segunda-feira, 9 de fevereiro de 2015

Demora no pagamento, PMs desistem do RAS

A insatisfação com o atraso no pagamento da gratificação do Regime Adicional de Serviço (RAS) de dezembro, que já dura cerca de um mês, está levando policiais militares a desmarcar as horas extras que já haviam programado. A revolta fica clara no formulário de justificativa de exclusão da escala.


Um PM não economizou na ironia: “Nem relógio trabalha de graça!”. Outro destacou a “falta de compromisso de pagamento” e disse que a tropa está deixando de gozar folgas para reforçar o policiamento. A demora no depósito gerou muita polêmica nas redes sociais. Sobrou até para o governador Luiz Fernando Pezão. Ao anunciar, na semana passada, em seu perfil no Facebook, que o RAS seria pago, foi contestado por uma internauta, que disse ter ligado para a Secretaria estadual de Fazenda e para a PM e recebido a informação de que o dinheiro ainda não tinha sido liberado.
A PM havia prometido que o dinheiro sairia na semana passada, o que não aconteceu. Na última sexta-feira, outra promessa: a Secretaria de Fazenda informou ter liberado a verba para depositar o bônus e que o dinheiro estará nas contas dos PMs na próxima terça-feira.


14 comentários:

  1. Vocês estão sendo feitos de idiotas, pois o pessoal da Seap está recebendo normalmente. Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Menor salário da PMERJ e do CBMERJ deveria ser de R$ 3.118,62, afirma Dieese.

      O piso salarial da categoria (Militares Estaduais), em janeiro de 2015, deveria ter sido de R$ 3.118,62 (três mil, cento e dezoito reais e sessenta e dois centavos), de acordo com o Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos). No entanto, o valor continua insuficiente para suprir as necessidades vitais básicas de um Soldado da Polícia Militar ou do Corpo de Bombeiros. Todos os meses, o Dieese calcula qual seria o salário mínimo necessário com base nos preços da cesta básica.

      O recruta (Aluno do CFSd) já deveria ingressar nos quadros da PMERJ ou do CBMERJ recebendo o referido valor (R$ 3.118,62).

      Excluir
  2. Quem não estuda tá sujeito a isso, kkkkkkkkkk ! Deixem de achar que são espertos, estudem e livrem - se dessa farda!!
    Enquanto tiver cavalo, São Jorge não anda a pé!

    ResponderExcluir
  3. Pezão se complicou! Ele vai perder todos os votos e não será reeleito na próxima eleição!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É justamente isso, vocês ainda não perceberam ele já foi reeleito. Esqueceram que Cabral antecipou a saída e não cumpriu todo o mandato. Ele não depende mais dos nossos votos. Portanto eles vão cagar nas nossas cabeças. Informem-se mais meus caros.

      Excluir
    2. Pezão nem tem como ser reeleito! Essa eleição foi a reeleição dele...

      Excluir
  4. Está chegando a hora de voltarmos para as ruas.

    ResponderExcluir
  5. E os 350, e o resíduo??? Quase quinhentos reais, nos tiraram quase quinhentos reais assim, de uma hora pra outra, esse dinheiro está fazendo uma falta enorme para os que vivem do salário, passou da hora de voltarmos ás ruas!!!

    ResponderExcluir
  6. 18:19 o Pezão não pode ser reeleito, pois ele entrou no lugar do Cabral e foi eleito para o segundo mandato, outra informação eles estão preparando o prefeito do município do RJ pra ser o novo governador!

    ResponderExcluir
  7. ISSO ERA DE SE ESPERAR!!!9 de fevereiro de 2015 22:55

    SOU PM, MAS ISSO É BEM FEITO, POIS COMO É POSSÍVEL SE FAZER UM ACORDO COM AQUELE QUE TODOS NÓS SABEMOS QUE SEMPRE FOI MENTIROSO DESDE O PRINCÍPIO E QUE AINDA É NOSSO INIMIGO. ISSO É QUE EU CHAMO DE PAGAR PRA VER, DE PERDER UMA GUERRA QUE JÁ É ESPERADA.
    SÓ BOBO CAI NUMA "ESTÓRIA' DESSAS, POIS O MAL DO PM SEMPRE FOI PENSAR COM O BOLSO!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo totalmente. O fator desunião também foi crucial para todo esse caos.

      Excluir
  8. Faz RAS quem quer. Eu não faço!

    ResponderExcluir
  9. É uma situação complicada, mas o Pezão acabou de assumir o governo, não tem como ele resolver todos os problemas do estado em 2 meses. Mas desde sua campanha ele mostrou que segurança é uma das suas prioridades, então com certeza logo esse caso vai se resolver.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. SABE DE NADA, INOCENTE!!!
      COM CERTEZA VOCE VOTOU NO PEZÃO E NÃO É PM!!!

      Excluir