sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Familiares de PMs mortos fizeram ato no Maracanã


Parentes de policiais mortos realizaram um protesto e caminharam em direção ao estádio do Maracanã. .
No meio do percurso, o grupo chegou a ser impedido de passar pela via principal por causa das interdições para a cerimônia de aberta da Olimpíada no estádio do Maracanã.
No ato, viúvas fizeram oração e soltaram balões brancos manchados de tinta vermelha, simbolizando o sangue das vítimas. Os balões carregava fotos dos PMs mortos. Quando chegaram no Maracanã, por volta das 11h, elas entregam flores e abraçam os PMs que estavam no entorno do estádio  para a festa de abertura da Olimpíada.
"Meu marido era um homem de bem, trabalhava muito pra dar p mínimo de dignidade pra família dele. A filha dele tem 7 anos e ninguém nunca procurou. E agora? O que que eu faço? Ele morreu trabalhando dentro da favela do Jacarezinho", disse Josiane Modesto, viúva há oito meses de um PM da UPP do Jacarezinho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário