terça-feira, 31 de março de 2015

Maré: PMs começam a substituir Exército nesta quarta


A Polícia Militar começa a ocupar à 0h desta quarta-feira (4) o conjunto de favelas da Maré, zona norte do Rio de Janeiro. A chegada dos PMs no complexos é parte de processo de transição com a Força de Pacificação, composta por militares do Exército. A substituição se dará de maneira gradual. As comunidades da Praia de Ramos e Roquette Pinto serão as primeiras a serem ocupadas pela PM.

A partir das 20h desta terça-feira (31), a Polícia Militar dará início a um cinturão de segurança nos acessos às comunidades da Praia de Ramos e Roquette Pinto. A partir da 0h, equipes do Batalhão de Choque passam a patrulhar a região. Às 6h, efetivos do Grupamento Tático de Motociclistas começam as ações em ambas as comunidades.

Segundo a PM, um efetivo de 220 PMs, que vinha sendo preparado para atuar no patrulhamento, continuará na Maré. Esses policiais fazem parte da companhia vinculada à Coordenadoria de Polícia Pacificadora e estão, desde novembro do ano passado, atuando com a Força de Pacificação em todo o complexo da Maré. Eles farão parte do efetivo da UPP (Unidade de Polícia Pacificadora).


6 comentários:

  1. VAI SAIR O EXERCITO COM MAIS DE QUINHENTOS HOMENS BEM ARMADOS, E COLOCAR UM EFETIVO DE POUCO MAIS DE DUZENTOS, E COM PÉSSIMAS CONDIÇÕES DE EQUIPAMENTOS. DEUS PROTEJA ESSES POLICIAIS, E QUE ILUMINE OS NOSSOS GOVERNANTES PARA QUE ENXERGUEM O QUANTO SÃO OMISSOS E CRUEIS COM ESSES JOVENS INOCENTES DE FATO, QUE BUSCAM NA PM UM EMPREGO E UMA SATISFAÇÃO PROFICIONAL, E DIFERENTE DOS JOVENS INFRATORES E BANDIDOS, QUE ESTAM DES DE SEMPRE NA PRÁTICA DE CRIMES E QUE SAEM TODOS OS DIAS PARA FAZEREM O MAL, E QUANDO SE DEPARAM COM UM POLICIAL NÃO PENSAM DUAS VEZES PARA ATIRAR E MATAR, EM QUANTO O PM QUE SAI DE SUA CASA, DEIXANDO SUA FAMÍLIA, PARA DEFENDER UMA SOCIEDADE QUE NÃO SE IMPORTA COM ELE, E QUANDO SE DEPARA COM UM BANDIDO, TEM QUE PENSAR TANTAS VEZES, QUE ACABA SENDO VITIMADO POR ESSES MARGINAIS.

    ResponderExcluir
  2. Policiais Militares esperam, desde quando ingressaram na PMERJ, por um SALÁRIO DIGNO!

    O salário do Policial Militar do Estado do Rio de Janeiro está defasado. Menor salário da PMERJ e do CBMERJ deveria ser de R$ 3.182,81 (três mil, cento e oitenta e dois reais e oitenta e um centavos), afirma DIEESE. O salário do Soldado está em torno de R$ 2.382,00. A defasagem salarial é de R$ 800,81 (o vencimento do SD está oitocentos reais abaixo do mínimo)!

    O piso salarial da categoria (Militares Estaduais), em Fevereiro de 2015, deveria ter sido de R$ 3.182,81 (três mil, cento e oitenta e dois reais e oitenta e um centavos), de acordo com o DIEESE (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos). No entanto, o valor continua insuficiente para suprir as necessidades vitais básicas de um Soldado da Polícia Militar ou do Corpo de Bombeiros. Todos os meses, o DIEESE calcula qual seria o salário mínimo necessário com base nos preços da cesta básica.

    O recruta (Aluno do CFSd) já deveria ingressar nos quadros da PMERJ ou do CBMERJ recebendo o referido valor (R$ 3.182,81).



