domingo, 8 de março de 2015

Dois policiais morrem em menos de 24 horas no Rio

Dois policiais militares foram mortos em confrontos em menos de 24 horas entre sábado e este domingo no Rio. Na madrugada deste domingo,  o sargento Marcelo Salles de Oliveira  foi atingido por cinco tiros e morreu após uma abordagem nas proximidades da comunidade do Juramento. De acordo com informações do 41º Batalhão de Polícia Militar, onde ele trabalhava, Salles e outros PMs pediram que um carro em atitude suspeita parasse. Ao se aproximarem do veículo, os policiais foram atacados com tiros e uma granada.

Salles chegou a ser levado para o Hospital Estadual Getúlio Vargas, no bairro da Penha (Zona Norte), mas não resistiu. Outros dois PMs ficaram feridos na ação e foram levados para a mesma unidade, mas não correm risco de morte. Um sargento identificado como Moraes foi atingido na mão por um dos disparos e foi transferido para o Hospital Central da PM, no bairro do Estácio (no Centro). Já o subtenente Maxuell se feriu com estilhaços de granada e já foi liberado.

O soldado Adson Nunes da Silva, lotado na Coordenadoria de Inteligência da Polícia Militar, foi morto por tiros e deixado neste sábado na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Edson Passos, em Mesquita, na Baixada Fluminense. O PM foi levado para o local por um carro não identificado. Policiais do 20º Batalhão de Polícia Militar (Mesquita) foram acionados. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense.

Um comentário:

  1. investigado pela PC? KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

    ResponderExcluir