domingo, 3 de maio de 2015

Guardas municipais de Duque de Caxias entrarão em greve


Os guardas municipais de Duque de Caxias pretendem fazer uma paralisação na próxima terça-feira. Segundo a categoria, os agentes ficarão de braços cruzados por 24 horas, em busca de melhores condições de trabalho e de um plano de carreira para a categoria. Os guardas do município da Baixada Fluminense também reclamam das viaturas sucateadas e da falta de uniforme. Entre as reivindicações dos servidores, há também o pedido por auxílio-transporte e auxílio-alimentação. Os guardas municipais vão panfletar e informar a população sobre a paralisação hoje, na feira promovida na Praça Roberto Silveira, no Centro de Duque de Caxias.

6 comentários:

  1. VALE A PENA SER POLICIAL MILITAR NO RIO DE JANEIRO?

    Policiais Militares morrem em serviço por um salário miserável, deixando esposas e filhos numa situação dificílima!

    Soldado da PMERJ tem vencimento abaixo do salário mínimo necessário (estimado pelo DIEESE em R$ 3.186,92). Policiais Militares do Rio de Janeiro deveriam receber salário inicial a partir de R$ 5.000,00 (cinco mil reais) mensais no cargo de Soldado. Um graduado da Polícia Militar deve ter renda mensal superior a R$ 7.000,00 (sete mil reais).

    VOCÊ É O QUE VOCÊ GANHA. Conforme o artigo 7º, inciso VII, da Constituição Federal e o artigo 92, inciso I, da Constituição do Estado do Rio de Janeiro, O MENOR SOLDO NÃO PODE FICAR ABAIXO DO SALÁRIO MÍNIMO vigente, pois O SOLDO É O SALÁRIO DO MILITAR.

    DINHEIRO PARA DAR AUMENTO SALARIAL, O GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO TEM, E DE SOBRA! É um deboche num Estado como o Rio de Janeiro o governador pagar ao Policial Militar um soldo inferior ao salário mínimo vigente, uma quantia miserável! Depois de dedicarem suas vidas à PMERJ, os PMs do Rio merecem o mínimo de respeito!

    Obs: No Tribunal de Justiça da Bahia, há MOTORISTA e ATENDENTE DE RECEPÇÃO com rendimento mensal de R$ 17.000,00 (dezessete mil reais), ARQUIVISTA ganhando R$ 15.000,00 (quinze mil reais), DIGITADOR e AGENTE DE SEGURANÇA com R$ 13.000,00 (treze mil reais).

    O SOLDO DO SOLDADO PM ESTÁ ABAIXO DO SALÁRIO MÍNIMO NOMINAL ou VIGENTE (R$ 788,00).

    O VENCIMENTO DO SOLDADO PM ESTÁ ABAIXO DO SALÁRIO MÍNIMO NECESSÁRIO (R$ 3.186,92).

    NEM PARECE QUE TEREMOS OLIMPÍADAS NO RIO DE JANEIRO NO ANO QUE VEM (2016)!

    ResponderExcluir
  2. Governo do Estado do Rio de Janeiro – O RESPONSÁVEL PELA MORTE DE POLICIAIS MILITARES

    Os Policiais Militares são mortos em emboscadas nas ridículas UPPs que o governo insiste em manter para o benefício de pessoas que odeiam a Polícia Militar e com isso, o restante da população que paga impostos e valoriza a lei, continua largada para ser assassinada em outros assaltos.

    Quem não se opõe é porque não se importa ou apóia o crime. Portanto, a sociedade tem culpa de sangue nesses casos. O Policial Militar é uma pessoa humana com necessidades físicas e emocionais, como descanso e estar com a família.

    Além do Policial Militar que perde a vida e toda vida é preciosa, a família e os amigos têm uma grande e irreparável perda, a corporação tem uma grande perda, a sociedade tem uma perda enorme e o governo perde muito também. Infelizmente, nem todos no governo têm capacidade intelectual para entender isso.

    Por que a sociedade e o governo perdem? O governo e a sociedade nada fazem pela vida, dignidade e valorização do Policial Militar. Enquanto isso, outra parte da sociedade, a mídia, políticos e instituições têm fortalecido o crime através do apoio que dão aos criminosos. Com isso a polícia enfraquece e o crime prevalece, a violência aumenta.

