domingo, 17 de maio de 2015

PM acusa policiais civis de negar socorro após ser baleado em tentativa de assalto

PM acusa policiais civis de omissão de socorro, após ele ser baleado em uma tentativa de assalto no bairro de Sulacap, na quarta-feira (13). Leonardo Ferreira de Andrade estava à paisana dirigindo pelo bairro quando três bandidos chegaram em um carro preto anunciando o roubo. Em um áudio, ele pede ajuda de colegas da Polícia Militar e explica que está sendo levado para o Hospital Estadual Albert Schweitzer. O agente comenta que teve o socorro negado por policiais da delegacia de Realengo (33ª DP).


5 comentários:

  1. Aparentemente, o Policial Militar não cometeu nenhum erro, pois agiu em legítima defesa e, além de ser assaltado, foi alvejado pelos criminosos. Já os Policiais Civis, ao negarem socorro, cometeram crime de omissão de socorro. Será que o Policial Militar não pode contar com a ajuda da Polícia Civil nem na hora em que é baleado? Por que a PCERJ tem viaturas com sirene e sinaleira? Quando é preciso utilizá-las, o inspetor não pode? É um absurdo!!!

    ResponderExcluir
  2. Vamos aplicar a esses FDP a lei da reciprocidade. Quando eles solicitarem auxilo, quando nos depararmos com esses merdas com as calças borradas de medo ao se depararem com um vagabundo, vamos dar o mesmo tratamento, bando de água de salsicha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não é a primeira vez que isso acontece, tenho conhecimento de dois casos que um Bm uma vez e outra vez um Pm baleados foram pedir ajuda na delegacia e eles responderam que fossem dirigindo ao hospital e que não poderiam fazer nada que era melhor que eles tivessem entrado direto no corpo de bombeiros e não na delegacia!!! Absurdo!!! Tinham que fazer uma reciclagem e rever conceitos.

      Excluir
  3. ja caiu no esquecimento, nao vai dar nada pra esses merdas que cometeram crime de omissao de socorro, os comandantes de unidades,tinham que cobrar da corregedoria pra apurar e punir esses que nao sabem que policia civil,tambem deve obedecer as leis,art.135 do cod penal.E cabe ao pm no qual foi negado o socorro.processar esses e o ESTADO.pelo mal servico prestado ao cidadao,ou eles pensam que pms nao pagam seus impostos,e que por sinal e bem alto.somos todos iguais perante a lei,ou pelo menos deveriamos ser se esse paiz fosse serio.

    ResponderExcluir
  4. É bom o policial militar abrir os olhos, eles provavelmente vão tentar reverter as acusações e ainda, vão tentar prejudicá-lo no IP que investiga o confronto entre ele e os marginais.
    Abra s olhos, caro irmão!!!

    ResponderExcluir