domingo, 8 de março de 2015

Polícia Militar promete pagar o Proeis de janeiro e fevereiro em dez dias


6 comentários:

  1. O COMPANHEIRO ONTEM EU VI PAPAI NOEL DE TRENO,E UM BICHO PAPAO NO MEU ARMARIO A SEM DIZER A FADA DOS DENTES,ACREDITE NESTE PAGAMENTO.EU FIQUEI 3 ANOS RECEBENDO ATRAZADO DEPOIS QUE O EXERCITO DEIXOU A PRESIDENCIA,PASSEI ATE FOME.VAI ACREDITE E QUE DEUS TE DE ESTE AUMENTO.FUIIIIIIIIIIIIIIIIIII

    ResponderExcluir
  2. Se o governo esta sem dinheiro para pagar, porque não acaba logo com estes serviços.

    ResponderExcluir
  3. Não acredito em promessas!!!!

    ResponderExcluir
  4. Policiais Militares esperam, desde quando ingressaram na PMERJ, por um SALÁRIO DIGNO!

    O salário do Policial Militar do Estado do Rio de Janeiro está defasado. Menor salário da PMERJ e do CBMERJ deveria ser de R$ 3.182,81 (três mil, cento e oitenta e dois reais e oitenta e um centavos), afirma DIEESE. O salário do Soldado está em torno de R$ 2.382,00. A defasagem salarial é de R$ 800,81!

    O piso salarial da categoria (Militares Estaduais), em Fevereiro de 2015, deveria ter sido de R$ 3.182,81 (três mil, cento e oitenta e dois reais e oitenta e um centavos), de acordo com o DIEESE (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos). No entanto, o valor continua insuficiente para suprir as necessidades vitais básicas de um Soldado da Polícia Militar ou do Corpo de Bombeiros. Todos os meses, o DIEESE calcula qual seria o salário mínimo necessário com base nos preços da cesta básica.

    O recruta (Aluno do CFSd) já deveria ingressar nos quadros da PMERJ ou do CBMERJ recebendo o referido valor (R$ 3.182,81).

    A Constituição da República Federativa do Brasil, promulgada em 5 de outubro de 1988, define o salário mínimo como aquele fixado em lei, nacionalmente unificado, capaz de atender às suas necessidades vitais básicas (do trabalhador) e às de sua família com moradia, alimentação, educação, saúde, lazer, vestuário, higiene, transporte e previdência social, com reajustes periódicos que lhe preservem o poder aquisitivo, ...¨(Constituição Federal, art. 7o - IV). Para calcular o Salário Mínimo Necessário, o DIEESE considera o preceito constitucional de que o salário mínimo deve atender às necessidades básicas do trabalhador e de sua família e que é único para todo o país. Usa como base também o Decreto lei 399, que estabelece que o gasto com alimentação de um trabalhador adulto não pode ser inferior ao custo da Cesta Básica Nacional.

    O Salário Mínimo Necessário, calculado mensalmente como uma estimativa do que deveria ser o salário mínimo vigente é, também, um instrumento utilizado pelos sindicatos de trabalhadores para denunciar o descumprimento do preceito constitucional que estabelece as bases para a determinação da menor remuneração que vigora no país. O valor atual do Salário Mínimo Necessário é R$ 3.182,81 (três mil, cento e oitenta e dois reais e oitenta e um centavos).

    O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos é uma criação do movimento sindical brasileiro. Foi fundado em 1955 para desenvolver pesquisas que fundamentassem as reivindicações dos trabalhadores.

    O custo de vida no Rio de Janeiro é o maior do país!

    Salário Mínimo Necessário - Fevereiro/2015: R$ 3.182,81 (três mil, cento e oitenta e dois reais e oitenta e um centavos).

    ResponderExcluir
  5. DIA PRIMEIRO DE ABRIL TÁ CHEGANDO. CUIDADO !!!!!!!!!!!!!
    RSRSRSRSRSRSRSRSR......................

    ResponderExcluir
  6. É só todos Pms pararem de fazer o serviço que rapidinho eles dão um jeito de pagar!!
    Acorda!!!!

    ResponderExcluir