sábado, 31 de janeiro de 2015

RÁDIOS DAS VIATURAS FORA DE SERVIÇO

Roberta Trindade

Os rádios de todas as viaturas da Polícia Militar permaneceram mudos durante toda a noite desta sexta-feira, dia 30 de janeiro. Os PMs de serviço não tiveram como receber ocorrências ou informações sobre casos em andamento e a comuniação só pôde ser feita através dos telefones celulares particulares.

2 comentários:

  1. INATIVOS,OLHEM SEUS CONTRACHEQUES!31 de janeiro de 2015 12:14

    CAROS INATIVOS VERIFIQUEM SEUS CONTRACHEQUES,POIS NA PMERJ ELES NÃO CONSIDERAM O TEMPO AVERBADO DE FORÇAS ARMADAS, POIS ELES SUBTRAEM DA GRET PM 5% POR ANO QUE O PM AVERBOU PARA SOMAR OS 30 ANOS. ESSA GRET PELA LEI É DE 150% OU SEJA, 5% POR ANO, QUE X 30 DÁ OS 150 DA GRET PM. ELES ABATEM O TEMPO QUE O PM AVERBOU DE FORÇAS ARMADAS, E NO MEU CASO ABATERAM 5% (1 ANO), FICANDO COM 145% APENAS. TODO O TEMPO DE FORÇAS ARMADAS É PUBLICADO COMO TEMPO DE EFETIVO SERVIÇO, MAS NÃO ESTÁ SENDO LEVADO EM CONSIDERAÇÃO. ESTRANHO QUE EU RECEBO 55% DE TRIÊNIO, MAS NÃO ME PAGAM OS 150% QUE TENHO DIREITO. OUTRO ROUBO É NO AUXILIO INATIVIDADE QUE É DE 25%, MAS QUEM NÃO TIROU 30 ANOS SÓ DE PMERJ TAMBÉM PERDE 5%, E NO MEU CASO SÓ RECEBO 20%. NESSA BRINCADEIRA VÁRIOS PMs COMO EU ESTÃO PERDENDO DE 5% A 25% DA GRET E MAIS 5% DO AUXILIO INATIVIDADE QUE SUBSTITUI O AUXILIO MORADIA DO PM DA ATIVA. VERIFIQUEM OS SEUS CONTRACHEQUES E PUBLIQUEM OS ERROS ENCONTRADOS E ENTREM NA JUSTIÇA COMO EU JÁ ENTREI!

    ResponderExcluir
  2. O FIM DA PROMOÇÃO DE PRAÇAS POR TEMPO DE SERVIÇO TRARIA BENEFÍCIOS PARA A PMERJ, PARA O ESTADO, PARA O CIDADÃO E PARA O POLICIAL MILITAR.

    Vejo com preocupação o fato de que um jovem que ingressa na Polícia Militar como soldado deve esperar 6 (seis) anos para ascender à graduação de cabo, haja vista que a PM privilegia a promoção por antiguidade, e não por mérito, o que demonstra um conflito de expectativas. O PM esperar, ou seja, ficar parado para receber uma promoção não é interessante para ele e nem para a Corporação. Só deveria ser promovido à graduação superior quem fosse aprovado em concursos internos para o CFC, o CFS e o CAS.

    ResponderExcluir