    A Constituição da República Federativa do Brasil, promulgada em 5 de outubro de 1988, define o salário mínimo como aquele fixado em lei, nacionalmente unificado, capaz de atender às suas necessidades vitais básicas (do trabalhador) e às de sua família com moradia, alimentação, educação, saúde, lazer, vestuário, higiene, transporte e previdência social, com reajustes periódicos que lhe preservem o poder aquisitivo, ...¨(Constituição Federal, art. 7o - IV). Para calcular o Salário Mínimo Necessário, o DIEESE considera o preceito constitucional de que o salário mínimo deve atender às necessidades básicas do trabalhador e de sua família e que é único para todo o país. Usa como base também o Decreto lei 399, que estabelece que o gasto com alimentação de um trabalhador adulto não pode ser inferior ao custo da Cesta Básica Nacional.

    O Salário Mínimo Necessário, calculado mensalmente como uma estimativa do que deveria ser o salário mínimo vigente é, também, um instrumento utilizado pelos sindicatos de trabalhadores para denunciar o descumprimento do preceito constitucional que estabelece as bases para a determinação da menor remuneração que vigora no país. O valor atual do Salário Mínimo Necessário é R$ 3.182,81 (três mil, cento e oitenta e dois reais e oitenta e um centavos).

    O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos é uma criação do movimento sindical brasileiro. Foi fundado em 1955 para desenvolver pesquisas que fundamentassem as reivindicações dos trabalhadores.

    O custo de vida no Rio de Janeiro é o maior do país!

    Salário Mínimo Necessário divulgado pelo DIEESE, referente ao mês de Fevereiro/2015: R$ 3.182,81 (três mil, cento e oitenta e dois reais e oitenta e um centavos).

    ResponderExcluir
  3. Considerando que o Inciso XIII do Artigo 7º da Constituição Federal de 1988 fixa a carga horária máxima de quarenta e quatro horas semanais, quem trabalha 24 horas tem que obrigatoriamente folgar 72 horas.

    O Bol da PM nº 046, de 11 de Março de 2002, publicou a Resolução da Secretaria de Estado de Segurança Pública nº 510, de 26 de Fevereiro de 2002, que no Artigo 1º determina aos Comandantes, Chefes e Diretores das OPM que adotem todas as medidas necessárias ao fiel cumprimento do disposto no Parágrafo Segundo do Artigo 1º do Decreto nº 25.538, de 25 de agosto de 1999, que fixa a carga horária mínima semanal de trinta horas e máxima semanal de quarenta e quatro horas.

    Portanto, de acordo com o disposto no Parágrafo Segundo do Artigo 1º do Decreto nº 25.538, de 25 de agosto de 1999, bem como na Resolução SESP n.º 510, de 26 de fevereiro de 2002, a jornada dos policiais militares (todos) deve oscilar entre 30 e 44 horas semanais.

    ResponderExcluir
  4. AS UPPS DO RJ SÃO VERDADEIRAS MAQUIAGEM E FARÇA. OS POLICIAIS ESTÃO SERVINDO DE ESCUDO PARA A VAGABUNDAGEM E COOBAIA PARA O GOVERNO DO RJ TUDO MANOBRA POLÍTICA. NÃO SE FALA EM OUTRA COISA SE NÃO: POLICIAIS DAS UPPS DO RJ BALEADOS OU MORTOS.

    ResponderExcluir
  5. POR MEN O EXERCITO QUER SEGURAR ESTA BOMBA,SOBRA PRA PM,TANTA POLICIA NESTE PAIS TODOS TIRAM O CORPO FORA,DA ARMA PRA GUARDA MUNICIPAL E BOTA ELES LA TAMBEM SO QUEREM MOLINHO MULTAR E REBOCAR,A FEDERAL A CIVIL,MARINHA,EXERCITO E A AERONAUTICA,E FUZILEIROS,SE NAO DER PEÇA AOS AMERICANOS AGENETE DO DEA,NARCOTICOS,CIA FBI,FAIZ UMA SALADA E ESTA PORRRRRRRRR ACABA LOGO A ATE QUANDO.

    ResponderExcluir
  6. GENTE A CONSTRUÇAO DE UMA FAVELA E UM LABIRINTO CONSTRUIDO POR PESSOAS SEM LA,ALGUEM MUITO ESPERTO VEJA O MODELO ACIMA,SE CAIR LA COMO IRA SAIR,ALO FORÇAS ARMADAS,

    ResponderExcluir