segunda-feira, 20 de junho de 2016

ATO em prol do Servidor Público Estadual

Estamos vivenciando um momento sem precedentes em nosso Estado. Como pode o Governador decretar Calamidade Pública, relativizando serviços essenciais, para garantir os Jogos Olímpicos?
Onde está o compromisso com a sociedade em promover a Saúde, Educação e Segurança Pública?
Onde está o compromisso com os Servidores do Estado em pagar em dia seus vencimentos, garantindo a subsistência de suas famílias? Definitivamente a prioridade deste Governo não somos nós!
Desta forma, agora mais do que nunca, temos motivos suficientes para irmos as ruas, ecoar nossas vozes, cobrar providências! Não é possível servidores sem vencimentos. Sem contar com atrasos que chegam a mais de uma quinzena, ou sem perspectiva de pagamento da parcela restante deste mês, além da ameaça de quiçá, não haver dinheiro para o próximo vencimento. Enquanto isto, o Governo utiliza recursos com tudo, menos com que constitucionalmente foram destinados.
Assim, não fiquemos na inércia! Vamos à Luta!

8 comentários:

  1. Nenhuma passeata vai sensibilizar o governo,a mídia vau noticiar o governo vai dar mil desculpas e nada.
    Greve não dá, mas operação padrão é possível,cumprir a lei c todas as letras tirar viaturas das ruas todas nas delegacias,apresentando ocorrência sejam elas quais forem afinal,toda ocorrencia termina na DP.

    ResponderExcluir
  2. Onde está o compromisso com a sociedade em promover a Saúde, Educação e Segurança Pública?

    ResponderExcluir
  3. É muito injusto um investigador da PCERJ recém-empossado ganhar mais que um 2º Sargento da PMERJ!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou pm e não acho injusto não ! injusto é ficarmos reclamando e não fazermos nada para mudar isso. E olha que temos todas as armas para tal, afinal trabalhamos muito mais do que eles , mas o que fazemos para isso , além de só choramingarmos , hein ? Porra Td que conseguimos é srmpte por mérito ou do bombeiro ou da civil . O Dia em que o pm deixar de se preocupar só com a barriga dele é passa a pensar no coletivo , aí meu irmão, não precisaremos bem de pec 300, pois nosso salário seria mais que dez mil reais !!!pense nisso "mangoveio"

      Excluir
  4. "Somos um dos piores SALÁRIOS do Brasil, mas temos um coração ENORME."

    O salário do Policial Militar do Rio de Janeiro é incapaz de atender às suas necessidades vitais básicas (previstas no inciso IV do artigo 7º da Constituição Federal de 1988). O Soldado da PMERJ tem um Vencimento abaixo do Salário Mínimo Necessário (R$ 3.795,24).

    http://www.dieese.org.br/analisecestabasica/salarioMinimo.html

    DIGNIDADE JÁ!

    “POLÍTICA DE SEGURANÇA PÚBLICA SÓ É FEITA COM POLICIAIS BEM PAGOS” foi o que disse o então candidato ao Governo do Rio, Sérgio Cabral Filho.

    “O GOVERNANTE QUE DIZ QUE O ESTADO DO RIO NÃO TEM DINHEIRO PARA PAGAR MELHOR SEUS POLICIAIS ESTÁ MENTINDO!” (palavras de Sérgio Cabral em 2006).

    "QUEM VIVE PARA PROTEGER, MERECE RESPEITO PARA VIVER." O Policial Militar precisa ser valorizado como herói!

    POLICIAIS MILITARES DESMOTIVADOS significa SEGURANÇA PÚBLICA AMEAÇADA.

    ResponderExcluir
  5. vcs ainda acredita nisso? o governo já decretou o estado de calamidade pelo menos vamos aguardar se cansar mais? e o bico? fita preta?

    ResponderExcluir
  6. Isso vai adiantar o que? Já fizeram passeatas ordeiras nas ruas cantando hino nacional e gritando palavras de ordem, reivindicações, associações entraram na justiça! E resolveram o que? Ta de sacagem?

    ResponderExcluir
  7. Quem planta colhe muitos servidores votaram no pezão dizendo que ele era bom pq intupiram agente de gratificações agora é isso ai. Eu vou continuar no bico pois depender de metade do salario não da.

    ResponderExcluir