quarta-feira, 3 de setembro de 2014

CURSO NO EXTERIOR

Fonte:Veja
paulo
Moraes: o “chefe da delegação” dos policiais
De acordo com dados do Instituto de Segurança Pública do Rio de Janeiro, julho registrou uma explosão de quase todos os índices de criminalidade no Estado em comparação ao mesmo mês do ano passado.
Foram 23% a mais de homicídios, 11% de roubos de veículos e 29% no total de assaltos.
Em meio a uma das maiores crises vividas pela segurança pública durante o governo Cabral/Pezão, boa parte dos homens que deveriam estar planejando soluções para os problemas estão passeando no exterior.
São 40 oficiais da Polícia Militar, que participam do Curso Superior de Polícia em variados destinos como Espanha, França, Portugal, Inglaterra e EUA.
Chefe do Estado Maior Operacional, o coronel Paulo Henrique de Moraes viaja como ‘chefe da delegação’

7 comentários:

  1. Pobre RJ de Cabral e Pezão. Depois que começaram as campanhas eleitorais, a violência aumentou mais ainda. Estão investindo o dinheiro nas campanhas.

    ResponderExcluir
  2. OS BANDIDOS ESTÃO VENDENDO COCAÍNA E MACONHA NA PRAIA DO VIDIGAL. A FAVELA TEM UPP, AÍ OS BANDIDOS DECIDIRAM DESTRUIR A ÚNICA DIVERSÃO GRATUITA DO POVO. O 23BPM, DEVERIA COLOCAR POLICIAMENTO DIÁRIO NAQUELE LOCAL. NÃO CUSTA NADA A PM-2, DÁ UMA PASSADA LÁ, E BOTAR AQUELES BANDIDOS NA CADEIA. FICA A DICA.

    ResponderExcluir
  3. é por isso que estes oficias que estão ai inclusive o comandante Geral não dá oportunidade para uma nova geração de graduados a maioria com nível superior todos com sangue na veia e com muita vontade de estudar e melhorar esse PMERJ MAS como diz um oficial conhecido meu quem gosta de praça é pombo tudo bem mas a nossa hora vai chegar no próximo QOA ninguém vai nos segurar. fica essa mensagem

    ResponderExcluir
  4. ué!! nada a ver com o assunto em tela!!

    ResponderExcluir
  5. E O CMT. GERAL TAMBÉM TÁ VIAJANDO? K D ELE? KKKKKKKKKK......

    ResponderExcluir
  6. O BOBO DA CORTE, OFICIAL QOA, É OFICIAL ADMINISTRATIVO, EXISTE UMA GRANDE DISCRIMINAÇÃO DE OFICIAL DE ESCOLA,QOA NÃO COMANDA UNIDADE!

    ResponderExcluir
  7. A POLÍCIA MILITAR DEVERIA TER PORTA ÚNICA DE INGRESSO NA CORPORAÇÃO, COM TODOS OS CANDIDATOS ENTRANDO COMO SOLDADOS E TENDO AS MESMAS CHANCES DE ASCENSÃO NA CARREIRA, SENDO EXIGIDO O ESTUDO EM INSTITUIÇÃO DE ENSINO SUPERIOR PARA SE TORNAR OFICIAL PM!

    Coronel (deveria ser exigido o pós-doutorado na área jurídica);
    Tenente-coronel (deveria ser exigido o doutorado na área jurídica);
    Major (deveria ser exigido o mestrado na área jurídica);
    Capitão (deveria ser exigido um curso de pós-graduação na área jurídica);
    Primeiro-tenente (deveria ser exigido o bacharelado em Direito);
    Segundo-tenente (deveria ser exigido os 8 primeiros períodos de Direito, ou seja, estar no 9º período);
    Subtenente (deveria ser exigido os 6 primeiros períodos de Direito, ou seja, estar no 7º período);
    Primeiro-sargento (deveria ser exigido os 4 primeiros períodos de Direito, ou seja, estar no 5º período);
    Segundo-sargento (deveria ser exigido os 2 primeiros períodos de Direito, ou seja, estar no 3º período);
    Terceiro-sargento (deveria ser exigida a matrícula em Faculdade de Direito, ou seja, estar no 1º período);
    Cabo (deveria ser exigida a aprovação em concurso interno para o CFC);
    Soldado (é exigido a conclusão do CFSd).

    O PM tem que estudar para ASCENDER PROFISSIONALMENTE!

    ResponderExcluir