quarta-feira, 18 de março de 2015

"Suspeitos" são presos por ataques com 'kit rajada' contra PMs e UPP


As Policias Militar e Civil do Rio cumpriram 12 mandados de prisão e realizaram mais 5 prisões em flagrante nesta quarta-feira no Parque Proletário e na Vila Cruzeiro. A investigação tinha como alvo um grupo que planejava ataques às UPPs e a policiais militares, mas foram encontrados também homens suspeitos de ter envolvimento com o tráfico de drogas. Com os detidos, foram apreendidos drogas e pistolas, além de um "kit rajada", como definiu o delegado-assistente da 22ª DP, Carlos Rangel.  Acoplado a pistolas, o equipamento transforma a arma em uma espécie de metralhadora.
Material semelhante teria sido utilizado, inclusive, no ataque ao policial Davis, em 2 de fevereiro. O agente foi baleado com 12 tiros no abdômen. Com o "kit", o autor dos tiros mantém o gatilho apertado para realizar os disparos em série. De acordo com as investigações, os suspeitos se escondem em becos e deixam apenas o braço desprotegido enquanto atiram.
De acordo com a Polícia Civil, policiais militares reconheceram os autores dos ataques. O delegado responsável pelo caso diz que não há um balanço dos confrontos já que se tornaram frequentes. Dos 12 presos por mandado, 8 são considerados do braço armado do tráfico. O líder do grupo Paulo Ricardo da Silva está foragido.
A operação foi liderada por policiais da 22ª DP (Penha), com o apoio da Coordenadoria de Recursos Especiais (Core) e da Polícia Militar.

12 comentários:

  1. A GRET PARA OS INATIVOS
    A GRAT REG ESP DE TRAB para os inativos que pela lei é de 150%, e se voce tiver tempo de Forças Armadas averbado, eles não consideram esse tempo, descontando 5% por ano averbado, pagando como no meu caso 145%, pois eu averbei um ano de EB completando assim 30 anos de efetivo serviço. Engraçado é que eu recebo 55% de triênio devido os 30 anos de serviço. Outro roubo também que os inativos sofrem, é na INDENIZAÇÃO ADIC INATIVIDADE, que pela lei para quem tirou 30 anos de efetivo serviço é de 25%, mas como eles também não computam o tempo de FFAA que é o meu caso, eles só me pagam 20%. Os que averbaram tempo de INSS também sofrem com isso, pois muitos que averbaram seus anos de serviço, também perderam 5% por cada ano de serviço averbado". Peço ajuda aos colegas para entender essa situação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ao colega anônimo das : 17:32 , eu reformei em 2012 , e também estou com esse mesmo problema seu
      eu tirei 29 anos de pmerj , e averbei um ano de EB , eu sai com mais de 30 anos de serviço , e essa tal de seplag , que veio só para atrasar os ppmms , também computou que eu tinha 29 anos de serviço o que está errado , ela não computou o meu tempo de forças armadas , eles estão me pagando 145% de gret , e na minha adicional de inatividade ,estão me pagando 20%, o certo é 25%, eu estou na mesma situação sua , eu recebo 55% de triênio devido os meus trinta anos , faz o sequinte , eu entrei com um processo na dip , pedindo a correção da minha gret para 150% ,eu estou aguardando a solução . vai na dip entra com um requerimento pedindo a correção da sua gret de 145% para 150% que você tem direito , depois eles terão que pagar todo o seu atrasado , des da época da sua reforma , um abraço .

      Excluir
    2. EU SOU O COLEGA DAS 17:32H20 de março de 2015 11:43

      Tendo observado que vários colegas dão entrada e nunca são atendidos, fui orientado por meu advogado a entrar direto na justiça, tendo em vista que a justiça não socorre quem dorme, e quando eu ganhar a causa eles terão que fazer a atualização do meu pagamento e ainda terão que me pagar os atrasados. Eu te oriento que voce entre logo na justiça, pois esse pagamento não depende da DIP e sim da SEPLAG, que por sua vez não tá nem aí para os servidores, só servem para aumentar nossos descontos como eles fizeram no caso da GRET, que passaram a descontar 11% para o RIO PREVIDÊNCIA.