    Com o aumento da violência, os investimentos no Estado diminuem, turistas se afastam, empresas fecham as portas, o movimento comercial diminui e com isso a arrecadação cai. O crescimento estadual diminui. Muitos outros problemas são gerados pelo aumento da violência, inclusive, no setor de saúde.

    Com o aumento da violência, é maior o número de cidadãos inocentes que são cruelmente assassinados por criminosos e tudo isso pode ser evitado com a valorização da Polícia Militar e de cada policial como profissional e pessoa humana.

    ResponderExcluir
  3. Insegurança nas ruas do Rio de Janeiro

    Nunca foi tão fácil ser assaltado no Rio de Janeiro.

    ResponderExcluir
  4. Como fez com os Bombeiros, Mario Sergio vai chamar o Bope para dar porrada nos Guardas Municipais.

    ResponderExcluir
  5. Quem chamou o BOPE para dar PORRADA nos Bombeiros foi o CMT Geral dos Bombeiros, o CMT Geral da PMERJ à época somente atendeu a reivindicação.
    Se os Bombeiros não conseguiram resolver os problemas internos deles próprios, não é culpa da PMERJ.

    ResponderExcluir
  6. Na sexta-feira passada assisti uma reportagem no jornal nacional que dava conta dos inúmeros assaltos praticados por quadrilhas de adolescentes no centro do RJ.
    Apos mostrar todas as investidas das quadrilhas de menores infratores contra os cidadãos que por ali transitam, investidas essas que via de regra terminavam com agressões contra as pessoas abordadas, a reportagem se encerrou com a emissora cobrando da PMERJ ações contra os crimes que estavam sendo praticados.
    O que é engraçado é que em momento algum vi ou ouvi a emissora cobrar da PC ações para coibir os ilícitos, tendo em vista que da mesma forma que a emissora utilizou-se da tecnologia para filmar os crimes, a PC também poderia utilizá-la. Alguém tem dúvida disso?
    Também não vi ou ouvi a emissora cobrar dos outros órgãos do Poder Público como por exemplo: MP, Conselhos Tutelares, Poder Judiciário, Secretarias de Ações social, etc, o papel que deveriam desempenhar nesse caso em particular. A propósito, a emissora poderia entrevistar a Excelentíssima Juíza de Direito e o Excelentíssimo Desembargador de Justiça Ciro Darlan, que andaram soltando menores infratores, como aquele que esfaqueou um senhor para roubar-lhe o cordão, sobre o pretexto de que o local onde estavam acautelados era insalubre e eles não mereciam o tratamento desumano que lhes era dispensado, e indagar-lhes qual medidas seriam tomadas pelos órgãos aos quais pertencem sobre os crimes praticados pelos "pobres excluídos da sociedade" . Uma pergunta: as cenas que todos viram foram praticadas por seres humanos ou por animais?
    Gostaria de ver e ouvir da emissora uma entrevista com os pais, ou responsáveis daqueles animais. Ninguém é filho de chocadeira, aqueles animais tem pai e mãe, portanto, já está passando da hora de se atribuir aos pais de menores infratores responsabilidades sobre os atos criminosos praticados por estes. Se a Lei passa a mão em suas cabeças, que se comece a responsabilizar seus responsáveis. Se os pais também forem menores, como está cheio por aí de pais adolescente - "os bolsa família" "ou bolsa piranha e bolsa vagabundo", com rara exceção - responsabilizem os avós ou aquele que ficar caracterizado como responsável, não interessa, alguém tem que ser cobrado pelos atos desses vagabundos. O que não se pode é atribuir a PMERJ toda a culpa a caso, mesmo porque, os "pobres meninos infratores" já estão "carecas" de saber que não ficarão presos e que com ou sem polícia eles continuarão cometendo crimes.
    Assim, é bom que cada órgão Público tome para si sua verdadeira responsabilidade sobre a atual situação pela qual passamos, no que diz respeito a VIOLÊNCIA. Querer aparecer para tripudiar em sima da PMERJ quando um policial militar comete um crime no exercício de suas funções é fácil, chamar para si sua responsabilidade que é a grade questão e é justamente isso que esses não menos importantes atores sociais não fazem.
    um abraço aos amigos e irmãos e verdadeiros policiais militares. Que Deus nos guie e abençoe n exercício e fora de nossa brilhante função social.

    ResponderExcluir