria registrado o roubo do veículo na 42ª DP (Recreio), para receber o dinheiro do seguro.
"Ele presenteou o miliciano para ficar bem com ele e cometeu um estelionato, uma fraude com fim de receber o valor do seguro desse carro. Foi um familiar do jogador que comunicou falsamente o roubo desse carro", disse o delegado da Draco (Delegacia de Repressão ao Crime Organizado), Alexandre Capote.
O Flamengo informou, em nota, que aguardará a conclusão da investigação para se manifestar.

LEIA: Policial que registrou roubo de carro de jogador do Flamengo está preso

2 comentários:

  1. E quantos não tem com o trafico? e nem por isso viram noticia, realmente a policia no RJ esta marginalizada mesmo...

    ResponderExcluir
  2. eu não acredito !flamengo? nunca! se fosse do louvardense ai sim.

    ResponderExcluir