terça-feira, 2 de setembro de 2014

Denúncias sobre prova da PM serão apuradas por comissão da Alerj

Redação SRZD

Comissão de Segurança Pública e Assuntos de Polícia da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) vai investigar as denúncias de irregularidades no concurso da Polícia Militar. Os representantes dos candidatos denunciantes e os donos da empresa Exatus, organizadora da seleção, vão ser ouvidos na próxima terça-feira, 9, em audiência pública no Palácio Tiradentes.

Foto: André Gomes Melo/GOVRJ

O concurso da PM foi realizado para aprovar seis mil policiais. Alguns dos 105 mil inscritos fizeram queixas sobre a falta de fiscalização nos locais de prova, o uso indevido de celulares e também que o teste estava em desacordo com o edital. O presidente da comissão, o deputado Iranildo Campos (PSD), afirmou que a investigação é necessária.
"É importante que esses fatos sejam devidamente esclarecidos. São mais de 6 mil vagas em jogo para uma das corporações mais tradicionais do Estado do Rio. Temos que investigar essas denúncias para prestar contas à população e não prejudicar os candidatos", disse o deputado, que também vai ouvir representantes do Centro de Recrutamento e Seleção de Pessoal (CRSP) da Polícia Militar.
A Comissão de Segurança Pública e Assuntos de Polícia disponibilizou o telefone 0800 022 0008 para que candidatos façam denúncias que possam ajudar na investigação. O Ministério Público vai receber um cópia do relatório sobre os problemas ocorridos durante a prova.

9 comentários:

  1. Com tantos concursos públicos bons para prestar, esses jovens vão fazer prova logo para a Polícia Militar??

    Se eles já estão reclamando antes de ingressarem nos quadros da PMERJ, imagine depois da incorporação!

    ResponderExcluir
  2. tava demorando esses abutres aparecerem... bando de aproveitadores... os que não se preparam para prova estão fazendo de tudo pra tumultuar .. aposto que todos esses que reprovaram ..já falaram alguma vez na vida que qualquer um passa na prova da PMERJ ... E agora?.... Parem de chorar... Obrigado exatus continue assim.. A familia PMERJ agradece

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nunca achei que passar p PMERJ seria p qualquer um, estudo há + de 2 anos esperando essa prova, estudei baseada nos editais, e simplesmente não caiu nada do programado. Não reclamo pela dificuldade das questões, até pq se tivessem pedido um nível mais alto NO EDITAL eu e tantos outros teríamos estudado conforme pedido, mas n foi isso o que aconteceu, colocaram questões não programadas pelo edital.É muito fácil criticar qndo já se realizou seu sonho, mas eu como muitos, estamos frustrados por não ter tido a oportunidade de realizar o nosso! A família PMERJ deve agradecer sim, mas qndo o sujeito que mesmo passando na prova objetiva, fica reprovado no psicotécnico ou na pesquisa social...Esses não merecem estar vestindo a farda realmente! ATT, Renata.

      Excluir
    2. Renata, tente prestar outros concursos também.

      Você pode tentar ingressar na Guarda Municipal, na Polícia Civil, na Polícia Rodoviária Federal e na Polícia Federal.

      Excluir
  3. Os salários dos Policiais Militares devem ser reajustados significativamente, a fim de garantir as NECESSIDADES VITAIS BÁSICAS previstas no artigo 7º, inciso IV, da Constituição Federal de 1988, que, de acordo com o Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos, não seriam supridas com menos de R$ 3.079,31 (três mil e setenta e nove reais e trinta e um centavos), valor do SALÁRIO MÍNIMO NECESSÁRIO. Esse deveria ser o salário de ingresso do Aluno do CFSd (recruta) da Polícia Militar, devendo ainda ser acrescido do adicional de periculosidade de 30% (artigo 193, II da CLT), o que representaria uma quantia de R$ 4.003,10 (quatro mil e três reais e dez centavos). Este salário mínimo divulgado pelo DIEESE deveria ser o ponta pé inicial para a discussão do piso nacional, não podendo qualquer valor inferior ser considerado como aceitável. É preciso lutar por um piso nacional digno e adequado à nossa legislação vigente. A categoria não pode ser tratada com descaso!

    PISO NACIONAL DE R$ 4.003,10 (QUATRO MIL E TRÊS REAIS E DEZ CENTAVOS) PARA PM JÁ!

    ResponderExcluir
  4. PISO SALARIAL DE R$ 4.003,10 (QUATRO MIL E TRÊS REAIS E DEZ CENTAVOS) PARA BOMBEIROS E POLICIAIS MILITARES JÁ! Esse é o valor do Salário Mínimo Necessário, estimado pelo DIEESE em consonância com o Inciso IV do Artigo 7° da CRFB/1988, acrescido do Adicional de Periculosidade (30%). Oferecer DIGNIDADE aos Militares Estaduais é o MÍNIMO que o Governo do Estado deve fazer!

    ResponderExcluir
  5. Esse cara com esse papo de DIEESE é chato pra cacete.

    ResponderExcluir
  6. Senhor DIEESE, VOCÊ INSISTE EM PUBLICAR SEMPRE A MESMA COISA EM UM BLOGUE QUE TODOS QUE "FREQUENTAM" SABEM DE COR, SUGIRO QUE O senhor COMECE A PUBLICAR ESTE VOLUME TODO DE "COPIAR E COLAR" NO SITE, BLOGUE, PÁGINA OU O QUE FOR, DOS POLÍTICOS VAGABUNDOS QUE VIVEM PARA ESCULACHAR E MANTER EM REGIME ESCRAVOCRATA TODA A TROPA PMERJ.

    ResponderExcluir
  7. Sabe o que eu acho engraçado ?! Esses caras ai que ficam botando bronca são de nada, e eu vou fazer o mesmo. "colocar ANÔNIMO pra ninguém saber quem eu sou!" kkkk

    ResponderExcluir