segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

ALERTA: Mulher ataca PM com seringa supostamente contaminada.


Um policial militar lotado na UPP Nova Brasília, no Conjunto de Favelas do Alemão, Zona Norte do Rio, precisou ser socorrido neste domingo (28) depois de ser atacado com uma agulha supostamente contaminada com sangue.
O policial estaria dentro de um carro quando foi abordado por uma mulher, que simulou pedir ajuda. Ao abrir o vidro do veículo, ele foi atingido pela agulha, que estaria presa a uma seringa contendo sangue.
Ele foi levado ao Hospital Central da PM (HCPM), onde foi submetido à profilaxia pós exposição ao HIV – protocolo padrão de atendimento em casos em que a pessoa possa ter tido contato com o vírus da Aids.
Em nota, a Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP) informou que o policial está sendo acompanhado pela equipe de infectologia do HCPM e que “o comando da Polícia Militar está avaliando as circunstâncias do ataque e analisando as medidas necessárias para a proteção da tropa”.

PM sequestrado em Rio das Ostras é encontrado morto em Casimiro de Abreu

Foi encontrado por volta das 11h deste sábado o corpo do Policial Militar Cícero Pedro do Nascimento Neto, que havia sido baleado e sequestrado na tarde desta sexta-feira (26) em Rio das Ostras. Segundo informações do comando do 32º BPM, ele foi encontrado em uma área de vegetação no bairro Boa Esperança, em Casimiro de Abreu, na altura do pedágio.
O carro usado no sequestro havia sido encontrado em uma região próxima, na estrada entre Casimiro e Rio das Ostras. Os três homens suspeitos de serem responsáveis pelo crime são procurados por equipes da Polícia Militar e Polícia Civil.
Cícero Neto, que serve em Niterói, foi levado pelos homens após cobrar uma dívida com o sogro na tarde desta sexta em Cidade Praiana. O sogro também foi baleado na ação e está internado no Pronto-Socorro de Rio das Ostras.
 Segundo a investigação da Polícia Civil, o PM estava à paisana para cobrar um valor de um carro que foi devolvido pelo sogro. O homem que era cobrado teria chamado os dois para uma obra, onde mais dois homens surpreenderam Cícero e o sogro com os tiros. Em seguida, apenas o policial foi levado de carro.
informações: Rio das Ostras Jornal


domingo, 28 de fevereiro de 2016

Procuradora-geral do Estado pede que governo faça pagamento integral do 13º

Decisão pede quitação do benefício. Já juiz manda o estado voltar a pagar salários dos servidores no início de cada mês


Rio - Procuradora-geral do Estado, Lucia Léa Guimarães Tavares solicitou ao governo estadual o pagamento integral do décimo terceiro salário dos servidores. Em documento enviado à Secretaria de Planejamento, ela cita a liminar — decisão provisória — da 8ª Vara da Fazenda Pública que determina a quitação do benefício.
O juiz Leonardo Grandmasson Chaves decidiu também que governo deve voltar a pagar os salários no início de cada mês. A ação é movida pela Federação das Associações e Sindicatos dos Servidores Públicos.
FERNANDO MOLICA - Jornal O Dia 

sábado, 27 de fevereiro de 2016

Rio registra três agentes de segurança mortos e um ferido em 24 horas

O Estado do Rio teve três policiais assassinados e um ferido a balas entre a noite de sexta-feira e a tarde de sábado. No início da noite de ontem, CB PM Cícero Pedro foi sequestrado na Estrada Rio Dourado, bairro Palmital, em Rio das Ostras, na Região dos Lagos. Ele estava na companhia do sogro quando foi baleado e levado pelos bandidos.Na manhã desta sábado, o corpo dele foi encontrado em um terreno baldio na localidade de Boa Esperança, em Casimiro de Abreu. Cícero Pedro era lotado na Diretoria Geral de Administração e Finanças (DGAF).
Por volta das 22h de sexta, inspetor Fábio da Silva Fernandes, de 39 anos, foi assassinado na Rua Professor Eduardo Rabelo, na Vila da Penha, Zona Norte do Rio. Ele trabalhava lotado na 58ª DP (Posse), Nova Igraçu.
Por volta das 14h deste sábado, o agente penitenciário Rafael Azevedo da Silva foi morto em uma tentativa de assalto na Rua Haddock Lobo, na Tijuca. O inspetor do Setor de Operações Especiais (Campos dos Goytacazes) passava pelo local quando percebeu que um pedestre estava sendo roubado. Ele tentou intervir, mas foi atingido por dois tiros disparados por um bandido que estava de moto dando cobertura ao comparsa.
O agente, ferido na cabeça, morreu antes da chegada do socorro. A Divisão de Homicídios assumiu o caso e realizou perícia no local. O tiroteio assustou moradores e motoristas que passavam nas imediações da Igreja dos Capuchinhos.
Em Itaguaí, o policial militar Rodrigo Meridiano Ferreira foi atingido por seis tiros após se envolver em uma briga dentro de uma boate, na madrugada de sábado. Ele continua internado em estado grave no hospital Albert Schweitzer, em Realengo, na Zona Oeste. De acordo com informações do 14 BPM (Bangu), o PM, lotado no Batalhão de Policiamento em Grandes Eventos (BPGE).
Segundo informações da PM, o agente estava com amigos em uma casa de shows e se envolveu em uma briga com outro cliente do local. Ao saírem do estabelecimento, o grupo seguiu para o centro de Bangu, e parou para fazer um lanche. O motorista de um carro desceu e efetuou os disparos. O policial foi socorrido e encaminhado ao hospital.



