quinta-feira, 14 de abril de 2016

Aposentados do estado só recebem em maio

Os 137 mil servidores inativos e pensionistas do Estado do Rio, que têm vencimentos acima de R$ 2 mil líquidos, não receberão amanhã. Os benefícios referentes a março serão depositados até 12 de maio. Eles foram atingidos em cheio pela grave crise financeira que o governo enfrenta e que piora a cada mês.
O estado anunciou ontem que vai cumprir o calendário oficial para os 216.990 servidores ativos do Poder Executivo. Todos receberão integralmente amanhã e não só o pessoal da Educação, Saúde e Segurança.
Também recebem amanhã integralmente os 111.212 aposentados e pensionistas que têm vencimentos de até R$ 2 mil líquidos. De acordo com o governo, este número representa 45% do total dos segurados do Rioprevidência. Serão desembolsados R$ 819 milhões em pagamentos nesta quinta-feira.

O governo também divulgou ontem que vai quitar o parcelamento do 13º salário na próxima segunda-feira. O valor será depositado com correção de 1,93% (índice superior à inflação mensal). O montante total a ser liberado é de R$130 milhões. Em nota, o Estado do Rio destacou que há um déficit previsto em seus cofres de R$ 19 bilhões este ano. Deste total, R$ 12 bilhões são relativos à previdência dos servidores. De acordo com o governo, a folha de pagamento de aposentadorias e pensões cresceu mais de 200%.

6 comentários:

  1. Uma única palavra define a situação dos servidores inativos do Estado do Rio: D E S R E S P E I T O .

    ResponderExcluir
  2. Sugiro o cancelamento de todas as nomeações de cargos comissionados, cargos de confiança que foram realizados de janeiro de 2016 até os dias de hoje. Isso é completamente contraditório com a situação caótica em que o Governo do Estado do Rio de Janeiro se encontra. Acionem o Ministério Público tem que fazer uma investigação sobre essas nomeações.

    ResponderExcluir
  3. Dívidas por mais de dois mil policiais 'emprestados' chega a mais de R$ 100 milhões

    Secretaria de Segurança já entregou à Casa Civil do governo do estado a lista, com nomes e sobrenomes, dos policiais cedidos a outras instituições.
    A Polícia Civil tem 102 homens “emprestados” a outros órgãos e longe das delegacias. Já a Polícia Militar tem... 2.115!
    Imagine todo mundo de volta, atuando diretamente na segurança da população...
    Fortuna
    As dívidas de órgãos federais, municipais, tribunais, casas legislativas, prefeituras, entre outras instituições, que deveriam pagar ao estado pela turma que está cedida, chegam a R$ 72,3 milhões pelos PMs e R$ 28,5 milhões pelos civis.

    ResponderExcluir
  4. Governo fica com valor de empréstimo de servidor público descontado em folha

    Se já não bastasse o fato de não ter recebido ontem o salário da aposentadoria, o servidor público inativo ainda pode ter o nome negativado, uma vez que, sem pagamento, não tem como fazer o desconto no contracheque do crédito consignado que contraiu no fim do ano passado. Segundo o diretor da Associação Brasileira de Bancos (ABBC), Alex Sander Gonçalves, o estado já não vem fazendo os repasses dos empréstimos dos servidores estaduais às instituições financeiras desde janeiro deste ano. A dívida acumulada já chegaria a R$ 1,5 bilhão. Os valores das parcelas são descontados na folha, mas o governo tem ficado com o dinheiro. O atraso não é só com os bancos da associação. Os grandes bancos também não estão recebendo. São recursos que não pertencem ao Estado (Governo)! Devido à inadimplência, esses bancos suspenderam a concessão de crédito consignado a funcionários públicos estaduais. É uma questão parecida com a do Governo Federal, na medida que se trata de usar um benefício que não pertence ao estado — afirma o diretor da ABBC, referindo-se às pedaladas fiscais atribuídas à presidente Dilma Rousseff.

    ResponderExcluir
  5. Atenção companheiros da ativa, ajudem os irmãos inativos.O Estado do Rio de janeiro tem recursos, tem dinheiro, tem uma boa arrecadação, tem recursos proprios,umas das melhores do Brasil,é injustificável o que esta múmia velha esta fazendo com seus funcionários , prendendo dinheiro para as olimpiadas. Peço que fiquem aquartelados só vão as ruas quando o pagamento dos inativos sair.

    ResponderExcluir
  6. ALÉM DE NÃO PAGAR OS INATIVOS E PENSIONISTAS ESSE FDP NÃO ESTÁ REPASSANDO AOS BANCOS OS VALORES DO DESCONTOS DOS EMPRÉSTIMOS CONSIGNADOS.

    ResponderExcluir