      Excluir
    3. colega das 17:32h . eu sei que o nosso pagamento não depende da dip , e sim da seplag . tendo em vista que vários colegas estão com esse mesmo nosso problema , esse processo é demorado , eu ia entrar na justiça , mas o meu advogado me orientou a aguardar a solução do meu processo , o meu processo se encontra na seplag , se eles derem indefirido , ai sim eu vou acionar a justiça . se você proceder a dip e fizer um requerimento pedindo a atualização da sua gret de 145% para 150% , esse processo depois vai para a seplag para eles darem a solução . se você tirou 29 anos de polícia , e tem um ano de forças armadas averbado você está na mesma situação minha nós temos sim o direito aos 150% de gret , devido os nossos trinta anos de efetivo serviço , sobre a sua adicional de inatividade que eles estão te pagando 20% , eles também estão me pagando 20% , quem tem trinta anos ou mais são 25% , e quem tem menos de trinta eles pagam 20%, que é o nosso caso , por eles terem computados errado que nós só teríamos 29 anos , agora tem vários colegas que saíram com menos de trinta anos , e tem tempo de portuquês averbado fazendo assim trinta anos , entrando com requerimento pensando que tem direito aos 150% da gret , só vale para esses 150% da gret , trinta anos de efetivo serviço , contando o tempo de forças armadas .

      Excluir
  2. O salário mínimo teria que ser R$ 3.182,81 para garantir o básico, ou seja, para suprir as necessidades vitais básicas.

    O SOLDO DO SOLDADO PM ESTÁ ABAIXO DO SALÁRIO MÍNIMO NOMINAL ou VIGENTE (R$ 788,00).
    O VENCIMENTO DO SOLDADO PM ESTÁ ABAIXO DO SALÁRIO MÍNIMO NECESSÁRIO (R$ 3.182,81).

    "Quando o Estado abandona seus servidores, deixando-os à mercê do outro lado, é porque, muito provavelmente, o Estado está do outro lado." (Giovanni Falcone, Juiz italiano especializado em processos contra a máfia siciliana Cosa Nostra)

    Dieese: valor do salário mínimo deveria ser R$ R$ 3.182,81 para suprir despesas previstas na Constituição Federal de 1988. Portanto, o menor salário da PMERJ e do CBMERJ deveria ser de R$ 3.182,81 (três mil, cento e oitenta e dois reais e oitenta e um centavos).

    Caso o Governo do Estado queira cumprir o que determina a Carta Magna, o salário do SD PM será de R$ 3.182,81 (três mil, cento e oitenta dois reais e oitenta um centavos) mensais.

    ResponderExcluir
  3. Policiais Militares esperam, desde quando ingressaram na PMERJ, por um SALÁRIO DIGNO!

    O salário do Policial Militar do Estado do Rio de Janeiro está defasado. Menor salário da PMERJ e do CBMERJ deveria ser de R$ 3.182,81 (três mil, cento e oitenta e dois reais e oitenta e um centavos), afirma DIEESE. O salário do Soldado está em torno de R$ 2.382,00. A defasagem salarial é de R$ 800,81!

    O piso salarial da categoria (Militares Estaduais), em Fevereiro de 2015, deveria ter sido de R$ 3.182,81 (três mil, cento e oitenta e dois reais e oitenta e um centavos), de acordo com o DIEESE (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos). No entanto, o valor continua insuficiente para suprir as necessidades vitais básicas de um Soldado da Polícia Militar ou do Corpo de Bombeiros. Todos os meses, o DIEESE calcula qual seria o salário mínimo necessário com base nos preços da cesta básica.