Armas da PM: controle nunca funcionou, diz ex-chefe na CPI


Ao depor ontem na CPI das Armas da Alerj (Assembleia Legislativa), o coronel da PM Ricardo Coutinho Pacheco, ex-chefe do Estado Maior Geral Administrativo, preso suspeito de participar de uma quadrilha que teria desviado R$ 16 milhões de fundos de saúde da corporação, admitiu que nunca houve controle efetivo sobre o paiol da corporação.
Segundo ele, o Sismatbel (Sistema de Material Bélico) é falho. "Não há controle efetivo dessas armas e munições até hoje. Tenho certeza de que vocês perceberão isto na visita (de avaliação)."
200 armas em três anos
Em 2014, ano em que ele chefiou a pasta até novembro, ao menos 122 armas foram roubadas ou extraviadas. Entre 2012 e 2015 mais de 200 armas sumiram.

Filho cobra solução para morte de PM


Policial civil é assassinado a tiros na Zona Norte do Rio

Um policial civil foi assassinado a tiros, no fim da noite desta sexta-feira, na Vila da Penha, na Zona Norte do Rio. A Divisão de Homicídios (DH) investiga se Fábio da Silva Fernandes, de 39 anos, foi vítima de latrocínio - roubo seguido de morte - ou de uma execução.

O crime ocorreu por volta das 22 horas. Fábio Fernandes, que trabalhava na 58ª DP (Posse), em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense, foi atingido por mais de um disparo. Ele chegou a ser levado para o Hospital Estadual Getúlio Vargas, na Penha, mas não resistiu aos ferimentos. Agentes estão em diligências na busca de informações e imagens de câmeras de segurança que possam ajudar a identificar a autoria do crime.




ISENÇÃO DE ICMS PARA COMPRA DE ARMA

O agente de segurança é um policial 24 horas por dia, esteja ou não em serviço. Mesmo em seu momento de folga, o policial é obrigado a agir diante de um crime. A carga tributária no Brasil é altíssima e para a compra de armas de fogo não é diferente. Diante do baixo salário dos policiais, acaba se onerando esses profissionais. Reduzindo o imposto, é possível permitir que o policial tenha condição de comprar um equipamento melhor não só para defesa da sociedade, mas também para a sua própria proteção.


quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

Associação de PMs cobra do governo do Rio pagamento de abonos

A Associação dos Policiais Militares do Estado do Rio avalia a possibilidade de uma medida judicial para cobrar do governo o pagamento de bonificações. Os atrasos são nos pagamentos de Regime Adicional de Serviço (RAS), Programa Estadual de Integração à Segurança (Proeis) e abono por cumprir metas de redução da criminalidade.

Fuzis e munição são apreendidos em casa usada por milícia


Um homem foi preso na tarde desta terça-feira (23) suspeito de integrar uma milícia que atua na comunidade Caixa D’Água, em Cascadura, na Zona Norte do Rio. Com ele foi apreendido farto armamento.

De acordo com a Secretaria de Estado de Segurança, Rafael Machado Ferreira, 23 anos, foi preso em uma casa na comunidade por policiais da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas e de Inquéritos Especiais (DRACO/IE).
No imóvel foram encontrados três fuzis, sendo um calibre 7.62 e outro 5.56, uma metralhadora calibre 40 e duas pistolas calibre 40, e farta munição.

Além do armamento, os policiais apreenderam com Rafael anotações das cobranças feitas pela milícia aos moradores da Caixa D’Água.

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

AME-RJ: Nota de repúdio à declaração do Governador Luiz Fernando Pezão

“A Associação dos Oficiais Militares do Estado do Rio de Janeiro repudia de modo veemente a forma injusta e ilegal como o Governo se manifesta publicamente, colocando a culpa do caos instalado na previdência do Estado nos coronéis da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros.


video



Dívida do Estado com gratificações por desempenho de policiais é de cerca de R$ 200 milhões


domingo, 14 de fevereiro de 2016

Servidores do Estado anunciam manifestação para o dia 2 de março e projetam greve geral

O dia 2 de março será de manifestação em frente à Assembleia Legislativa do Rio (Alerj). O funcionalismo, com a liderança do Movimento Unificado dos Servidores Públicos Estaduais (Muspe), fará um ato de protesto contra o governador Luiz Fernando Pezão. A pauta cobrará, mais uma vez, o pagamento integral das parcelas que ainda restam do 13º salário e o retorno ao calendário antigo de pagamento, além de incluir críticas à proposta de alterar a Previdência Estadual.

Os líderes de categoria se movimentam para que seus grupos decidam, nos próximos dias, pelo estado de greve. A ideia é que o funcionalismo faça uma paralisação de advertência, por 48 horas, até o dia 4 de março. O passo seguinte será decretar greve geral no Estado.

Deputado Flávio Bolsonaro quer devassa em gasto com LGBTs


Sargento da PM é assassinato durante assalto

video

sábado, 13 de fevereiro de 2016

PEZÃO CONCEDE ISENÇÃO FISCAL PARA PATROCINADORES DE JOGOS ESPORTIVOS

Dinheiro para pagar o 13º salário integralmente dos servidores o Governo não tem, mas tem para conceder isenção fiscal de R$ 6,7 milhões para patrocinadores de jogos esportivos? Continua a política "Panem et circenses" - (Pão e Circo)

CB Wagner Luís

quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

REPORTAGEM DIZ: Bônus por redução de crimes no segundo semestre de 2015 vai ser pago a 11.638 policiais

Em meio a uma grave crise financeira, o governo do estado terá que pagar quase R$ 64 milhões para policiais civis e militares que conseguiram reduzir os índices de criminalidade no segundo semestre do ano passado. Ao todo, serão 11.638 agentes agraciados com o bônus referente ao Sistema Integrado de Metas. Eles são lotados em 13 batalhões da PM, oito UPPs e 48 delegacias — veja no quatro abaixo. 
A dívida com os servidores da área de segurança, porém, é ainda maior. A premiação do primeiro semestre, totalizando R$ 184 milhões, ainda não foi paga, e até agora não há data definida para a quitação. 
Em ambos os casos, os valores foram calculados pelo jornal Extra com base em dados relativos aos efetivos da PM e da Polícia Civil. Como delegacias especializadas e batalhões sem ser os de área também podem receber a gratificação, o total a ser desembolsado pelo governo do estado, no que diz respeito a ambos os semestres, deve ser ainda maior do que a 
soma de R$ 248 bilhões. 
Entre as 13 Áreas Integradas de Segurança Pública (Aisps) credenciadas ao prêmio referente aos últimos seis meses do ano passado, 11 alcançaram as metas estipuladas pela Secretaria estadual de Segurança (Seseg) pela segunda vez consecutiva. Em cinco delas — as de Duque de Caxias e Belford Roxo, na Baixada Fluminense; de Teresópolis na Região Serrana; e de Macaé e Campos, no interior do estado —, o total devido a cada policial civil e militar que atua na região é superior a R$ 18.000. 
As duas premiações serão as últimas pagas seguindo os valores antigos, que variavam entre R$ 4.500 e R$ 13.500. A partir de agora, após um decreto do governador Luiz Fernando Pezão, a bonificação de vai variar de R$ 1.500 a R$ 3.000 — um corte de até 77,8%. x 


domingo, 7 de fevereiro de 2016

SÃO PAULO: Página da PM posta foto de bebê com algema e cassetete e gera polêmica

