quarta-feira, 11 de março de 2015

Cinco PMs de UPP ficam feridos em ataque


Criminosos promoveram na noite desta terça-feira (10) um ataque no Lins de Vasconcelos, na Zona Norte do Rio. Cinco policiais da Unidade de Polícia Pacificadora de Camarista-Méier ficaram feridos. As informações são do Bom Dia Rio.

Segundo a Polícia Militar, os PMs estavam próximos a um carro policial quando os criminosos passaram atirando. O crime ocorreu em um dos acessos ao Morro do Gambá. Houve uma intensa troca de tiros. Três policiais foram baleados e encaminhados para o Hospital Marcílio Dias. Até o horário de publicação desta reportagem a unidade de saúde não tinha divulgado o estado de saúde dos agentes. Outros dois PMs foram atingidos por estilhaços e ficaram levemente feridos.

Ainda segundo a PM, não houve registro de prisões e apreensões durante a madrugada, mas a segurança na região foi reforçada. Os policiais tentam localizar os criminosos que atiraram contra os agentes.

7 comentários:

  1. Estudem e livrem-se dessa farda, seus analfabetos fardados!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. amigo procura um psicologo e resolva essa condiçao de deprimido,ja sei tentou ser pm e nao conseguiu?.a idade nao permite mais?.voce e doente,a policia e para as pessoas direitas e nao para voce seu bestinha.kkkkkkk

      Excluir
    2. O imbecil, tenha mais educação e respeite a dor dos parentes dos policiais

      Excluir
  2. Ainda teve vtr alvejada por bandidos em seropedica,por sorte os policiais tinham desembarcados e se abrigaram,eles gostam assim,o pm se ferindo,ai qnd precisam querem os pms. De baba,sociedade hipocrita,imprensa carniceira e governo covarde,realmente estamos so,e so unldos sobreviveremos

    ResponderExcluir
  3. Seu ignorante é esse fardado que salva a sua vida que arrisca sua segurança pra você e pra ganhar um salario de merda porque isso é Brasil

    ResponderExcluir
  4. Policiais Militares esperam, desde quando ingressaram na PMERJ, por um SALÁRIO DIGNO!

    O salário do Policial Militar do Estado do Rio de Janeiro está defasado. Menor salário da PMERJ e do CBMERJ deveria ser de R$ 3.182,81 (três mil, cento e oitenta e dois reais e oitenta e um centavos), afirma DIEESE. O salário do Soldado está em torno de R$ 2.382,00. A defasagem salarial é de R$ 800,81!

    O piso salarial da categoria (Militares Estaduais), em Fevereiro de 2015, deveria ter sido de R$ 3.182,81 (três mil, cento e oitenta e dois reais e oitenta e um centavos), de acordo com o DIEESE (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos). No entanto, o valor continua insuficiente para suprir as necessidades vitais básicas de um Soldado da Polícia Militar ou do Corpo de Bombeiros. Todos os meses, o DIEESE calcula qual seria o salário mínimo necessário com base nos preços da cesta básica.

    O recruta (Aluno do CFSd) já deveria ingressar nos quadros da PMERJ ou do CBMERJ recebendo o referido valor (R$ 3.182,81).

    A Constituição da República Federativa do Brasil, promulgada em 5 de outubro de 1988, define o salário mínimo como aquele fixado em lei, nacionalmente unificado, capaz de atender às suas necessidades vitais básicas (do trabalhador) e às de sua família com moradia, alimentação, educação, saúde, lazer, vestuário, higiene, transporte e previdência social, com reajustes periódicos que lhe preservem o poder aquisitivo, ...¨(Constituição Federal, art. 7o - IV). Para calcular o Salário Mínimo Necessário, o DIEESE considera o preceito constitucional de que o salário mínimo deve atender às necessidades básicas do trabalhador e de sua família e que é único para todo o país. Usa como base também o Decreto lei 399, que estabelece que o gasto com alimentação de um trabalhador adulto não pode ser inferior ao custo da Cesta Básica Nacional.

    O Salário Mínimo Necessário, calculado mensalmente como uma estimativa do que deveria ser o salário mínimo vigente é, também, um instrumento utilizado pelos sindicatos de trabalhadores para denunciar o descumprimento do preceito constitucional que estabelece as bases para a determinação da menor remuneração que vigora no país. O valor atual do Salário Mínimo Necessário é R$ 3.182,81 (três mil, cento e oitenta e dois reais e oitenta e um centavos).

    O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos é uma criação do movimento sindical brasileiro. Foi fundado em 1955 para desenvolver pesquisas que fundamentassem as reivindicações dos trabalhadores.

    O custo de vida no Rio de Janeiro é o maior do país!

    Salário Mínimo Necessário divulgado pelo DIEESE, referente ao mês de Fevereiro/2015: R$ 3.182,81 (três mil, cento e oitenta e dois reais e oitenta e um centavos).

    ResponderExcluir
  5. O Secretário de Estado de Segurança do Rio de Janeiro sumiu!

    ResponderExcluir