    O recruta (Aluno do CFSd) já deveria ingressar nos quadros da PMERJ ou do CBMERJ recebendo o referido valor (R$ 3.182,81).

    A Constituição da República Federativa do Brasil, promulgada em 5 de outubro de 1988, define o salário mínimo como aquele fixado em lei, nacionalmente unificado, capaz de atender às suas necessidades vitais básicas (do trabalhador) e às de sua família com moradia, alimentação, educação, saúde, lazer, vestuário, higiene, transporte e previdência social, com reajustes periódicos que lhe preservem o poder aquisitivo, ...¨(Constituição Federal, art. 7o - IV). Para calcular o Salário Mínimo Necessário, o DIEESE considera o preceito constitucional de que o salário mínimo deve atender às necessidades básicas do trabalhador e de sua família e que é único para todo o país. Usa como base também o Decreto lei 399, que estabelece que o gasto com alimentação de um trabalhador adulto não pode ser inferior ao custo da Cesta Básica Nacional.

    O Salário Mínimo Necessário, calculado mensalmente como uma estimativa do que deveria ser o salário mínimo vigente é, também, um instrumento utilizado pelos sindicatos de trabalhadores para denunciar o descumprimento do preceito constitucional que estabelece as bases para a determinação da menor remuneração que vigora no país. O valor atual do Salário Mínimo Necessário é R$ 3.182,81 (três mil, cento e oitenta e dois reais e oitenta e um centavos).

    O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos é uma criação do movimento sindical brasileiro. Foi fundado em 1955 para desenvolver pesquisas que fundamentassem as reivindicações dos trabalhadores.


    O custo de vida no Rio de Janeiro é o maior do país!

    Salário Mínimo Necessário divulgado pelo DIEESE, referente ao mês de Fevereiro/2015: R$ 3.182,81 (três mil, cento e oitenta e dois reais e oitenta e um centavos).

    ResponderExcluir
  4. Pela VIDA dos Policiais Militares do Estado do Rio de Janeiro

    Operação PEC 300 já!

    Domingo, dia 29 de março de 2015, às 10:00 horas, na Praia de Copacabana - Posto 6.

    ResponderExcluir
  5. A CARGA HORÁRIA DO POLICIAL MILITAR DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO NÃO ESTÁ SENDO RESPEITADA (A ESCALA DE 24H X 48H É CONTRA A LEI!).

    O descanso de um profissional de segurança tem que ser respeitado, caso contrário são colocadas várias vidas em risco.

    A Constituição Federal de 1988 (Inciso XIII do Artigo 7º) determina carga horária máxima de 44 (quarenta e quatro) horas semanais (vide Decreto-Lei nº 5.452, de 1943)!

    Cumpra-se o que diz o Bol da PM nº 046 - 11 Março 2002, que publicou a Resolução da Secretaria de Estado de Segurança Pública nº 510, de 26 de Fevereiro de 2002.
    Art. 1º - ...
    I - ... a carga horária mínima semanal de trinta horas e máxima semanal de quarenta e quatro horas.

    ResponderExcluir
  6. Bacharelado em Direito para ingressar no CFO/PMERJ

    Considerando que o Policial Militar exerce atividade jurídica, o concurso para Oficial da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro deverá exigir o Bacharelado em Direito.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos pensar na escala de serviço, que para mim é prioritario e salario e parar com estas baboseiras de CFO.

      Excluir
  7. ESSE QUITE SO DA NA PISTOLA GLOCK 45 OU 9MM,ELA DA RAJADAS DE ATE CEM BALAS OU MAIS ENTRE NO SITE NO YOU TUBE CLOCK 45,E VEJA O QUE ACONTECE.A MELHOR ARMAS NAO VENDE PARA A PMERJ.

    ResponderExcluir
  8. Uma vergonha tenho 2 anos de polícia e nem tenho minha arma, tenho que pegar empréstimo pra comprar uma. conto com Deus pra não ser pego na pista

    ResponderExcluir