A foto de uma bebê usando farda e segurando algemas e cassetete publicada nas redes sociais da Polícia Militar de São Paulo, na noite de terça-feira (2), causou polêmica nas redes sociais. 
Acompanhada da mensagem "BOA NOITE #podeconfiarpmesp", a foto foi criticada no Twitter: "se ela soubesse o que vocês fazem, choraria de medo dessa farda", "que absurdo. quem foi o irresponsável que aprovou isso? Isso é uma vergonha" e "nossa, quanta violência simbólica nessa propaganda. Só podia vir de vocês".
No Facebook, as reações foram mais brandas e boa parte dos internautas levou a imagem com humor. "A essa pode me prender kkkkk linda foto parabéns", disse um internauta. Outro alegou que muitos comentários foram apagados. "Vários comentários que não foram do agrado de vocês foram apagados", disse ele. O responsável pela página negou.
Em contato com o portal da RedeTV!, a assessoria de imprensa de Polícia Militar disse que pretende se posicionar sobre o assunto ainda nesta quinta-feira (4), mas não confirmou se, de fato, será divulgada nota sobre o caso. 
Após a polêmica, a foto foi apagada das páginas da PM nas redes sociais no início da tarde desta quinta.


Na ALERJ, e em nome da classe policial


sexta-feira, 5 de fevereiro de 2016

Beltrame pede a Pezão retorno de 2,2 mil policiais às ruas para Olimpíadas

Beltrame pediu a Pezão o retorno temporário, em caráter excepcional, de uns 2.200 policiais civis e militares que estão emprestados a outros órgãos, como a própria Secretaria de Segurança ou o TJ. É para reforçar o efetivo para os Jogos Rio-2016. 

APMERJ CONTRA O PACOTE DE MALDADES DO GOVERNO

Matéria do SBT sobre a insatisfação dos servidores Públicos do Estado do Rio de Janeiro. Não iremos recuar, exigimos respeito! Juntos somos fortes e nem um passo daremos atrás, Deus está no controle!
CB WAGNER LUÍS ( PRESIDENTE DA APMERJ )

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

A CONTA DA FARRA CHEGA AO SERVIDOR ESTADUAL

Deputado Flávio Bolsonaro
Lutaremos contra todas essas medidas covardes, que por conta da CORRUPÇÃO DO GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, quer empurrar na marra para os nossos bolsos! A grave crise financeiramente não pode servir de justificativa para arrochar ainda mais os servidores públicos do Rio. Também não dá para exigir mais sacrifícios de quem, literalmente, já dá o sangue pelo seu ofício, ameaçando prerrogativas de policiais e bombeiros.

video

VÍDEO MOSTRA NEGOCIAÇÃO QUE DESVIOU MILHÕES DO FUNDO DE SAÚDE DA POLÍCIA MILITAR

A investigação contou com a Subsecretaria de Inteligência, o Ministério Público e a Corregedoria da PM. A gravação de uma reunião, realizada dentro do quartel-general da Polícia Militar, mostra, segundo o Ministério Público, uma discussão de valores de propina. Oficialmente, o encontro tratava da compra de um equipamento para a corporação.
FONTE: G1 

video

HOJE TEM ATO DOS SERVIDORES DO ESTADO

Se você está insatisfeito com as condições em que os servidores públicos estão sendo submetidos, vá para a ALERJ HOJE (03/02) às 15 horas e diga NÃO a qualquer retrocesso aos servidores públicos Estaduais. “A vida sem luta é um mar morto no centro do organismo universal”. Machado de Assis


Álvaro Lins exerce advocacia e defende acusado de corrupção na saúde da PM


O ex-chefe da Polícia Civil Álvaro Lins está a pleno vapor no exercício da advocacia. Ele defende acusado de corrupção na área da saúde da PM. Condenado a 28 anos de prisão na Justiça Federal por envolvimento com a máfia dos caça-níqueis, Lins recorre da decisão em liberdade.

PRESIDENTE DA APMERJ (CB WAGNER LUÍS) ENTREGA OFÍCIO NA ALERJ CONTRA O AUMENTO DA CONTRIBUIÇÃO PREVIDENCIÁRIA

A proposta apresentada na  Alerj  nesta terça-feira (2), é de aumentar as alíquotas de contribuição dos servidores de 11% para 14%. Já o Estado aumentaria sua participação de 22% para 28%. Todas as aposentadorias passariam por uma revisão e os novas aposentadorias seriam analisadas com mais rigor para gerar uma maior economia.

video

NOTA DE REPÚDIO DA AME SOBRE AS DECLARAÇÕES DO GOVERNADOR

"Para cada 100 coronéis da ativa, da PM, nós temos 600 aposentados ganhando no teto. São pessoas que se aposentam com 49, 50 anos. A gente hoje tem uma longevidade maior das pessoas, que elas possam contribuir mais. Senão, o fundo corre um sério risco de um dia não poder mais pagar as suas aposentadorias", afirmou Pezão