quarta-feira, 8 de junho de 2016

Candidatos MILITARES iniciam movimentação para eleições municipais


As eleições de 2016 se aproximam. Mas, com as olimpíadas se encerrando em 21 de agosto o assunto só deve assumir os primeiros lugares na mídia a partir dessa data. O calendário do TSE determina que os registros de candidatos podem ser efetivados até o dia 15 de agosto de 2016. As campanhas poderão ser iniciadas no dia seguinte. A campanha em rádio e televisão poderá ser iniciada em 26 de agosto.

Desde o início de junho percebe-se movimentação intensa nas redes sociais e certa pressa nas articulações entre os pré-candidatos ligados às forças armadas e auxiliares. Reuniões tem sido realizadas na Baixada Fluminense e Zona Oeste e a família militar, ainda sem associações fortes, tem se esforçado como pode para apoiar candidatos com potencial em vários municípios pelo Brasil afora. É consenso que os vereadores, se unidos, poderão sustentar político-financeiramente as candidaturas para DEPUTADO FEDERAL em 2018.

O Deputado Cabo Daciolo pretende reunir candidatos militares na segunda semana de junho. Daciolo tem adquirido status entre militares das Forças Armadas, ele é praticamente o único deputado federal que tem apresentado na Câmara Federal projetos que envolvem os militares federais.

Ao que parece o parlamentar pretende construir uma espécie de coligação militar estadual visando a eleição de vereadores na capital e municípios da região metropolitana. A reunião está marcada para o dia 9 de junho.

Sabe-se que no Rio de Janeiro também há militares que devem concorrer para prefeito em algumas cidades da Região Metropolitana e interior do estado. 



Dia  9 de junho, às 18h. Rua Álvaro Alvim, n° 21, 2° andar - Cinelândia 

Um comentário:

  1. O salário mínimo necessário é de R$ 3.795,24 mensais, valor médio, calculado pelo DIEESE, para suprir as necessidades vitais básicas, previstas no Inciso IV, do Artigo 7°, da Constituição Federal de 1988.

    ResponderExcluir